Bonde - O Maior Portal do Paraná
Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
32º / 20º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook Youtube - Vídeos
Educação
16/04/2009 -- 15h58

Inaugurada escola indígena em aldeia no Oeste do PR

A escola tem cinco salas de aula, pátio coberto e capacidade para atender 350 alunos

Agência Estadual de Notícias
QR:
Add to Flipboard Magazine.
SECS
SECS
Outras 16 escolas estão sendo construídas nas reservas indígenas do Estado

O governador em exercício, Orlando Pessuti, inaugurou nesta quinta-feira (16) a Escola Estadual Indígena Kuaa Mbo’e, na aldeia indígena Guarani Tekohá Añetete, localizada no município de Diamante do Oeste (Oeste do Paraná). A escola tem cinco salas de aula, pátio coberto e capacidade para atender 350 alunos. O Governo do Paraná investiu R$ 514 mil na construção e equipamento da escola. "Estamos tendo uma ação muito forte no resgate da cultura indígena no Paraná", afirmou.

Pessuti disse que outras 16 escolas estão sendo construídas nas reservas indígenas do Estado. Em uma solenidade com rituais religiosos e culturais indígenas, a comunidade Guarani recebeu seus visitantes em uma grande festa, na qual o grupo cultural formado por jovens chamado de Aty Mirí homenageou o governador em exercício cantando uma música em Guarani, que pedia as bênçãos de pais e mães. "Vai ser bom para nossos filhos, porque eles vão aprender através da cultura, aprendendo o Português e o Guarani", disse o cacique João Temeri Alves.

A secretária de Educação Yvelise Arco-Verde salientou que a escola tem todas as ferramentas pedagógicas, como o laboratório de informática com internet e TVs multimídia. "Nós cumprimos aquilo que está posto no discurso e na constituição: realmente damos direito à educação para todos", afirmou. "As comunidades indígenas eram invisíveis no Paraná, mas hoje não. Eles têm o direito assegurado a uma educação que respeite a sua cultura", explicou.

Povo indígena

O diretor Jairo Bortolini contou que a escola funcionava em uma única sala de aula. "Foi uma grande conquista para a comunidade. A escola agora tem todas as condições para o trabalho desenvolvido por alunos, professores e funcionários", disse. O vice-prefeito do município de Diamante do Oeste, Amarildo Aparecido da Silva, destacou que a obra demonstra a valorização que o Governo do Estado tem dado ao povo indígena.

A escola Kuaa Mbo’e, cuja tradução é "Saber Ensinar", está atendendo 70 alunos na educação infantil e no ensino fundamental bilíngue. A aldeia Tekohá Añetete, que significa "Terra Prometida", foi criada em 1997 e reúne cerca de 230 pessoas.

O atendimento escolar em terras indígenas paranaenses é responsabilidade do Governo do Estado desde o ano de 2008. Atualmente existem 35 escolas estaduais indígenas, que atendem cerca de 3 mil estudantes. O Governo tem realizado cursos de formação de professores indígenas. Em março passado 30 professores encerraram o curso, do qual outros 100 ainda estão participando.
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 31/10/2014 12:47
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE