Bonde - O Maior Portal do Paraná
Segunda-feira, 28 de Julho de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
22º / 14º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Colunistas
28/05/2010 -- 13h24

O PERFIL DO NÚMERO 1 NA NUMEROLOGIA: O LÍDER

QR:
 

.
.
Sonia Weil

.
O Número 1 sente grande necessidade de autonomia e liberdade para agir. Não gosta de ser mandado, preferindo "ser o cabeça" e liderar; só aceitará bem um chefe, se este o deixar trabalhar com independência. Não gosta de pedir: ele faz primeiro, e depois comunica. Se tiver sócio, precisará delimitar bem o seu território, para que cada um "seja dono do seu pedaço" e não interfira nas decisões do outro.
.
Não gosta de rotina, e de apenas continuar aquilo que foi construído pelos outros. Se você o chamar para criar uma nova empresa ou frente de trabalho no interior da Floresta Amazônica, em condições difíceis, mas onde ele tenha que mostrar o seu espírito empreendedor, ele irá com entusiasmo. No entanto, quando a empresa já estiver implantada e funcionando normalmente, sem apresentar grandes novidades, ele ficará inquieto, sentindo necessidade de novos desafios. Quem sabe, irá desta vez, até o Chuí?
.
Tem idéias próprias, e gosta mesmo é de criar e inovar, colocando no mundo os "seus" projetos, e deixando a sua marca. Centraliza muitas vezes as ações, uma vez que prefere fazer as coisas ele mesmo, e à sua maneira.
.
Tem iniciativa e vai atrás do que quer, abrindo novos caminhos e criando as suas próprias oportunidades. Age rapidamente, e por impulso, ao colocar os seus projetos em ação. É muitas vezes uma pioneiro em seu campo de atividades.
.
Gosta de seguir "a sua própria cabeça" , podendo às vezes ser visto como "egoísta", já que é bastante auto-centrado ( o "eu" é mais forte do que "os outros"); mas, na verdade, sente que é importante "ser ele mesmo" e autêntico. Uma das frases típicas do 1 é "eu sou eu, e quem gostar de mim, vai ter que gostar de mim desse jeito".
.
Nuno Cobra descreve o piloto Schumacher (http://www.uol.com.br/vyaestelar/ ) como "arrojado, destemido, agressivo, mete a cara, tem ímpeto e, principalmente, acredita no seu potencial". Estas características descrevem muito bem o perfil do Número 1.
.
Um outro exemplo claro deste Número é Amyr Klink, que, embora tenha o 1 como Número Interno do 1º nome ( o A, como única vogal = 1 ), e, portanto, como desejo e necessidade ( o que poderia não tornar este traço tão visível ), o manifesta com clareza, pois traz na posição e Personalidade e Síntese também Números que reforçam esta tendência.
.
Pioneiro, está sempre se propondo a novas rotas. Gosta dos desafios, e isto fica claro na sua entrevista ao site 360 graus em 07/04/2002, quando fala de sua viagem à Antártida, dando uma volta ao mundo por uma rota nunca percorrida, no Círculo Polar Ártico: "Foi meu sexto verão na Antártica e, olhando de fora, parece que é fácil. Mas não é. Encontramos muitas dificuldades, o que fez da viagem um teste especial" .
.
Ao sentir falta de um barco que pudesse superar as dificuldades das rotas que enfrenta, criou ele mesmo o Parati 2, que ele define como um barco ousado, e de custo baixo. Em 2003/2004 realizou novamente a circunavegação polar, com o Parati 2.
.
Na mesma entrevista, fala da sua necessidade de estar sempre envolvido com novos projetos: "Com a experiência que tenho, podia ficar fazendo o feijão com arroz e botar dinheiro no bolso. Podia usar as palestras para engordar minha conta. Mas enterrei todos os centavos que ganhei com as palestras no Parati 2 e não me arrependo nada"
.
É casado com Marina e tem 2 filhas, mas não abre mão dos seus projetos independentes, passando muitos meses longe da família: "Gosto de navegar em solitário e vou continuar velejando sozinho. É um exercício bonito, que requer mais planejamento".
.
FRASES TÍPICAS DO PERFIL NÚMERO 1:
.
Venho há mais de 20 coletando frases próprias de cada Número, que anoto nas conversas com as pessoas, nos feedbacks dados em consultas, em textos que leio, em entrevistas de tv – ou seja, meu laboratório de análise é o mundo.
.
Sou daquelas pesquisadoras que carrega sempre um caderno e volta e meia, quando alguém diz algo, que reconheço como uma "chave" dos Números – zápt!, saco rapidamente o caderno e anoto a frase, colocando um Número à frente ( e as pessoas olham, sem entender muito... ).
.
Os Números falam, basta saber ver e ouvir, para percebê-los se manifestando.
Compartilho com vocês algumas frases ditas por pessoas com o perfil Número 1:
.
"busco a minha identidade, preciso ser eu mesmo. Gosto de fazer as coisas do meu jeito".
.
"quero ser um vencedor, estar em primeiro lugar"
.
"tenho que dinamizar as coisas, começar as fazer as coisas acontecer. Estou sempre cavando o meu próprio espaço no mundo, abrindo caminho para novas oportunidades"
.
"quero deixar a minha marca no mundo, quero que saibam que passei por aqui"
.
"a gente se casa, mas você vai dormir na sua casa, e eu na minha. Estamos
juntos, mas somos distintos" ( uma mulher com o perfil 1 aceitando uma proposta de casamento ...)

.
"Meu sobrenome sou eu. Eu fiz o meu caminho. As pessoas não sabem o meu sobrenome e não precisam, porque eu sou Eliana". ( Eliana, apresentadora de tv, em tp://celebridades.uol.com.br/frases/index6.jhtm )
.


OBSERVAÇÃO FINAL:
.
Repito aqui a indicação do último artigo: ao ler os perfis, lembre-se que as características estão sendo mostradas de maneira mais geral, sem situá-las quanto à posição no mapa. Você deve fazer esta contextualização.
.
Portanto, se falo da independência do Número 10, verifique em que posição este Número está no seu mapa. Se ele está como Número Interno ( vindo das vogais ), ele estará atuando como desejo e necessidade; se ele está como Número de Personalidade, surgirá na sua maneira de agir. E se estiver na Síntese ( soma das duas anteriores ), mostrará o que a vida lhe traz e exige – que busque os seus próprios caminhos, que vá atrás dos seus desejos.
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 28/07/2014 08:31
Quem escreve esta coluna?
Sonia Weil

Sonia Weil é professora de Comunicação Social e deu aulas na Universidade Estadual de Londrina durante 28 anos. Agora aposentada, faz palestras sobre Comunicação Não Verbal para empresas. É especialista em Numerologia e faz consultas, palestras e cursos desde 1986. Divulga a Numerologia em programas de tv e rádio, e em jornais, além de sites na internet. Realiza também palestras e workshops sobre a Lei da Atração ( mostrada no filme O Segredo ) em empresas e institutos esotéricos.