Bonde - O Maior Portal do Paraná
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
29º / 13º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Saúde
24/03/2009 -- 20h11

Tamanho do testículo influencia no desempenho sexual?

na maioria dos homens um testículo fica em posição mais baixa que o outro - quase sempre o esquerdo.

Sexo&Comportamento-Folha de Londrina
QR:
 
Reprodução
Reprodução
na maioria dos homens um testículo fica em posição mais baixa que o outro - quase sempre o esquerdo.

Tenho o testículo direito menor que o esquerdo. Estou com 23 anos. Posso ter complicações em minha vida sexual e reprodutiva?

Em situações normais, os testículos ficam alojados na bolsa escrotal, com um tamanho que pode variar de 3,5 a 5 cm de comprimento, e um volume aproximado de 30 ml. Pequenas variações de tamanho entre os dois testículos são comuns e não indicam qualquer anormalidade. Do mesmo modo, na maioria dos homens um testículo fica em posição mais baixa que o outro - quase sempre o esquerdo.

Existem várias condições que podem alterar o tamanho dos testículos, seja pelo aumento ou diminuição de seu volume. As principais estão enumeradas a seguir:

- Hidrocele: causado pelo acúmulo de líquido na bolsa escrotal, não existindo realmente alteração do testículo em si; na maioria das vezes são de causas benignas (trauma, infecção), e não requerem tratamento;

- Orquite: a infecção do testículo geralmente cursa com dor e aumento do órgão, comumente unilateral; tem boa resposta ao tratamento com antibióticos;

- Tumor testicular: ao contrário da maioria dos tumores malignos, o câncer testicular acomete principalmente adolescentes e adultos jovens; qualquer aumento testicular indolor, nesta faixa etária, deve ser prontamente investigado;

- Trauma: inicialmente há um aumento testicular, pela hemorragia dentro do órgão; se o trauma for significativo, pode haver posterior atrofia testicular com diminuição do tamanho;

- Criptorquidia: algumas crianças podem nascer sem o(s) testículo(s) na bolsa escrotal, pois estes ainda não 'desceram' da cavidade abdominal; se não for diagnosticada e tratada precocemente, esta condição pode acarretar atrofia e até perda do testículo retido, a longo prazo;

- Cirurgia: principalmente em cirurgias de hérnias, se houver lesão da artéria testicular (que fica na região inguinal, a 'virilha'), pode ocorrer atrofia e perda da função testicular.

Nos casos de homens que têm apenas um testículo, geralmente não há prejuízo da função sexual e reprodutora, pois o testículo remanescente é suficiente para a produção de hormônios e espermatozóides. Porém, em condições tais como infecções virais (por exemplo, a caxumba), mesmo que haja atrofia unilateral, a função testicular pode estar comprometida bilateralmente. Isso também pode ocorrer nos casos de criptorquidia.

Portanto, se há alguma alteração do tamanho dos testículos, seja para mais ou para menos, é recomendável procurar seu urologista para um correto diagnóstico.

Mitos e verdades

- Mito: homens com testículos maiores têm melhor desempenho sexual

- Verdade: salvo nos casos de atrofia testicular, não há nenhuma relação entre tamanho dos testículos e virilidade.

Juliano Plastina, urologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 20/08/2014 23:33
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE