Bonde - O Maior Portal do Paraná
Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
32º / 20º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook Youtube - Vídeos
Saúde
25/09/2013 -- 17h31

O que é síndrome do bebê sacudido?

A consequência pode ser danos cerebrais graves, por vezes irreversíveis

Sua Saúde - Folha de Londrina
QR:
Add to Flipboard Magazine.

Bebês e crianças menores de dois anos são muito frágeis e precisam de atenção redobrada quando sofrem algum tipo de acidente. Os pais também devem ficar atentos a algumas reações tomadas quando, por algum tipo de irritabilidade ou choro excessivo do bebê, acabam sacudindo a criança de forma mais brusca, possibilitando o desenvolvimento da síndrome do bebê sacudido. O termo descreve uma série de sinais e sintomas que ocorrem quando a criança é sustentada pelas extremidades ou pelos ombros e é chacoalhada de forma mais severa. A consequência: danos cerebrais que, em alguns casos, podem ser irreversíveis.

A cabeça da criança é proporcionalmente maior e mais pesada que o restante do corpo e os ligamentos do pescoço são mais fracos, então o movimento de ir pra frente e pra trás pode romper os vasos e lesionar o cérebro. Os danos vão desde irritabilidade, dificuldade para ficar acordado, vômito, a até convulsões, coma, cegueira – já que o chacoalho pode causar sangramento na retina, podendo ocasionar problemas visuais – e, inclusive, pode causar a morte.

A síndrome é diagnosticada quando a criança chega à emergência do hospital, para atendimento em função de algum dos sintomas listados acima e quando o profissional de saúde vai investigar o motivo do problema pode-se chegar a esta conclusão. Muitas vezes o problema está associado à questão de maus-tratos, mas não obrigatoriamente.

Ministério da Saúde
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 30/10/2014 23:45
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE