Bonde - O Maior Portal do Paraná
Terça-feira, 23 de Setembro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
29º / 11º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Saúde
08/04/2010 -- 19h18

Pode ocorrer uma gravidez mesmo sem ejaculação?

Durante o ato sexual, o líquido mucoso liberado pelo pênis faz parte da preparação para a ejaculação, mas não são eliminados espermatozóides

Sexo & Comportamento - Folha de Londrina
QR:
Add to Flipboard Magazine.

A relação sexual entre o macho e a fêmea é denominada coito, ou o conjunto de fenômenos que permite a integração funcional entre os dois sexos. Então o coito exige a harmonia entre o homem e a mulher, e a consequência desta cópula pode ser a gravidez.

Durante o coito, são produzidos no homem fenômenos diferentes aos da mulher, embora sejam equivalentes. Os estímulos eróticos produzem uma resposta com intensidade progressiva, até atingir o nível máximo, chamado de orgasmo.

No homem, a expulsão de sêmen é constituída por duas fases. Uma, que é a preparação, na qual se misturam as diferentes secreções sexuais como o esperma vindo do testículo, a secreção prostática e a secreção mucosa que está vindo da uretra, ou seja, ele não está previamente formado e pronto para a expulsão. Somente após esta mistura estar preparada pode ser chamado de sêmen.

Todo este processo ocorre durante a relação sexual, pouco antes da ejaculação. Isso é muito importante, pois as secreções durante a relação sexual podem ser divididas em algumas partes. A primeira a ser expulsa não contém espermatozóides, sua origem é a uretra e serve como lubrificação do canal, ocorrendo durante a excitação.

Posteriormente, no orgasmo masculino, é eliminado o sêmen propriamente dito e este é rico em espermatozóides. Portanto, para que possa ocorrer a gravidez, é fundamental haver a ejaculação masculina. Somente o líquido mucoso eliminado pela uretra não leva à gravidez.

Porém entre uma ejaculação e outra - quando em um curtíssimo intervalo de tempo - existe com menor risco a possibilidade de ocorrer gravidez, uma vez que podem estar presentes no canal uretral sêmen contendo espermatozóides.

Este fato pode ser anulado caso o homem urine antes da próxima relação, eliminando os espermatozóides depositados no canal uretral.

O controle do processo ejaculatório nem sempre é fácil para o homem. É possível liberar pequenas quantidades de sêmen contendo espermatozóides, que podem levar à gravidez, principalmente em homens com ejaculação precoce.

Mitos e Verdades

- Mito: a secreção uretral masculina que ocorre durante a excitação não leva à gravidez, pois via de regra não contém espermatozóides

- Verdade: o controle da ejaculação muitas vezes é difícil, podendo ocorrer a ejaculação precoce, e consequentemente a gravidez. E mais raramente uma segunda ejaculação no mesmo ato sexual, sem que o homem tenha urinado, também pode levar à gravidez

Marcelo Mendonça, ginecologista
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 23/09/2014 22:37
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE