Bonde - O Maior Portal do Paraná
Saúde
16/10/2009 -- 19h23

Quais são os principais tipos de anemia?

Anemia é uma situação patológica decorrente da diminuição da hemoglobina circulante, em comparação com os valores esperados em pessoas saudáveis

Sua Saúde-Folha de Londrina
QR:
Add to Flipboard Magazine.

Quais são os principais tipos de anemia? A anemia crônica pode evoluir para leucemia?

Para responder às questões, em primeiro lugar, é preciso deixar claro que anemia não é uma doença em si. Anemia é uma situação patológica decorrente da diminuição da hemoglobina circulante, em comparação com os valores esperados em pessoas saudáveis do mesmo sexo e da mesma faixa etária, sob as mesmas condições ambientais. Portanto, toda anemia tem que ter uma causa e, por isso, pode estar relacionada com a maioria das doenças existentes.

Podemos classificar a anemia, de acordo com sua causa, em três grandes grupos:

1) diminuição na produção dos glóbulos vermelhos: por carências nutricionais (por exemplo, ferro e algumas vitaminas); por deficiência de absorção (como diarréia crônica e cirurgias de estômago); por falência medular (por exemplo a aplasia de medula e leucemias), entre outras.

2) destruição dos glóbulos vermelhos: por defeitos hereditários (por exemplo, talassemias e anemia falciforme); por agressões ao glóbulo vermelho (doenças imunológicas e infecções); outras.

3) perdas sanguíneas: agudas (traumas e acidentes); crônicas (úlceras de duodeno e tumor de intestino); outras.

Em relação ao resultado do tratamento, destaco que depende muito da causa da anemia, sendo algumas delas facilmente curáveis e outras de evolução bastante desfavorável.

Por último, a possível evolução de uma anemia para leucemia é uma preocupação comum na população, pois as leucemias agudas são doenças bastante agressivas, que necessitam, frequentemente, de transfusão de sangue durante seu tratamento. Porém, a maioria das causas de anemia não apresentam uma progressão para leucemia.

Como regra, recomenda-se a investigação da causa da anemia antes de se iniciar um tratamento, geralmente iniciado pela avaliação de um clínico geral e, caso o diagnóstico seja difícil, ou o tratamento não tenha o resultado esperado, o caso deve ser acompanhado por um hematologista.

Luis Gabriel F. Turkowski, hematologista
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 02/09/2014 23:35
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE