Amish enterram 4 meninas assassinadas

Heloísa Prado - Bonde - 05/10/2006 -- 20:26
Imprimir Comunicar erro mais opções

A comunidade Amish da Pensilvânia enterrou nesta quinta-feira (5) quatro das cinco vítimas de Charles Roberts, o autor do massacre de segunda-feira passada em uma escola e que se suicidou em seguida.

Centenas de Amish se reuniram para prestar a última homenagem a Naomi Rose Ebersole, 7 anos, Marian Fisher, 13, Mary Liz Miller, 8, e sua irmã Lena, 7.

As cerimônias aconteceram na intimidade da comunidade, com a polícia barrando jornalistas e curiosos. As estradas que levavam ao local da cerimônia foram bloqueadas, e os helicópteros foram proibidos de sobrevoar a área.

A quinta menina morta, Anna Mae Stolzfus, 12 anos, deve ser enterrada nesta sexta-feira (6). Orações foram rezadas nas casas de cada família, e os cinco corpos foram transportados de carroça até um cemitério.

Os amish, protestantes anabatistas que rejeitam o mundo moderno, vivem sem carro, telefone ou televisão e falam um idioma derivado do alemão, não têm igrejas. Para praticar sua religião, eles se reúnem em grupos de cerca de 20 famílias para ler a Bíblia e rezar.

Na segunda-feira, Charles Roberts, um entregador de leite de 32 anos e pai de três filhos, invadiu armado até os dentes a pequena escola de Nickel Mines, um prédio com uma única sala construído no meio do campo. Depois de expulsar os garotos, ele amarrou uma dezena de meninas ao quadro-negro. Quando a polícia chegou, ele começou a executá-las. Cinco morreram e cinco foram feridas.

A comunidade amish conta com 50 mil integrantes na Pensilvânia. No total, são cerca de 200 mil integrantes distribuídos em vinte estados americanos.
PUBLICIDADE
TOP DO BONDE
PUBLICIDADE
 
Hospedado pela: