Bonde - O Maior Portal do Paraná
BondeNews
11/09/2010 -- 17h59

Via Expressa de Londrina completa 33 anos

Com oito quilômetros de extensão, avenida abriga 279 estabelecimentos comerciais

Marcos Roman/Folha Norte
QR:
Add to Flipboard Magazine.

A 'Via Expressa' de Londrina está completando 33 anos neste sábado. Inaugurada em 11 de setembro de 1977, a avenida Dez de Dezembro é uma das mais importantes e segmentadas da cidade. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Fazenda, atualmente existem 279 estabelecimentos comerciais cadastrados nos oito quilômetros de extensão da avenida. A grande maioria deles na área de auto-peças, ferro-velho e oficinas mecânicas.

"O comércio da avenida Dez de Dezembro sempre se caracterizou pela assistência a veículos leves e pesados que chegam ou saem da cidade pelas rodovias BR-369 que dá acesso a São Paulo, e à PR-445, que dá acesso a Curitiba", avalia Carlos Hirata, presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina ( Ippul). Segundo ele é impossível imaginar Londrina hoje sem a avenida Dez de Dezembro. "Ela é a principal via que faz a ligação dos extremos Norte e Sul do município", enfatiza.

Os comerciantes locais também destacam a importância da via para a cidade. "É uma via de acesso rápido e com comércio bastante variado, onde a pessoa encontra quase de tudo", ressalta o proprietário da Churrasqueiras Apolo, João Ortega. Ele conta que mantém o comércio na Via Expressa há 16 anos e que apostando na grande movimentação da avenida comprou outro ponto comercial. "Há dois anos comprei uma loja para meus filhos ao lado da minha, a Apolo Lubrificantes", revela.

"As pessoas já sabem que tudo o que precisam para veículos encontra na avenida Dez de Dezembro. Por isso o comércio local se fortaleceu ao longo dos anos", afirma Mário Sérgio Cotarelli, proprietário do Ferro Velho Dourados. O coro é engrossado pelo proprietário da Auto Peças Panorama, Almir Elias da Silva. "Estou aqui há 22 anos. Há espaço para todo mundo porque o movimento é muito grande", analisa.

Mas engana-se quem pensa que a avenida se resume apenas a peças e produtos automotivos. "Estamos aqui há 22 anos e pesquisas mostram que a nossa empresa é a mais lembrada quando se fala em janelas e portas", argumenta Edi Brunetti, gerente comercial das Janelas Ramos. Ela enfatiza ainda que na Via Expressa também há restaurantes, hotéis, bancos, igrejas e outros estabelecimentos.

Prefeitura pretende remodelar avenida

Após o término do recapeamento asfáltico da avenida Dez de Dezembro, a prefeitura de Londrina pretende remodelar a via. "Vamos transformar a Via Expressa em um cartão-postal da cidade", afirma o secretário Municipal de Ordem Pública, Vanderlei Batista Pereira.

Segundo ele, entre os projetos de revitalização da via está um plano de arborização, melhora na sinalização e outras benfeitorias. "Pretendemos readequar espaços e dar à avenida Dez de Dezembro um outro aspecto. Afinal estamos falando da principal porta de entrada de Londrina", ressalta Pereira.

Força tarefa notifica 200 estabelecimentos

A avenida Dez de Dezembro foi a primeira via comercial da cidade a receber a visita de fiscais da atual administração da prefeitura que montaram uma força-tarefa há 30 dias para vistoriar estabelecimentos comerciais da cidade.

"Vistoriamos todos os pontos comerciais e 200 deles receberam notificações de algum tipo de irregularidade", informa o secretário Municipal de Ordem Pública, Vanderlei Batista Pereira.

A força-tarefa reuniu representantes das secretarias municipais de Fazenda, Obras, Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal do Ambiente (Sema), Companhia Municipal de Trânsito (CMTU). "Foram expedidas notificações de alvarás de licença vencidos, calçadas irregulares, falta de arborização, falta de cobertura de ferros-velhos, entre outras irregularidades", explica Pereira.

Segundo ele, aos comerciantes autuados foi dado um prazo de 15 dias para regularizar a situação. "Nos próximos dias vamos voltar ao local para ver se as irregularidades foram sanadas. E em breve vamos levar a força-tarefa para outras regiões do município", afirma.

3,8 mil carros por hora

O tráfego na Via Expressa é intenso durante todo o dia. Mas é no horário de rush que a avenida concentra o maior número de veículos em trânsito. Na rotatória da rodoviária, o ponto de maior movimento, estima-se a circulação de 3,8 mil carros entre 17h30 e 18h30. Conforme dados do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), são 2,1 mil veículos circulando no sentido Norte/Sul, e 1,7 mil na direção oposta.
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 01/09/2014 19:33
PUBLICIDADE
BONDENEWS
Você já tem candidato definido para a eleição de governador?
Não
Sim
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE