Falando de Literatura - Isabel Furini
23/04/2015 - 12:41
  RSS  
Dia 26 de abril, na Livraria Arte & Letras, às 15:30, o escritor Homero Gomes relançará seu livro de contos Sísifo Desatento, publicado há um ano pela editora Terracota.



Neste evento, leitores poderão conhecer uma das "vozes que já surgem com um tom próprio, com uma originalidade indiscutível", como disse o escritor Luiz Ruffato, e colocar à prova se realmente esse escritor curitibano é, como afirma Marcelo Ferroni, escritor e editor da Alfaguarra, "desde já, uma voz a ser acompanhada na nova literatura brasileira".

O evento Conversa com Sísifo faz parte da programação do festival No Quintal, promovido pela Arte & Letra, que ocorrerá durante os dias 25 e 26 de abril, dias que reunirão livros, autores, editoras, ilustradores, música, cinema e gastronomia.
Homero Gomes é escritor e poeta.
Homero Gomes é escritor e poeta.


Serviço:
Autor: Homero Gomes
Livro: Sísifo Destatento
Gênero: Conto
Data: 26/04 – 15:30
Local: Livraria Arte & Letra: Al. Pres. Taunay, 130, Batel
21/04/2015 - 23:50
  RSS  
Escritora Neyd Montingelli.
Escritora Neyd Montingelli.

A escritora Ney Montingelli, que faz parte da ALB/Araraquará estará lançando um novo livro nesta quinta-feira, dia 23 de abril.

19/04/2015 - 07:51
  RSS  
A exposição contempla poemas e imagens, e Carlos Zemek, curador do evento, estará a cargo do trabalho de Arte Digital para valorizar cada poema.

A abertura será em 30 de maio, as 18 horas, na Galería R.Van R, da capital portenha. A exposição ficará aberta para visitação até 10 de junho.




POETAS CONVIDADOS

Arriete Rangel de Abreu
Carlos Eduardo Muniz
Decio Romano
Helena Maria W. Gomes
Majorie
Maria Antonieta Gonzaga Teixeira
Marina Carraro
Marli T. Andrucho Boldori
Michele Zambon
Michelle Zanin
Neyd Montingelli
Pepita de Oliveira
Ruth Ricardo

Da Argentina:
Isabel Furini
Sonia Mazza

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira
Maria Antonieta Gonzaga Teixeira

Pepita de Oliveira
Pepita de Oliveira

Michelle Zanin -
Michelle Zanin -

Michele Zambon
Michele Zambon

Decio Romano - é poeta e fotógrafo.
Decio Romano - é poeta e fotógrafo.

Marli Terezinha Andrucho Boldori
Marli Terezinha Andrucho Boldori

Arriete Rangel de Abreu
Arriete Rangel de Abreu

Sonia Andrea Mazza
Sonia Andrea Mazza

Marina Carraro
Marina Carraro

Marina Carraro



Junto ao curador Carlos Zemek (de chapéu preto) estão os poetas Maria Helena W. Gomes, Isabel Furini, Neyd Montingelli, Ruth Ricardo e Carlos Eduardo Muniz.
A mostra também terá quadros de artistas curitibanos.
14/04/2015 - 22:54
  RSS  
PREMIO ESSAS MULHERES MARAVILHOSAS - SUCESSO TOTAL
A chiquérrima e homenageada Michelle Zanin no Premio Essas Mulheres Maravilhosas 2015 pela Coluna Destaque no Fabelle Buffet.

Uma festa de gala em homenagem as mulheres de sucesso numa noite de luxo e requinte!
Quando plantamos boas sementes, certamente bons frutos iremos colher.
Baseados neste conceito, e analisando sua trajetória de vida, humildade e caráter hoje os frutos que estão sendo colhidos, por esta grande personalidade Araraquarense, são mais que merecidos.

Michele Zanin - Foto divulgação.
Michele Zanin - Foto divulgação.

Michelle Zanin escritora, jornalista e ativista cultural a mais jovem no Brasil a ser Presidente de uma Academia de Letras é motivo de orgulho para toda a Cidade de Araraquara, e para o Estado de São Paulo e das Entidades Culturais na qual ela representa no Exterior.
Para uma jovem mulher notável, todas as honras recebidas no dia 10 de abril na cidade de Taubaté Michelle Zanin foi agraciada com a premiação do Título ESSAS MULHERES MARAVILHOSAS, sendo DESTAQUE 2015 pela coluna social Raimundo Nonato onde representou as mulheres araraquarenses.

Para quem conhece a trajetória de luta, trabalho e dedicação desta incrível mulher não há de estranhar inúmeras e honrosas condecorações e premiações, pois já se sabe são mais que merecidas.

Michelle Zanin, jovem que é um orgulho na área cultural, usou um vestido assinado por Claudio Tiozzo Atelier Alta Costura de Araraquara/SP.
(e-mail: claudiotiozzo.altacostura@hotmail.com) - Fones: (16) 3322-9054 (16) 99221-2826
13/04/2015 - 00:09
  RSS  

O artista plástico e curador Carlos Zemek organiza exposição de Arte e Poesia em Buenos Aires. Foram convidados os artistas Ivani Silva, Ilia Ruiz, Osmar Carboni e Luis Daniel Schinca.

Foram convidados os poetas: Arriete Rangel de Abreu, Carlos Eduardo Muniz, Decio Romano, Helena Maria W. Gomes, Isabel Furini, Marli Terezinha Andrucho Bordoli, Maria Antonieta Gonzaga Teixeira, Marina Carraro, Michelle Zambon, Michelle Zanin, Neyd Montingelli, Pepita de Oliveira, Ruth Ricardo e Sonia Mazza.

09/04/2015 - 12:22
  RSS  
Miguel Sanches Neto - Foto divulgação
Miguel Sanches Neto - Foto divulgação

Miguel Sanches Neto lançará o livro "A segunda Pátria" na loja das Livrarias Curitiba do Shopping Palladium - no bairro Portão, Curitiba.

Hoje, 09 de abril de 2015, a partir das 19:30 horas. Shopping Palladium, Avenida Presidente Kennedy, 4121. Curitiba.

08/04/2015 - 10:40
  RSS  

Abriu ontem, 07 de abril, a exposição de Arte e Poesia "contemplando o Paraná", curadoria de Carlos Zemek.

A exposição permanecerá aberta até 07 de junho no 2º andar da Biblioteca Púbica do Parana.

A mostra propõe destacar aspectos do Paraná.

Participam os artistas plásticos: Osmar Carboni, Neiva Passuello, Katia Velo, Ivani Silva, Liane Maria e Carlos Zemek.

Foram convidados:
Osmar Carboni: presidente da APAP/Paraná - Associação Paranaense dos Artistas Plásticos do Paraná.
Osmar Carboni, artista plástico e presidente da APAP/PR
Osmar Carboni, artista plástico e presidente da APAP/PR


Neiva Passuello: artista plástica premiadíssima - foi ganhadora de Salões de Arte da Itália, Portugal, Espanha e outros.
Artista plástica Neiva Passuello.
Artista plástica Neiva Passuello.


Katia Velo: professora, artista plástica e colunista.
Artista plástica, professora e colunista Katia Velo.
Artista plástica, professora e colunista Katia Velo.


Liane Maria: artista plástica.


Carlos Zemek: artista plástico e curador, membro da ACCUR - já foi premiado pela UNAP de São Paulo.


Ivani Silva: artista plástica, já participou de exposições na Europa e na Ásia.

O curador Carlos Zemek e a artista plástica Ivani Silva.
O curador Carlos Zemek e a artista plástica Ivani Silva.

O convidado especial da área de literatura é o escritor e poeta Miguel Sanches Neto.

Também foram convidados: Arriete Rangel de Abreu, Carlos Eduardo Muniz, Helena Maria W. Gomes, Isabel Furini, Marina Carraro, Marly Andrucho Boldori, Neyd Montingelli, Pepita Oliveira e Ruth Ricardo.

Fotógrafos e poetas: Decio Romano e Michele Zambon.

Arte Digital: Carlos Zemek.

05/04/2015 - 11:55
  RSS  
Esse poemas fazem parte das Cirandas poéticas e foram publicados nas redes sociais.

Páscoa em família

A mesa farta convida a família,
Para uma reunião festiva.
As crianças esperam pela sobremesa:
Os chocolates logo virão.
Papel dourado e alegria,
Adoçam a boca com maestria.
Reforçam a lembrança dos que já foram.
Das Páscoas felizes que passamos,
Do sacrifício na cruz.

Neyd Montingelli

_____________________



________________

Poema sobre Imagem de Vanessa Nolasco

IMAGEM EM PRECE

Poesia é uma carta que vem do coração, me disse um anjo. Costumo conversar com meus protetores, oferecer uma vela e deixar que a chama do fogo clareie meus pensamentos e aquiete meus temores. Nós estamos na Páscoa, época de renovar-se interiormente. Ressuscitar é renascer, reviver.
Enquanto isso, lá no céu a lua cheia avisa que a fase é crítica porém libertadora.
Não vou dizer que está fácil, não. Mas sou grata, por ter encontrado meu caminho e aprendo todos os dias, isto é uma bênção! Há tantas coincidências, essas chamo de aviso. E no final de tudo: ser eu mesma, compensa e revigora. Mas choro, também e muito. E tenho colo dos amigos. E adoro dar risada me divertir, somar, compartilhar, também com eles, sim , de novo os amigos. Em todas as horas de todas as maneiras, são eles que seguram as barras, estão presentes e abraçam de longe -do outro lado do oceano-; ou aqui ao lado da gente. Amigos face e amigos do face mas presentes integralmente. Aceitem a proteção e a minha oração, sem vocês, não quero nem saber o que seria... Com vocês tenho colo, troca, energia, vibração, deslumbramento, encanto, cumplicidade, surpresas...
Meus parceiros do Plano Superior, cuide desses meus amigos iluminando seus caminhos. Olha lá, vocês terão muito menos trabalho comigo!!! Gratidão

Vanessa Nolasco (V.N)

_________________



______________


FUNERAL

Quando o caixão
e as lágrimas descem,
rumo ao esquecimento,
até as velas ofertadas
são apagadas pelo vento.
O que fará, então, às flores
a implacável ação do tempo?
Edweine Loureiro

__________________




__________________

VOOS

e tudo se cala!
e no instante seguinte
a ilusão cria asas e sonha voar

voar tão alto quanto a ingenuidade
pode levar
e a razão fazer-se____________abstrata!

e na boca do vento
voa
rompe a membrana que adormece
o olhar pagão
e voa no mais azul horizonte do ser...

Luciah Lopez

_____________________



_____________________


Poema: "Beleza e Vida"

Magia e beleza
Enfeitam vidas
Surpresas engrandecidas.
Estrelas surgem
E brilham intensamente
Espalhando luz com sabedoria.

Uma estrela educadora e poeta
Uma artista de escol
Um arquivo ini
De arte e de poesia,
De beleza e vida!
- A laureada Isabel Furini.

Maria Antonieta Gonzaga Teixeira
Castro, 03/04/2015.
(Obrigadíssima, prezada poeta Maria Antonieta Gonzaga Teixeira).

____________________


EM SEMANA SANTA
ÊXTASE
(Louvando ao Senhor!)
Carmo Vasconcelos, IWA

Quando sentires com desalento
que foste traído pela vida
e te achares impotente na subida
do poço onde se afoga o teu tormento
e na escalada do abismo em que caíste…
Não julgues inaudível teu lamento,
lembra-te sempre que ELE existe!

Quando sentires amargurado
que o túnel para ti não tem saída,
julgando-te no mundo abandonado,
cão raivoso, águia ferida,
e que a vida assim já nada vale…
Açaima a tua fúria aguerrida,
aguarda apenas que ELE fale!

Busca-O no sol e no vento;
no verde mar que te rodeia;
no céu, ora azul ora cinzento;
nas estrelas, na brilhante lua cheia;
ou até... numa lembrança de outro tempo!

Busca-O na paz do moribundo;
no primeiro gemido da criança;
na rotação eterna deste mundo;
no germinar do grão lançado fundo;
na derradeira força de uma esperança!

Ouvirás em tudo a Sua Voz!
Sentirás então a Sua Paz!

Julgarás, em êxtase, que a Terra se virou
e que a outra dimensão tu aportaste…
Verás, depois, que nada se mudou,
a não ser tu... que sem saber mudaste!

Carmo Vasconcelos, IWA
Lisboa/Portugal
http://www.carmovasconcelos-fenix.org/
03/04/2015 - 12:12
  RSS  

Domingo passado, sob tênue chuva, sob ramos e sob tênues versos, ocorreu a reabertura da saudosa Feira do Poeta de Curitiba. Participei da feira nos anos 90 e tenho muitos folhetos tipografados com meus poemas juvenis.

Escrevo este artigo admonitório no intuito de colaborar com a Fundação Cultural de Curitiba para o aumento não, necessariamente, de escritores, mas da qualidade dos escritos.
Há uma série norte-americana bastante famosa, chamada "Walking Dead".

Nesta série, pessoas morrem e tornam a viver, mas nunca mais voltam a ser o que eram. Tornam-se miseráveis zumbis, escravos de uma morte-vida severina(?). Meu receio é de que a Feira do Poeta se torne um "Walking Dead" curitibano. Um arremedo pós-apocalíptico "revival" do que foi, um dia, a Feira do Poeta de Curitiba.

A reinauguração aumentou o meu receio. Ela teve um gosto rançoso e um cheiro cadavérico. A impressão que tive foi de que se celebrava o passado "leminskiado", "pradado", "kolodylico" e não o futuro da poesia curitibana. Como ressaltou o Secretário da Cultura Marcos Cordiolli, a feira, embora tenha glorioso passado, precisa estar voltada para o futuro da indelével vocação curitibana para a poesia.

Algumas declamações, feitas durante o evento, foram diagnósticas e o diagnóstico foi pouco animador: alguns ainda pensam que poesia precisa ter sentimentalismo, rima (pobre), tédio, título e, pior, alguns creem que qualquer coisa que se escreva com "boa intenção" e de "coração" deve ser considerada poesia e deve ser aplaudida. Alto lá! Se começarmos a aplaudir a mediocridade, ela se torna meritocrática e sepultamos a qualidade da poesia brasileira.

O Secretário da Cultura afirmou, durante a reabertura: "Que todos aqui se encontrem para fazer o que mais sabem: alimentar a nossa alma". Pegando carona na fala de Cordiolli, lembro de que, na série "Walking Dead", os zumbis andavam em busca de cérebros, para se alimentarem. Espero que a Feira do Poeta não alimente zumbis com cérebros do passado, mas alimente almas e cérebros vivos e vívidos que são o presente e o futuro da poesia curitibana. Para isso só há uma saída: a formação de leitores críticos de poesia. Essa formação só pode ser feita por quem, além de produzir poemas de qualidade, tenha capacidade crítico-acadêmica para avaliar as produções e tenha experiência comprovada na formação de leitores de literatura.
Não adianta promover saraus populares, imprimir qualquer coisa e chamar de poesia. Isso não melhorará a qualidade das produções. A ideia do Sarau Popular é boa, mas é mais motivacional do que formativa.

Se o digníssimo Secretário da Cultura, sempre muito ativo e inventivo, cair na perniciosa tentação de ouvir exclusivamente asseclas que acham que entendem de poesia e fechar a alma e o cérebro para um trabalho realmente sério, estará condenando a poesia curitibana. Conhecendo seu trabalho e sua seriedade, tenho certeza de que o senhor Marcos Cordiolli não deixará a mediocridade como herança de sua gestão.
Viva a Feira do Poeta Viva! Viva a poesia curitibana de qualidade!

PS: Me refiro ao senhor Marcos Cordiolli como Secretário da Cultura, por entender que Cultura merece uma Secretaria. Isso equivale a mais verba e mais verbo.


* Robson Luiz Rodrigues de Lima
Curitibano, Professor de Língua Portuguesa, Literatura, Leitura de Múltiplas Linguagens e um estudioso da poesia paranaense. Autor de livros didáticos, consultor educacional, assessor pedagógico nas áreas de Linguagens e Comunicação, palestrante em todo o território nacional, poeta, músico, declamador, ator, transador de palavras, amante dos versos, artes e artemanhas.
Contato: www.facebook.com/professorrobsonlima
e-mail: minhalinguanatua@hotmail.com

(Essa crítica literária foi publicada em 31/03/2015 na coluna Aroldo Murá, do Jornal Indústria e Comércio - A publicação neste blog foi autorizado pelo autor, professor Robson Lima).

O Bonde é um espaço democrático para informação e debates, os organizadores da Feira do Poeta de Curitiba têm o direito de enviar um texto contestando esta crítica.
02/04/2015 - 08:55
  RSS  
A exposição Contemplando o Paraná entra em cartaz em 7 de abril no 2º andar na Biblioteca Pública do Paraná, em Curitiba. Com curadoria de Carlos Zemek, a mostra reúne a produção dos artistas plásticos Osmar Carboni, presidente da Associação Profissional de Artistas Plásticos do Paraná (APAP), Neiva Passuello, Ivani Silva, Katia Velo, Liane Maria e o curador, Carlos Zemek.

Quadro de Neiva Passuello que fará parte da exposição.
Quadro de Neiva Passuello que fará parte da exposição.


O público terá a oportunidade de conferir poemas ilustrados com arte digital e pinturas, além das fotografias de Decio Romano e Michele Zambon. A entrada é franca.

"Contemplando o Paraná está estruturada a partir de um cruzamento de olhares, de conceitos, de leituras, inclusive, a quebra de padrões e a diversidade. As emoções das visões artísticas e poéticas foram reunidas para ressaltar a contemplação", afirma Carlos Zemek. Ele completa que a mostra tem como objetivo despertar olhares artísticos e poéticos sobre as cidades e as paisagens e a própria cultura paranaense.

Além das imagens, há textos poéticos, ilustrados digitalmente, de vários autores, entre os quais Miguel Sanches Neto, Arriete Rangel de Abreu, Decio Romano, Carlos Eduardo Muniz, Helena Wego, Isabel Furini, Marli Terezinha Andrucho Boldori, Marina Carraro, Neyd Montingelli, Pepita de Oliveira e Ruth Ricardo. A mostra segue em cartaz até 7 de junho.



Serviço:
Contemplando o Paraná
Exposição com poemas ilustrados com arte digital, pinturas e fotografias de vários autores paranaenses

Curadoria de Carlos Zemek
De 7 de abril a 7 de junho
2º andar da Biblioteca Pública do Paraná (R. Cândido Lopes, 133 / Curitiba — Paraná)
2ª a 6ª, das 8h30 às 20h
Sábado, das 8h30 às 13h
Entrada franca
Informações: (41) 3221-4917
< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >
Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
PUBLICIDADE