Blog do Lucio Flávio - Lucio Flávio
19/09/2014 - 15:34
  RSS  
O Londrina não entra em campo neste fim de semana, mas estará muito ligado nos jogos da última rodada da série D para conhecer seu adversário na segunda fase da competição.

As atenções do Lec se voltam em especial para quatro grupos, de onde, provavelmente, deve sair seu adversário e que irá definir também sua posição final na primeira fase.

A primeira chave a ser observada é a A6, onde o Tombense pode tomar a segunda colocação do Londrina. Este será o último grupo a ser finalizado. Os jogos começam no domingo às 17h.

O Tombense joga em casa contra o Luziânia, que também briga pela classificação, e se ganhar termina em segundo. Caso contrário, o Tubarão terá a segunda melhor campanha.

Se for segundo, o Lec pega o 7º pior segundo e, se for terceiro, enfrenta o 6º. Em qualquer um dos casos, o adversário deve sair dos grupos A3, A5 e A8.

No A3, Central e Coruripe, com 9 pontos, e Baraúnas, com 8, brigam pela segunda vaga. No domingo, jogam Jacuipense, já classificada, e Coruripe e Central e Baraúnas.

No A5, o segundo colocado será a Anapolina. O time goiano enfrentaria na última rodada o Itaporã, que desistiu da competição. O Anapolina vai fechar a fase com 13 pontos e será um dos piores segundos colocados.

O A8, grupo do Londrina, o outro classificado também estará entre os piores. Penapolense e Metropolitano podem chegar a 12 pontos e o Pelotas a 10. Os jogos de domingo são: Penapolense e Pelotas e Boavista e Metropolitano.

Independentemente do adversário, o Londrina faz o primeiro jogo, no dia 28, fora e a partida da volta, no dia 4 de outubro, no estádio do Café.
18/09/2014 - 17:51
  RSS  
A direção do Londrina vai solicitar junto à CBF para jogar no sábado a noite a partida de volta da segunda fase do Brasileiro da série D.

O horário escolhido será o das 19h. O jogo será no sábado, dia 4, já que no domingo, 5 de outubro, haverá eleições. O Lec acredita que como o comércio funcionará no sábado o dia todo, jogar no período da tarde seria ruim em termos de público.

O Londrina conhece no domingo o seu adversário no mata-mata. Independentemente de quem for, o alviceleste faz o primeiro jogo fora de casa, no domingo, dia 28.
18/09/2014 - 10:44
  RSS  
Poucas fórmulas de campeonato renderam tantas críticas quanto a do Paulistão deste ano. Ainda assim, o principal estadual do país manterá o regulamento para a temporada 2015.

"Já está decidido: vamos repeti-lo para ter outra chance de avaliá-lo", diz Marcos Marinho, braço direito do presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol), Marco Polo Del Nero.

A FPF chegou a cogitar a hipótese de enviar um ofício ao Ministério do Esporte solicitando permissão para mudar o formato de disputa — o Estatuto do Torcedor obriga que os campeonatos profissionais sejam disputados com o mesmo formato por pelo menos dois anos seguidos.

Porém, após uma consulta à TV Globo, Del Nero decidiu não mexer. Assim, o Conselho Arbitral marcado para outubro, que reúne os presidentes dos 20 clubes da Série A-1, servirá apenas para discutir a premiação e as cotas pela participação.

O Paulistão de 2014 teve quatro grupos com cinco times cada — Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos foram cabeças-de-chave.

Após 15 rodadas, enfrentando apenas times de outros grupos, os dois melhores de cada chave passaram para a fase mata-mata. Já os rebaixados foram os quatro com menor pontuação.

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Diário SP
16/09/2014 - 11:05
  RSS  
Os confrontos da segunda fase da série D estão marcados para os dias 28 de setembro e 4 de outubro, um sábado, já que no domingo teremos eleições.

Os oito primeiros colocados estarão de um lado da chave (A) e os oito segundo do outro (B). O melhor primeiro enfrenta o pior segundo e assim sucessivamente. A ordem será a seguinte: 1ºA x 8ºB, 2ºA x 7ºB, 3ºA x 6ºB, 4ºA x 5ºB, 5ºA x 4ºB, 6ºA x 3ºB, 7ºA x 2ºB, 8ºA x 1ºB.

Os primeiros colocados fazem a segunda partida em casa. Os critérios de desempate são saldo de gols, gols marcados no campo adversário e pênaltis.

Os oito classificados avançam para a terceira fase. Os confrontos serão definidos levando em conta a média de pontos das equipes nas duas fases anteriores. A ordem será a seguinte: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º, 4º x 5º. As datas reservadas são 12 e 19 de outubro.

Os critérios de desempate são os mesmos da segunda fase e serão levados em conta até a final. Os quatro classificados para a semifinal já garantem vaga na série C em 2015.

Na semi também a média de pontos das três fases anteriores irá definir os confrontos: 1º x 4º e 2º x 3º. As semifinais serão disputadas em 25 de outubro, um sábado, em virtude do segundo turno das eleições e em 2 de novembro.

Os vencedores decidem o título nos dias 9 e 16 de novembro. A média de pontos de todo o campeonato vai definir o mando de campo.

Boa sorte ao Tubarão e que ele esteja em campo até o dia 16 de novembro.
16/09/2014 - 10:26
  RSS  
Faltando uma rodada para terminar a primeira fase da série D, a competição já tem oito equipes classificadas para o mata-mata. A briga pelas oito vagas restantes vai envolver 18 equipes. Por outro lado, 15 times já estão eliminados.

As equipes já classificadas são: Londrina, Confiança, Remo, Brasil de Pelotas, Ituano, Jacuipense, Brasiliense e o Rio Branco (AC).

A definição dos últimos classificados vai indicar os confrontos da segunda fase. Serão formados duas chaves. De um lado os oito primeiros colocados e do outro os oito segundos.

Os cruzamentos serão na seguinte ordem: 1º x 16º, 2º x 15º, 3º x 14º, 4º x 13º, 5º x 12º, 6º x 11º, 7º x 10º, 8º x 9º. Os jogos de ida serão no dia 28 de setembro e os da volta no dia 4 de outubro.
15/09/2014 - 11:01
  RSS  
Curta a emoção de Augustinho Pereira da Rádio Paiquerê nos gols de Metropolitano e Londrina, que empataram em 1 a 1, em Blumenau.

Alessandro, de pênalti, marcou o gol dos donos da casa e o atacante Paulinho empatou para o alviceleste.

15/09/2014 - 10:46
  RSS  
Assista os gols do empate em 1 a 1 entre Metropolitano e Londrina em Blumenau. O Tubarão encerrou a primeira fase invicto, com cinco vitórias, três empates e 18 pontos.

14/09/2014 - 17:53
  RSS  
Talvez nem o mais otimista torcedor alviceleste imaginava uma campanha como esta na primeira fase do brasileiro da série D: cinco vitórias, três empates, 11 gols marcados e quatro sofridos.

O Londrina termina na liderança do grupo A8 com 18 pontos e aguarda a última rodada no fim de semana, na qual ele folga, para saber sua posição na classificação geral e o seu adversário no mata mata.

A participação do alviceleste foi ótima. O time teve algumas dificuldades ao longo da primeira fase, fez alguns jogos ruins, mas na maioria das vezes foi muito superior aos adversários e os números, como diz o técnico Cláudio Tencati, mostram isso.

O 1 a 1 com o Metropolitano neste domingo em Blumenau foi justo. A partida foi equilibrada e as duas equipes perderam inúmeras oportunidades. O goleiro alviceleste Vítor foi o melhor em campo.

A defesa também foi bem, com ótimas atuações de Dirceu, Leonardo e Silvio. No ataque, Paulinho sentiu a falta de ritmo, mas melhorou no segundo tempo e foi premiado com o gol de empate, aos 29 minutos, aproveitando erro do goleiro Dida. Hiago teve atuação discreta.

Rone Dias e Léo Maringá também fizeram uma boa partida. Anderson vacilou no lance do pênalti, que resultou no gol de Alessandro, aos 19 minutos do segundo tempo. Allan Vieira recebeu o terceiro amarelo e está fora do primeiro jogo da segunda fase.

O Londrina tem agora duas semanas para recuperar os titulares machucados - Diogo Roque, Bidía e Bruno Batata - e acertar os últimos detalhes para o momento decisivo.

O Lec tem elenco, um time experiente, uma forma definida de jogo e uma ótima estrutura extra-campo. Tudo favorável para atingir o principal objetivo, que é a vaga na série D. Mas, agora o campeonato é outro. E o time terá que entender isso.
12/09/2014 - 10:03
  RSS  
O Londrina tem tudo para fechar com chave de ouro a sua participação na fase classificatória da série D do Brasileiro. O alviceleste tem condições de jogar bem e trazer um bom resultado de Blumenau.

Claro que os objetivos principais já foram alcançados - classificação e primeiro lugar do grupo -, mas no futebol vencer é sempre bom.

A partida contra o Metropolitano será muito difícil, talvez a mais complicada até aqui, mas o Londrina já enfrentou situações semelhantes neste campeonato e superou.

O time da casa precisa vencer de qualquer maneira para seguir com chances de classificação e o Lec pode se aproveitar disso. Explorar a pressão em cima do adversário pode ser uma boa arma.

Apesar dos desfalques, o Londrina tem boas apostas para domingo. Léo Maringá volta ao time e relatou que nas duas últimas semanas se preparou bem e refletiu sobre as suas últimas atuações. Mostrou muita disposição para este retorno. A expectativa é que ele volte a jogar no nível das suas primeiras apresentações.

A volta de Paulinho pode fazer o ataque reencontrar o caminho, após a saída de Joel e a contusão de Bruno Batata. O atacante do Grêmio deixou ótima impressão nos confrontos contra o Santos. Agora é hora de brilhar e assumir a responsabilidade na série D.

Será um teste importante também para o sistema defensivo, que após algumas mudanças, tem se mostrado um pouco vacilante.

Ganhando o Londrina deve ficar entre primeiro e segundo na classificação geral. Um empate, provavelmente deixe o Tubarão entre os quatro. Se perder, dificilmente, ficará entre os melhores já que folga na última rodada.

Mas, se for derrotado em Santa Catarina não será o fim do mundo. Ninguém garante que os primeiros colocados vão avançar sem problemas nos mata-matas.

O importante é manter o equilíbrio e o padrão de jogo apresentados até aqui. E usar esta última partida para ajustar os detalhes, recuperar fisicamente alguns atletas e entrar tinindo na fase decisiva da competição.
11/09/2014 - 11:47
  RSS  
Foi difícil, mas, o Corinthians e o empresário Carlos Leite conseguiram convencer Romarinho a aceitar a proposta do El Jaish, dos Emirados Árabes. O "sim" vai render ao atacante R$ 2,1 milhões, que equivalem a 10% do valor total do negócio.

O Corinthians ficará com R$ 8,7 milhões, enquanto Carlos Leite embolsará R$ 10,9 milhões.
O El Jaish se comprometeu a pagar metade do valor à vista. O restante será dividido em duas parcelas, com depósitos marcados para março e setembro do ano que vem.

Romarinho ainda verá o salário triplicado com a mudança para o mundo árabe — ganhava R$ 100 mil por mês no Parque São Jorge. Entre os atletas remanescentes da conquista da Libertadores e do Mundial, em 2012, ele era dono de um dos salários mais baixos.

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Diário SP
< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social-Jornalismo e Administração-Marketing. Repórter Esportivo da Rádio Paiquerê AM desde 1997. Repórter também da Folha de Londrina. Participou de coberturas esportivas nacionais e internacionais como Copa do Mundo, Olimpíadas e Copa América. Twitter: @Luciobortoti



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
PUBLICIDADE