Bonde - O Maior Portal do Paraná
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
30º / 15º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Casa e Decoração
20/04/2010 -- 08h53

Escadas: veja dicas para acertar na escolha do corrimão

Na hora de escolher o corrimão e o guarda-corpo, preste atenção às normas de segurança e ao equilíbrio visual

Erica Shimamura - Folha Casa & Conforto
QR:
 

O momento de definir os detalhes em uma obra passa por sutilezas que não escapam aos olhos dos mais atentos e exigentes, porém a escolha pode se tornar uma dor de cabeça se quem está construindo não tem ideia de como encontrar modelos e referências para se orientar.

Os corrimãos e os guarda-corpos de uma escada fazem parte dessa lista de miudezas de acabamento. A escolha desses itens na finalização da obra vai influenciar não só a segurança e a praticidade de quem utiliza escadas e sacadas, mas o resultado estético de elementos que ficam em evidência na área social da casa.

E qual a melhor maneira de escolher corrimão e guarda-corpo? De acordo com a arquiteta Larissa Galindo, existem normas específicas que tratam de divulgar quais são as dimensões corretas que darão equilíbrio e segurança a esses itens. O corrimão deve estar de 80 a 92 cm do chão, e o guarda-corpo deverá ter altura de no mínimo 105 cm a partir do solo. A distância mínima entre eles deve ser de 4 cm.

Segundo Larissa, a regra para esses itens é extensa e nem sempre é seguida nos projetos residenciais ou outras obras particulares. Não raro a estética de uma escada acaba sendo privilegiada em detrimento das normas de segurança. Quem nunca observou uma escada sem corrimão? No entanto, a arquiteta alerta que mesmo para esses casos devem ser sempre levados em conta os usuários das edificações. ''Se na residência morarem crianças ou pessoas idosas, o melhor a fazer é seguir as normas para evitar acidentes''.

A sugestão para as residências com crianças, caso o guarda-corpo seja metálico, é evitar construir perfis em linhas horizontais, pois a estrutura vai facilitar que os pequenos subam no local. Já em caso de perfis verticais, estes não podem ter espaços maiores do que 11 cm para garantir a função de proteger de quedas. De qualquer forma, o guarda-corpo pode ser projetado a partir de qualquer material, até mesmo em vidro, desde que seja o tipo laminado. ''O problema é que esta variedade de vidro tem custo mais elevado'', aponta Larissa.

Na escolha do corrimão, a arquiteta indica empunhadura de modelo preferencialmente redondo, com diâmetro de 5 cm. A medida fica confortável para a maioria das pessoas. Com relação aos materiais, aço inox, ferro, madeira e alumínio podem ser empregados.



Reprodução
Reprodução


Balaustras pintadas de branco deram vida à escada, contrastando com o fundo em madeira. O corrimão em cumaru manteve o tom natural. Projeto dos arquitetos Marcia Castro e Zu Macedo para a loja Empório Mineiro, de Londrina



Reprodução
Reprodução


Madeira e alumínio polido estruturam corrimão e vergalhões na escada feita em concreto pré-moldado com piso revestido de mármore. Projeto dos arquitetos Marilda Marchiori e Zeca Repette



Reprodução
Reprodução


Vidro temperado e aço inox: a dobradinha garante segurança e beleza à escada executada pela Artforja



Reprodução
Reprodução


No edifício comercial Torre Montello, localizado em Londrina, o corrimão da área externa é em aço inox polido com guarda-corpo na mesma estrutura e fechamento em vidro laminado. A estrutura respeita as alturas e distâncias exigidas para garantir segurança. Projeto de Larissa Galindo Arquitetura
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 21/08/2014 23:33
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE