Bonde - O Maior Portal do Paraná
Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
26º / 20º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook Youtube - Vídeos
Casa e Decoração
24/03/2009 -- 10:23

Instalações elétricas mal feitas encarecem a conta de luz

Estudo indica que problemas nas instalações geram perdas de energia de 1,5% a 2,5%, além de oferecerem grandes riscos aos moradores

Redação Bonde
QR:
Add to Flipboard Magazine.

Instalações elétricas mal conservadas causam desperdício de energia e deixam a conta de luz mais cara no final do mês. A conclusão é do estudo "Análise de Perdas em Instalações Elétricas Residenciais", realizado como tese de mestrado na Universidade de São Paulo pelo engenheiro eletricista Ricardo Santos D´Ávila.

O estudo comprova que problemas nas instalações elétricas geram perda de energia de 1,5% a 2,5%. "Essa energia passa pelo medidor, só que não é transformada em trabalho útil, pois é gasta com aquecimento de condutores em instalações residenciais", explica o profissional.

Para um consumo de 202 kWh por mês que equivale a R$ 75,92, o desperdício, em um ano, é de 24 kWh ou, em reais, R$ 9,01. Em uma cidade como São Paulo, por exemplo, onde 80% das residências com mais de 20 anos estão com as instalações elétricas precárias, a soma chega em média a R$ 1,7 milhão por ano, considerando-se que a cidade tem mais de 16 mil edifícios antigos.

"A revisão das instalações elétricas deve ser feita por profissionais qualificados. Mexer nas instalações elétricas pode causar choques sérios, com risco de morte. O morador deve ficar atento a fios descascados e desencapados, tomadas penduradas, quadros de luz sem tampa e fiação exposta. Outros sinais claros de problemas são o apagar de uma luz quando se acende a outra, ou a luz não acender quando o interruptor é acionado", diz D´Ávilla.

Como detectar problemas nas instalações elétricas

Choques no chuveiro, disjuntor desarmando, oscilações na luz, equipamentos demais, tomadas de menos... Essas cenas são muito comuns em grande parte das residências e sinalizam um grave problema: instalações elétricas obsoletas ou mal dimensionadas.

Esse mal acarreta resultados graves para a população e para o patrimônio, como falta de segurança, risco de acidentes e desperdício de energia. Para evitar tudo isso, é necessário realizar verificações periódicas nas instalações elétricas, e reformas e adequações sempre que necessárias. Para saber quando está na hora de fazer a avaliação, confira abaixo as orientações de Edson Martinho, engenheiro eletricista e consultor do Programa Casa Segura:

Se a sua casa, apartamento ou condomínio tem mais de 10 anos e jamais passou por uma reforma no sistema elétrico, certamente está na hora de realizar uma verificação completa, com um profissional habilitado. Isso deve se repetir a cada 5 anos, mais ou menos.

Fios e cabos com sinal de aquecimento mostram a necessidade de um check-up, pois indicam que há uma sobrecarga e que a instalação deve estar inadequada para as atuais necessidades de consumo.

As instalações elétricas devem ter o fio terra instalado em todas as tomadas para proteger as pessoas contra o choque elétrico. Por este motivo todas as tomadas devem ser aquelas com o modelo de 3 pólos. Se sua instalação não possui esta configuração, programe uma reforma.

Os quadros de forças não podem ser feitos em madeira ou qualquer outro material combustível. Se isso ocorre, eles devem ser trocados. Assim como as demais partes da instalação.

Fusíveis tipo rolha ou cartucho são inadequados e devem ser substituídos.

Caixas de passagem abertas, fios desencapados e emendas mal feitas são sinais de perigo e devem ser corrigidos imediatamente.

O engenheiro Edson Martinho faz ainda dois últimos lembretes:

Toda a instalação elétrica deve ser projetada por profissionais habilitados para este trabalho, ou seja, um engenheiro ou técnico em eletrotécnica. Estes profissionais devem seguir as regras estabelecidas. No caso de instalações elétricas residenciais ou comerciais, a norma técnica é a NBR 5410 (ABNT), que apresenta todos os requisitos mínimos para garantir o conforto, a qualidade e a segurança de uma instalação elétrica.

Instalações elétricas possuem uma limitação de uso, seja pelo tempo de utilização (desgaste natural dos componentes) ou pela mudança dos hábitos e necessidades dos moradores (que com o passar dos anos acabam agregando vários equipamentos ou aumentando potências de chuveiros sem sequer verificar a instalação elétrica). Fique atento para isso e garanta a segurança de seu imóvel e a economia de energia.
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 22/12/2014 21:56
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE