Bonde - O Maior Portal do Paraná
Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
32º / 17º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook Youtube - Vídeos
Gastronomia
17/08/2009 -- 10h31

Comida de beira de estrada como você nunca viu

Restaurante foge do padrão de restaurantes de beira de estrada oferecendo ambiente acolhedor e produtos diferenciados

Ana Paula Nascimento - Folha de Londrina
QR:
Add to Flipboard Magazine.
João Mario Góes/Equipe Folha
João Mario Góes/Equipe Folha
Parece, mas não é: Bolo de Alfarroba imita à perfeição o de chocolate

Quem passa pela BR-376, em Mauá da Serra, provavelmente irá se surpreender com o Restaurante Chão Comum, em funcionamento há dois anos e meio. Com ambiente aconchegante e acolhedor, foge do padrão de restaurantes de beira de estrada.

Repleto de produtos naturais (inclusive orgânicos), como chás, sementes e granolas, também vende velas artesanais, sapatos de couro feitos a mão e artesanato.

Os salgados são feitos de massa integral e assados. Vale a pena provar o calzone de carne seca com provolone, que custa R$ 3 a unidade, e experimentar o tandalassi, uma deliciosa bebida indiana. O mate espumante tem o diferencial de ser feito com xarope de guaraná e limão. Para o almoço - servido das 11h às 14h30 -, é possível saborear à vontade comida caseira que inclui carnes na chapa a R$ 10 por pessoa. Para o jantar, a sugestão da casa é o creme de frango com mandioca.

Dentre os produtos diferenciados destaca-se o Bolo de Alfarroba. Feito de alfarroba em pó, importada, é muito fiel ao sabor de chocolate, só que mais concentrado, lembrando o cacau em pó. A alfarrobeira (em inglês 'carob tree') é uma árvore selvagem originária da Costa do Mediterrâneo. É a partir das suas vagens que se obtém a matéria-prima para tantas delícias, substituindo perfeitamente o chocolate. Trata-se de um alimento saudável, com apenas 0,7% de gordura, e açúcar natural da fava de alfarroba, que ainda tem fibras e não possui cafeína.

No próprio restaurante é possível comprar a alfarroba em pó - uma caixinha de 200g custa R$ 12; já a granel, 100 gramas custam R$ 5. Também há barrinhas e bombons de alfarroba a partir de R$ 1. O produto também é vendido na banquinha que a comunidade Doze Tribos mantém na feira livre de domingo na Avenida São Paulo, em Londrina.

Os administradores do restaurante também são integrantes da comunidade não religiosa Doze Tribos, criada nos anos 1970, nos Estados Unidos. Seus seguidores têm a Bíblia como base de suas vidas e comandam 16 cafés Chão Comum, espalhados pelo Brasil, Austrália, Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, Espanha, França, Alemanha e Argentina. No Paraná, há comunidades em Londrina, Campo Largo e Mauá da Serra.

O Restaurante Chão Comum fica na BR-376, km 297 (em frente à balança rodoviária). Funciona de domingo a quinta, das 8h às 22h. Na sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 18h às 22h. Aos domingos à noite tem música instrumental israelita. Mais informações pelo telefone (43) 8812-2280 ou pelo e-mail maua@dozetribos.com.br.
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 23/10/2014 07:43
ENCONTRE UMA RECEITA
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE