Bonde - O Maior Portal do Paraná
Sexta-feira, 01 de Agosto de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
25º / 15º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Mulher
19/04/2012 -- 10h05

Saiba como remover manchas de mofo e bolor das roupas

Redação Bonde
QR:
 

Depois de meses fechadas nos armários, nem sempre nas condições adequadas, não é raro encontrar roupas com manchas de mofo e bolor. Teoricamente é sempre possível remover a sujeira, mas, como explica Vladimir Constantino Valério, professor de química têxtil do Senai Têxtil São Paulo, dependendo do tempo necessário para a eliminação da mancha pode ser que os produtos usados na remoção acabem estragando o tecido.

Veja abaixo as dicas do professor e de Ricardo Monteiro, coordenador técnico da Quality Lavanderia, sobre como se livrar das manchas de mofo e bolor.



Reprodução
Reprodução



Quando a mancha é removível?

O tempo de permanência da mancha de mofo e bolor no tecido é que vai determinar se ela poderá ser eliminada ou não. Manchas recentes, que apareceram há algumas semanas, podem ser retiradas de forma simples. Segundo Ricardo Monteiro, é possível mensurar o tempo da mancha pela cor. As com tons violetas, pretos e esverdeados geralmente são as mais antigas e que estão mais impregnadas no tecido.

"Se a mancha estiver no tecido por um tempo muito grande, o tempo e o número de vezes que deveremos repetir a operação para a retirada do bolor será grande, o que também enfraquecerá o tecido, podendo haver uma perda de resistência e apodrecimento da peça", explica Vladimir.

Por isso, a dica dos profissionais para manchas muito antigas é optar pelo tingimento da roupa, que pode ou não manter a cor original da peça, dependendo da preferência do proprietário. A seguir, saiba quais produtos usar e como fazer a aplicação deles para remover o bolor da roupa.

Como remover

Manchas recentes podem ser removidas na lavagem comum da roupa, acrescentando alvejantes com ou sem cloro. Os alvejantes sem cloro, que usam perborato de sódio, atacam menos as fibras do tecido e por isso estragam menos as roupas. Em contrapartida, sua ação é mais lenta do que a dos alvejantes com cloro, o que implica em repetir mais vezes a lavagem.

Quando a mancha persistir após a lavagem com alvejante, você pode usar a fórmula abaixo, indicada pelo professor de química têxtil do Senai, Vladimir Constantino Valério. Atenção, nunca aplique esta receita em roupas coloridas sem fazer um teste antes.

1. Coloque em um recipiente 5 colheres de sopa de água sanitária e 2 colheres de sopa de um produto de limpeza pesada, com os utilizados para retirar gordura de fogões e azulejos.

2. Misture e aplique a solução sobre a mancha. Espere uns minutos e se necessário esfregue devagar para não rasgar a peça. Se a mancha diminuir e ainda continuar mesmo que em parte sobre o tecido repita a operação quantas vezes forem necessárias, até a retirada total.

3. Após a remoção lave a peça em água corrente e aplique sobre o local que estava manchado uma solução pastosa formada por 3 colheres de sopa de açúcar e 5 colheres de sopa de água.

4. Espere cerca de 3 minutos, enxágue e lave a peça novamente como de costume.
Neste processo use sempre água sanitária de boa qualidade e que foi comprada recentemente, pois com o passar dos dias ela vai se decompondo e perdendo poder de ação. A solução de água e açúcar serve para neutralizar a ação do cloro que possa ter restado na roupa. Na próxima página, saiba o que nunca deve ser feito na tentativa de remover este tipo de mancha dos tecidos.

O tipo do tecido interfere?

Ao aplicar a fórmula de remoção da página anterior, lembre-se de que quanto mais vezes o processo for feito, mais o tecido ficará enfraquecido. Remover as manchas de mofo e bolor costuma ser mais difícil em tecidos de fibras naturais como algodão, linho, rami, juta e de fibras proteicas como lã e seda. Quando impregnadas em tecidos sintéticos como poliéster, poliamida e acrílico as manchas são mais fáceis de eliminar.

O que fazer com roupas coloridas?

Se a mancha em uma roupa colorida não sair após a lavagem com alvejante sem cloro, você pode fazer um teste para saber se é possível utilizar a solução de água sanitária nela. O teste consiste em aplicar a solução em um fio ou em uma pequena parte interna da peça e esperar cerca de 10 minutos para ver se o corante resiste ao cloro.

Caso sim, ou seja, se a parte onde foi aplicada a solução não desbotar, você pode seguir a receita da página anterior. Se o corante não resistir e o local ficar branco, a opção que resta é levar a peça em uma lavanderia profissional para ser tingida.

O que nunca deve ser feito?

Nunca tente remover a mancha de mofo e bolor lavando com água quente, pois isso vai cozer o tecido e fixar ainda mais a mancha. Você também nunca deve utilizar a solução de água sanitária se a roupa for de elastano, também conhecido por lycra, pois o cloro age agressivamente sobre este tipo de fibra e destrói a peça. (Fonte: BBel Estilo de Vida)

Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 01/08/2014 20:30
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE