Bonde - O Maior Portal do Paraná
Sábado, 26 de Julho de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
20º / Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Economia
26/06/2009 -- 08h52

Máquinas que lavam, secam e... quase passam

As lavadoras têm classificação do Procel com as "mais econômicas"; modelos custam entre R$ 3 mil e R$ 7 mil

Gisele Mendonça/Equipe Folha
QR:
 
Olga Leiria/Equipe Folha
Rosimere Kronbauer, governanta, diz que as máquinas com sistema de lavagem por tombamento são mais econômicas e eficientes
João Mário Goes/Equipe Folha
José Simeão, vendedor: ‘‘Dependendo da roupa, já sai da máquina pronta para vestir’’
João Mário Goes/Equipe Folha
Karina Ribeiro interessou-se pela ‘‘lava e seca’’: ‘‘Moro em apartamento e sofro para secar roupa’’

A tecnologia leva praticidade para dentro de casa e transforma a vida de quem executa serviços domésticos. Popularizadas há pouco tempo, as máquinas que lavam e secam representam o que há de mais moderno nos setor de lavadoras de roupa.

Os modelos custam entre R$ 3 mil e R$ 7 mil. O mais caro traz painel de controle com display de LCD e design exclusivo feito por artista internacional. O produto é como uma peça luxuosa de decoração. O melhor, porém, é que as roupas saem secas e praticamente sem a necessidade de serem passadas.

''Esta máquina utiliza água e ao mesmo um sistema de vapor no processo de lavagem, o que faz com que a roupa não saia enrugada. Muitas vezes, a peça nem precisa ser passada'', diz o vendedor João Augusto Just, da loja Colombo Premium. A vantagem é que o vapor penetra nas fibras dissolvendo a sujeira e removendo odores.

O vendedor observa que o ''mercado de lava e seca'' está crescendo muito, em função da comodidade que estas máquinas trazem. ''Há pouco tempo atrás, para ter essa comodidade era preciso comprar uma lavadora e uma secadora'', repara.

Outra função do produto é a remoção de vincos e odores em apenas 20 minutos. ''Se você chega da rua com uma roupa cheirando a cigarro, por exemplo, coloca na máquina e aciona somente o sistema de vapor'', explica Just. O modelo que custa R$ 7 mil tem capacidade para 10,5 quilos e vem nas cores vinho e branca.

O consumidor que não pretende gastar tanto, tem a opção de pagar a partir de R$ 3 mil por um modelo que também lava e seca. Assim como a top de linha, estas máquinas têm abertura frontal e não superior como a maioria dos modelos tradicionais. Elas possuem sistema por tombamento, semelhantes aos das lavanderias industriais.

''Esse sistema limpa melhor e é mais eficiente. O (sistema) agitador das máquinas com abertura superior acaba provocando desgaste da roupa'', afirma José Augusto Simeão, vendedor da rede Magazine Luiza. A tecnologia permite, inclusive, que a pessoa abra a porta da máquina sem derrubar a água, que fica embutida no equipamento.

As máquinas lavam e secam desde peças delicadas até edredons. Com o sistema anti-rugas, as peças saem amaciadas. ''Dependendo do tipo de roupa, já sai pronta para vestir'', diz Simeão. Ele acrescenta que a tecnologia Nano Silver utiliza-se de partículas de prata que eliminam os tipos mais comuns de bactérias das roupas e da lavadora. O ciclo completo (lavar e secar) demora em média três horas. Se a pessoa quiser apenas a opção lavar é possível programar. Todas as máquinas verificadas pela reportagem possuem classificação ''A'' (maior economia) no selo do Procel, que mede a eficiência energética.

Governanta aprova ‘lava e seca’

A governanta Rosimere Kronbauer já comprovou a eficiência de uma máquina que lava e seca. ‘‘A roupa sai totalmente seca. Mas você também pode escolher se quer mais ou menos seca. Só que o importante é você retirar as peças logo que o ciclo termina, caso contrário elas vão ficar com vincos, marcas’’, relata Rosimere, que tem 26 anos de profissão, e presta consultoria sobre cuidados com as roupas e organização da residência.

Ela conta que o sistema de amaciamento da máquina deixa realmente várias peças prontas para usar. ‘‘Calças jeans e blusas de malhas leves, por exemplo, podem ir direto para o cabide. As camisetas de malha eu prefiro passar porque gosto de roupa bem lisinha, mas dependendo do nível de exigência da pessoa nem precisa. Já as camisas têm que ser passadas’’, afirma a governanta.

Rosimere diz que o ciclo da máquina demora em média três horas (para lavar e secar). Na avaliação, dela o equipamento compensa, levando em conta que uma secadora gasta o mesmo tempo só para secar. Outra vantagem, segundo a governanta, é o sistema de lavagem por tombamento (com abertura frontal). O mercado também oferece máquinas que só lavam e centrifugam com este sistema.

‘‘Na prática, percebi que essas máquinas gastam menos energia e bem menos sabão. É que elas utilizam pouca água, as roupas não ficam mergulhadas. Para lavar um edredon, por exemplo, eu coloco uma xícara de café de sabão em pó’’, conta.

Rosimere utilizou a ‘‘lava e seca’’ no seu emprego anterior. Na residência em que atua hoje, existe uma lavadora moderna, porém, sem a função de secar, já que a proprietária possui uma secadora tradicional. ‘‘Quando minha patroa foi comprar, sugeri que optasse por um modelo que lava por tombamento. É econômico, eficiente e preserva a qualidade das roupas’’, afirma.

Redução do IPI impulsiona vendas

As máquinas que lavam e secam atingem as classes A e B e também tiveram suas vendas aquecidas com a redução do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) da linha branca. Desde que a medida foi anunciada pelo governo, há cerca de dois meses, as vendas desses eletrodomésticos cresceram em média 30%. Os dois produtos mais procurados são lavadoras de roupa e geladeiras.

‘‘As vendas aumentaram no geral, mas nesses dois casos os fornecedores não dão conta de entregar. Lavadora, dependendo do modelo, leva de oito a quinze dias para chegar’’, conta o gerente Joel Marcos Aniceto, gerente de uma das lojas Magazine Luiza.

A assistente administrativo Karina Ribeiro estava pesquisando preço de lavadoras e interessou-se pela ‘‘lava e seca’’. ‘‘Tenho uma máquina simples, mas como moro em apartamento, sofro para secar roupa nos dias de chuva. Não estou muito por dentro de preço ainda para saber se compensa levar uma lava e seca ou uma secadora’’, disse.

Pela pesquisa da reportagem da FOLHA feita em duas lojas, uma ‘‘lava e seca’’ pode custar o mesmo preço (R$ 3 mil) que uma lavadora e uma secadora tradicionais juntas.
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 26/07/2014 13:30
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE