17/12/17
33º/21ºLONDRINA
 -
 -
12/08/2017 - 18:18
Imprimir Comunicar erro mais opções
O Londrina não fez um jogo ruim no Beira-Rio e até assustou o Internacional no segundo tempo, mas a defesa falhou demais no jogo aéreo e o alviceleste amargou a sua terceira derrota seguida, algo inédito desde a volta do clube a série B em 2016.

Os erros defensivos do LEC não vêm de agora. Os problemas acontecem desde o início e por isso o time é um dos mais vazados. São agora 28 gols tomados em 20 jogos. É muita coisa.

Os 3 a 1 na tarde deste sábado (12) acabaram sendo justos porque o Colorado aproveitou todos os erros defensivos no segundo tempo e conseguiu a sua quarta vitória seguida, embalando de vez na série B.

A estratégia defensiva funcionou muito bem no primeiro tempo. Não deu espaços para o Inter e não sofreu sustos. Bidía marcou individualmente D'Alessandro, que se irritou como sempre e produziu pouco.

A forma de jogar não vingou no segundo tempo porque aos três minutos o time sofreu o gol. Falta da esquerda de D'Alessandro e o zagueiro Cuesta marcou de cabeça, em falha de Edson Silva.

O LEC saiu mais para o jogo, Tencati trocou o apagado Thiago Lopes por Rafael Gava e empatou os 23. Carlos Henrique roubou a bola, serviu Artur, que achou Bidía dentro da área.

Isso mesmo, Bidía apareceu na frente para empatar. Foi a primeira vez no jogo que um volante alviceleste foi ao ataque. O jogo ficou bom para o Londrina, porque o Inter sentiu demais o empate e a torcida ficou apreensiva.

Sem espaços, os donos da casa acharam a vitória nas bolas paradas. Em dois escanteios cobrados por Camilo, que havia substituído D'Alessandro. Dois lances idênticos, aos 33 e 36, com o zagueiro Klaus.



No primeiro, nova falha de Edson Silva e também de Carlos Henrique. E no segundo o centroavante não acompanhou o zagueiro colorado. Não foram só nos gols os erros.

O Londrina não ganhou uma bola aérea no segundo tempo e só não saíram mais gols porque o goleiro César salvou em pelo menos dois lances.

Da sequência de quatro jogos consideradas um divisor de águas (Guarani, América, Vila Nova e Inter) o time não foi bem e conquistou apenas três pontos.

Ficar sem pontuar em três rodadas seguidas nesta equilibrada série B é fatal. O LEC despencou na tabela e agora olha mais para baixo do para cima. Está a sete pontos do G4 e a quatro da ZR. Ganhar do Brasil agora passa a ser obrigação.
COMENTÁRIOS
Antonio Rodrigues de Souza
Enquanto insistirem com Gustavo geladeira vai ser assim
- 14/08/17 09:50:30
Christovam Pessoa
Há 4 rodadas atrás havíamos comentado sobre o que viria pela frente, e ao final dela(ontem), definiria a nossa missão na série B. Ficou evidenciado que nosso posto é por aí mesmo, "na intermediária da tabela". Sábado mostrou o nosso elenco em comparação ao um time de série A e aí eu pergunto ao senhores, estamos preparados para subir? não viraríamos saco de pancadas dos grandes? Tudo suposição mas vejam a posição dos que subiram o ano passado!!!Tirando o Vasco!!!Quanto ao time é isso que está aí...jogadores importantes sofreram lesões e não tivemos peças de reposição, muitos foram embora e os que chegaram não melhoraram muito.Para completar tem o estigma do Estádio do Café o qual será palco de mais uma noite de dúvidas nesta terça feira contra um rival chato chamado BRasil de Pelotas, boa sorte pra nós!!!
(2) - 14/08/17 09:48:34
JOSE FRANCISCO
É um time de pinguço zaga ruim, goleiro nao sai nas bolas aereas o meio so um joga o ataque tem uma enceradeira ou galinha so cisca centroavante gordo so reclamma temos 2 jogador profissional o resto e boleiro precisa contratar uns 6 atletas nao para subir mas se manter na serie b.
- 13/08/17 20:17:02
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE