22/11/17
30º/17ºLONDRINA
 -
 -
16/02/2012 - 08:32
Imprimir Comunicar erro mais opções
As gatinhas olhavam desconfiadas para fora do cesto que balançava muito. Um garoto com a mão gordinha e macia tinha retirado elas da caixa de papelão em que estavam ao lado do lixo. Tinham passado a manhã toda lá miando para todos que passavam. No início estavam em muitas, mas a manhã foi passando e só ficaram elas.

Luis voltou guiando sua bicicleta azul rapidamente para mostrar a surpresa para sua mãe.
-Mamãe olha só o que eu trouxe!

Ao olhar no cesto, mamãe viu duas lindas gatinhas famintas.
-Meu querido, mais duas?

Luis já tinha três gatos em casa,o Bola, a Lua e o Tuca, todos resgatados da rua.

-Mas mamãe, elas precisavam de uma casa, foram largadas em uma caixa próxima ao lixo.
-Já escolheu os nomes?
-Kiara a malhada e Pantera a toda preta!

Pantera que era a mais atrevida pulou do cesto e se enrolou nos pés da mamãe pedindo comida.

Luis foi guardar a bicicleta na garagem e voltou com dois potinhos de água e ração. As gatinhas que estavam com fome comeram tudo e logo se instalaram no sofá.

Conto de Eliziane Nicolao Lobo Pacheco.

Texto e Foto de Eliziane Nicolao Lobo Pacheco.
Texto e Foto de Eliziane Nicolao Lobo Pacheco.
COMENTÁRIOS
NICCOLLE
lindas
- 31/10/13 19:36:17
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE