19/10/17
30º/20ºLONDRINA
 -
 -
11/01/2017 - 00:19
Imprimir Comunicar erro mais opções


O americano Steven Soderbergh, depois de se tornar a sensação do Festival de Cannes de 1989 com o premiado sexo, mentiras e videotape, poderia fazer o que quisesse. Fiel ao seu espírito independente, ele encontrou no roteiro de Lem Dobbs a história que procurava. No caso, Kafka, realizado em 1991. Pode até parecer se tratar de uma cinebiografia do famoso escritor tcheco. Errado. Aqui, Franz Kafka, vivido pelo ator Jeremy Irons, é o protagonista da história e encontra-se "preso" em uma típica trama kafkiana. A ação se passa no ano de 1919, em Praga. Acompanhamos a rotina da personagem título. Durante o dia, ele trabalha pro governo e à noite, escreve seus livros. Uma vida monótona que é quebrada quando um amigo seu desaparece misteriosamente. Kafka é uma feliz mistura de suspense com pitadas de policial e terror. Há também um pouco de humor no tempero. Soderbergh conseguiu provar que era um diretor criativo e de grande potencial. Poderia simplesmente ter se repetido, mas, foi atrás de algo novo e surpreendente. E se saiu muito bem. Sorte nossa.

KAFKA (Kafka - EUA 1991). Direção: Steven Soderbergh. Elenco: Jeremy Irons, Theresa Russell, Ian Holm, Alec Guinness, Joel Grey, Jeroen Krabbé e Armin Mueller-Stahl. Duração: 98 minutos. Distribuição: Lume Filmes.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Marden Machado
 
Escrevo, todos os dias, sobre um filme, complementando minha participação nos programas Light News (na rádio Transamérica Light FM - 95,1), na rádio CBN Curitiba (90,1 FM), no programa Caldo de Cultura (UFPR TV - canais 15 da NET, 71 da TVA ou via web no http://www.tv.ufpr.br/), e no canal http://www.youtube.com/cinemarden.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE