Cozinha do Virgulino - Thiago Caversan Antunes
08/03/2017 - 11:00
Imprimir Comunicar erro mais opções
Olá, pessoal!
Tudo bem?
Depois de um prazo razoável de "jejum", temos uma nova postagem.
Pode ser que nada justifique ausências tão prolongadas - mas acredito que uma breve menção aos desafios diuturnos da advocacia, da docência no ensino superior e da paternidade ajudem a entendê-las!
A receita de hoje leva carne suína e manga bem madura. Para equilibrar os sabores, também juntamos um elemento mais ácido (vinagre) e, para desafiar o paladar um toque (sutil) de alecrim.
É bem verdade que a receita pode ser meio de "temporada", por conta de a manga ser um ingrediente essencial - mas também é verdade que nas grandes cidades você encontra essa fruta nos supermercados quase durante o ano inteiro.
Vamos lá!

Ingredientes:

600g de carne suína em cubos
1 manga madura picadinha
3 cebolinhas pequenas cortadas ao meio
alecrim
vinagre balsâmico
azeite
sal temperado

Modo de Fazer:

Tempere a carne com o sal, o alecrim e um fio generoso de azeite. Deixe descansar por 30 minutos.


Aqueça uma panela anti aderente, junte a carne e sele bem.
Quando a carne estiver selada, abaixo fogo junte a cebola, tampe a panela e deixe cozinhar.


Quando a carne estiver cozida e bem refogada, junte a manga e um fio de vinagre, e tampe a panela novamente.


Deixe cozinhar por mais cinco minutos. Mexa bem para deixar homogêneo, prove o tempero.
Está pronto!



E fica realmente muito interessante, pessoal!
O aroma já é um bom convite para a mesa; e as texturas e o sabor também não decepcionam.
Se você não tiver cebolinhas pequenas, pode usar uma cebola grande cortada em pétalas, sem grandes prejuízos.
Como sempre, estão todos convidados a participar - inclusive enviando suas próprias contribuições, que a gente edita e traz para cá, conferindo a respectiva autoria, sempre, é claro.
Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, além de outras notícias, sugestões e curiosidades que compartilhamos apenas por lá mesmo, quase diariamente.
Um grande abraço a todos e "inté",

Thiago "Virgulino"
06/01/2017 - 20:45
Imprimir Comunicar erro mais opções
Olá, pessoal!
Tudo bem?
A receita de hoje é de um molho para acompanhar carnes, que é simples de se fazer, conta com ingredientes bem baratos e fica realmente delicioso. A contribuição foi de minha mãe, a Dagmar.
Vamos lá!

Ingredientes:

1/2 cenoura
1 tomate
1/2 cebola pequena
1 limão (apenas o suco)
1 colher (sobremesa) de azeite
sal temperado

Modo de Fazer:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, até ficar homogêneo.
Está pronto!

E fica realmente delicioso, pessoal!
O molho pode acompanhar as mais diversas carnes, e fica muito bom com churrasco.
Você pode variar, conforme o seu gosto, acrescentando ervas aromáticas, ou mudando a variedade de limão, por exemplo (nós usamos o limão siciliano, geralmente).
Como sempre, estão todos convidados a participar.
Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, além de outras notícias e curiosidades que compartilhamos diariamente apenas por lá mesmo.
Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"
05/01/2017 - 16:25
Imprimir Comunicar erro mais opções
Olá, pessoal!
Tudo bem?
A receita de hoje é uma colaboração de meu colega Márcio Fernando Rodrigues!
A sacada do Márcio foi pegar uma das variações da já bastante difundida macarronada na panela de pressão e fazer uma adaptação pessoal para a panela de arroz - aquela panela elétrica!
Vamos lá!

Ingredientes:

500g de carne moída
2 tomates picados
1 cebola picada
2 dentes de alho amassados
Sal e pimenta a gosto
1 lata de extrato de tomate
1 lata de creme de leite
Meio pacote de macarrão tipo parafuso
100g de queijo mussarela fresco

Modo de Fazer:

Tempere a carne moída com o alho, a cebola, o sal e a pimenta do reino.
Em seguida, frite-a na panela de arroz.
Junte os tomates picados, meia lata de extrato de tomate e 2 xícaras de água e deixe-a cozinhar.
Quando o molho estiver evaporado um pouco, acrescente mais um pouco d'água e espere o cozimento da carne.
Após o molho ficar pronto, acrescente o macarrão e deixe cozinhando até o desligamento da panela de arroz. Misture o creme de leite e despeje o macarrão em uma fôrma.
Cubra com as fatias de queijo e leve ao forno para gratinar.

É isso aí, pessoal!
A receita é prática, muito interessante e parece deliciosa!
Fica registrado nosso agradecimento ao Márcio, e também o convite a todos para que enviem suas próprias contribuições - assim nosso menu fica muito mais completo!
Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá e também de outras notícias e curiosidades que compartilhamos apenas por lá mesmo, diariamente.
Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"
03/01/2017 - 11:50
Imprimir Comunicar erro mais opções
Olá, pessoal!
Tudo bem?
Vamos começar o ano explicando como preparar um ingrediente que entra em outras receitas interessantes - como as tirinhas de carne com broto de bambu.
O bambu é tido, no Oriente, como símbolo de multiplicação, generosidade e flexibilidade.
Acredita-se que broto de bambu - que os japoneses chamam de takenoko - também tem uma série de propriedades terapêuticas, além de ser uma excelente fonte de fibras e de ser realmente delicioso.
Vamos lá!

Ingredientes:

Brotos de bambu
Bicarbonato de sódio
Água
Vinagre
Sal

Modo de Fazer:

O primeiro passo é limpar os brotos.
Corte a base até perceber que a faca trabalha sem muita dificuldade (o negócio é aproveitar apenas a parte mais macia), e depois vá tirando com cuidados as folhas, uma a uma, até deixar apenas a parte interna. Dispense a ponta (que tem apenas folhas mesmo). Corte em pedaços de aproximadamente 0,7cm de espessura, no sentido horizontal, na base, e a parte superior em dois ou três pedaços no sentido longitudinal.





Depois de fazer essa operação com todos os brotos, coloque em uma panela, cubra com água e uma colher de chá de bicarbonato de sódio e leve ao fogo até levantar fervura. Quando ferver, apague o fogo, deixe mais alguns minutos na água e depois lave em água corrente. Repita a operação por três vezes. Se você estiver usando uma panela de alumínio, adicione um fio de vinagre, para não pretejar.




Você pode deixar de um dia para o outro, na geladeira, com uma solução de água e sal (mas é bom não demorar para usar, porque pode azedar).

E assim está pronto para ser usado nas mais diversas receitas - como de refogados com carnes ou legumes, por exemplo!


É isso aí, pessoal!
Você pode preparar o ingrediente a partir das mais diversas espécies de bambu - as de maior porte rendem mais e, surpreendentemente, são em geral mais macias.
Como sempre, estão todos convidados a participar!
Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá e de outras notícias, sugestões e curiosidades que compartilhamos diariamente apenas por lá mesmo.
Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"
21/11/2016 - 20:40
Imprimir Comunicar erro mais opções
Olá, pessoal!
Tudo bem?
Já fazia quase um mês que não trazíamos um post inédito para cá!
Para romper o silêncio, vamos falar sobre uma receita de farofa, que leva alguns ingredientes diferentes!
Na verdade, você pode fazer farofa com quase qualquer coisa. É só misturar ingredientes de forma que fique na panela um pouco de caldo, e aí misturar farinha (em geral, de mandioca ou de milho).
A receita de hoje leva presunto, ervilha e ovos, e também uma boa farinha temperada.
Também pode ficar interessante se você misturar frutas (pêssego em calda em pedacinhos ou uva passa, por exemplo).
Vamos lá!

Ingredientes:

200g de presunto em pedacinhos
1/2 cebola em rodelas finas
2 dentes de alho fatiados
1 lata de ervilhas
3 ovos
farinha temperada

Modo de Fazer:

Coloque o presunto para refogar. Quando ele estiver douradinho, adicione a cebola e o alho, espalhando bem.


Logo em seguida, junte os ovos, tomando o cuidado de não deixar a gema quebrar.


Quando a clara tiver ficado branca, quebre as gemas e espalhe cuidadosamente.


Assim que as gemas tiverem começado ainda endurecer, misture tudo bem, quebrando em pedaços, e acrescente ervilha com 1/3 do caldo da lata.



Logo que levantar fervura, apague o fogo e junte farinha temperada a gosto, mexendo bem para deixar homogêneo.


Está pronto!


Muito fácil de se preparar, e realmente bem gostoso para acompanhar uma carne grelhada, por exemplo.
Se você quiser acrescentar um pouco mais de farinha na mistura, pode colocar mais do caldo da ervilha (aquele que vem na lata), e até um pouco de água.
Você também pode usar uma farinha menos temperada (mas nesse caso pode precisar acertar o sal no final; aí é só experimentando para saber).
Como sempre, estão todos convidados a participar.
Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, e também de outras notícias e curiosidades que compartilhamos apenas por lá mesmo, quase diariamente.
Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino
Thiago Caversan Antunes
 
Paulista radicado em Londrina desde o ano 2000. Graduado em Direito, especialista em Direito Civil e Processo Civil e mestre em Direito Negocial. Professor universitário e advogado. Autor de diversos artigos e capítulos de livros. Tem a gastronomia como hobby, e criou, em 2012, com a colaboração de sua companheira, Dani Manfiolli, o blog "Cozinha do Virgulino", onde divulga receitas explicadas "passo a passo" e resenhas sobre bares, restaurantes, vinhos, ingredientes e técnicas culinárias.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
 
Hospedado pela: