-
 -
24/04/2017 - 10:46
Imprimir Comunicar erro mais opções
A literatura tem um grande aliado, o desenho. Livros infantis, por exemplo, precisam de imagens para cativar os pequenos leitores. O desenho valoriza o texto.

Hoje lembraremos um pouco da trajetória de Watson Portelle. El é desenhista, jornalista, poeta, roteirista, contista.

Desenhos de Watson Portellas
Desenhos de Watson Portellas


Esse mestre na Arte do desenho nasceu em Camaragibe, Pernambuco, a 18 de outubro de 1950. Filho de Petrônio Portela e de Suzete Portela Costa. Mestres como Yves Chaland, Mike Allred, Mézière, e Andre Blank-Dumontt, serviram de referência na definição do traço do artista. Como toda criança, começou a desenhar aos oito anos de idade, não parando mais. Foi o único desenhista brasileiro a desenhar a capa do Tex. Desenhista autor criou o único herói brasileiro Super-Gay, uma sátira bem-humorada com os heróis da Marvel e DC publicado numa edição especial no ano de 1982, com 68 páginas pela editora Grafipar.

No ano de 1986, recebeu o prêmio Ângelo Agostini – Mestre em Quadrinhos. Em 1988, recebeu o prêmio – Abril de jornalismo – melhor desenho. No ano de 1988 recebeu o prêmio Dona Beija – prêmio Abril de jornalismo, melhor desenho. 2009 recebe o prêmio Ângelo Agostini – 2015 (recebe a homenagem como Grande Mestre dos quadrinhos). Troféu HQMIX Criado em 1988, pela dupla Jal e Gualberto Costa, no programa TV MIX da TV Gazeta, o Troféu HQMIX foi apadrinhado pelo então apresentador do programa, Serginho Groisman. A votação nacional é feita pela categoria dos desenhistas de hqs e humor gráfico por meio da Associação dos Cartunistas do Brasil (ACB) e do Instituto Memorial das Artes Gráficas do Brasil (IMAG).

Desenho de Watson Portella
Desenho de Watson Portella


Mestre na arte dos quadrinhos assinava também como "Barroso" e "Helga". É um dos grandes desenhistas nacionais Possui um trabalho consistente. Quando jovem Watson era fã dos quadrinhos de C. C. Beck, artista americano da escola "linha clara" que acabou, afinal, influenciando seu traço.
Foi um dos primeiros a se destacar no cenário quadrinístico da década de 80. Seus trabalhos mais conhecidos do grande público é o álbum "Paralelas" e "Vôo Livre". Watson iniciou seus trabalho em fanzine e mais tarde teve sua arte publicada em diversas editoras como RGE, Vechi, Graphipar, Maciota (depois, Press Editorial), Abril, Porrada, Vidente e Ópera Graphica.

Sua primeira obra profissional foi uma hq histórica para a Ebal de Adolfo Aizen, que jamais foi publicada. Em 1975, participou da caça de talentos promovida pelo "Gibi Semanal", da RGE (1). "Em 1976, o editor dos gibis da Vecchi, pediu para ele dar um pulinho no Rio de Janeiro, pois queria conhece- lo. O Lotário Vecchi, também era fã dos trabalhos dele: – "Mudei para o Rio de Janeiro ainda em 1976 e comecei a trabalhar para a Vecchi. Fazia terror. – "Lembro que foi antes de completar 26 anos, em outubro". Em 1979, publicou em "Spektro", da Vecchi. Então não parou mais. Fez terror, western, erotismo, humor e super-heróis para Grafipar de Curitiba (para onde se mudou no ano de 1980). Dono de traço ímpar, seus desenhos fizeram a cabeça de toda uma geração.
Desenhos de Watson Portella
Desenhos de Watson Portella

Desenhos de Watson Portella
Desenhos de Watson Portella
20/04/2017 - 08:44
Imprimir Comunicar erro mais opções
A Biblioteca Pública do Paraná, (Rua Cândido Lopes, 133, Centro – Curitiba, PR) em parceria com a Associação Paranaense de Terapia Familiar, promove no mês de junho o projeto Família Leitora. São três oficinas em que se discute a formação de leitores por meio do incentivo familiar e da escolas. Os encontros acontecerão no mês de Junho, aos sábados, nos dias 3, 10 e 17, das 9h às 12h30. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas pelo e-mail thiagod@bpp.pr.gov.br.

Voltado para educadores, voluntários, bibliotecários e o público em geral, o projeto tem o objetivo de apresentar aos participantes as contribuições que a literatura pode oferecer para o desenvolvimento das crianças e o fortalecimento da família. Durante os encontros, são abordados temas como "A literatura infantil na formação cognitiva e social do indivíduo", "A comunicação e seus efeitos no relacionamento familiar" e "Práticas de incentivo à leitura na família, na escola e na biblioteca", entre outros.

Serviço:

Projeto Família Leitora
3, 10 e 17 de junho, das 9h às 12h30
Sala de Reuniões da BPP (Rua Cândido Lopes, 133, Centro – Curitiba, PR)
Gratuito
Mais informações: (41) 3221-4980.
Inscrições: thiagod@bpp.pr.gov.br

Fonte: BPP
19/04/2017 - 21:11
Imprimir Comunicar erro mais opções
NO CORAÇÃO DAS LEMBRANÇAS

perceber o ritmo do poema
que percorre os corredores da infância

o vô ouvindo música italiana
a vó cuidando das flores do jardim

e meu coração nutrindo-se
com as lembranças.

Isabel Furini
16/04/2017 - 17:04
Imprimir Comunicar erro mais opções
Sementes do bem!

Quantas vezes tentamos ajudar
usando palavras, assim como
quem tenta montar um quebra cabeça
usando nossa perspectiva para colaborar
na construção de um castelo, que já está
projetado por outro artista, tentamos...
São emoções alheias que mexem conosco
Nossa alma responde, doando tudo o que tem.
O coração traduz em sopros, feito sementes
Que só quando há consenso, poderão germinar

Monica Puccinelli

15/04/2017 - 14:50
Imprimir Comunicar erro mais opções
A GUERRA

Podemos migrar com as aves silenciosas
e negar a investida das armas
contra os inocentes

a humanidade tem um arsenal de mentiras
para justificar
qualquer carnificina

mas quem poderá mascarar
o medo?
esse terror cinzelado nas retinas?

Isabel Furini

Fotografia de Isabel Furini
Fotografia de Isabel Furini - Arte feito com cartuchos de balas - Arte para a Paz
Feira de Arte de Seattle - 2015
Arte feito com cartuchos de balas - Arte para a Paz Feira de Arte de Seattle - 2015
Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
 
Hospedado pela: