22/11/17
30º/17ºLONDRINA
 -
 -
09/11/2011 - 08:47
Imprimir Comunicar erro mais opções
Lança sobre mim a tua rede
transparência da armadilha,
o fulgor do esforço de tuas mãos e de tua boca.

Deste lado apenas fica
minha sede saciada
e um punhado de sombras:

Captura meu silêncio,
o reflexo da água nos meus joelhos
e este barro que anuncia a noite.

Sou presa fácil já
- nada temas-

Quando observas meus olhos assustados
um último desejo
-seja valente e generoso-
não me devolvas à água.

Javier Díaz Gil nasceu em Madri, Espanha, em 1964, é Licenciado em Geografia e História. Poeta premiado, em 1998, conquistou o 1º Prêmio XI Certame de Poesia E.U. Magistério Guadalajara (Univiversidade Alcalá de Henares) Espabgam, em Junho 2000, 1º Prêmio do Certame "Humberto Tenedor", Abarán(Murcia), em 2000, 1º Premio "NICOLÁS DEL HIERRO", e em 2010, foi finalista do 1º Prêmio de Poesia Addisson de Witt •


Javier Díaz Gil é poeta, escritor e professor.
Javier Díaz Gil é poeta, escritor e professor.

Blog do poeta: http://javierdiazgil.blogspot.com/
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE