-
 -
27/07/2017 - 14:34
Imprimir Comunicar erro mais opções
Tutorial auxilia cliente Sercomtel a configurar modem com vírus

Para que os próprios clientes consigam reconfigurar o Modem ADSL TP-Link TD-W8901N, que apresenta problemas por conta de ataque hacker, a Sercomtel disponibiliza um tutorial completo no site http://www.sercomtel.com.br e no Facebook (https://pt-br.facebook.com/sercomteloficial ). Vale ressaltar que os clientes que não conseguirem solucionar por meio desta configuração deverão contatar o 10343 e solicitar uma visita técnica.
Este é, passo a passo, o tutorial para reconfiguração.

1. Para acessar as configurações do modem, abra seu navegador no computador ou no celular, estando logado na rede Wi-Fi do modem ADSL, e na barra de endereços digite: 192.168.1.1 e tecle .

2. No campo "Nome de usuário" digite admin e em "Senha", digite em minúsculo os 4 últimos dígitos do MAC ADDRESS (contidos na parte inferior do modem) e clique em OK.



3. Clique no menu Quick Start e depois no botão RUN WIZARD.



4. Clique em NEXT.



5. Selecione o horário de Brasília (GMT-03:00). Clique em NEXT.



6. Clique em NEXT.



7. Os campos "Username" e "Password" já estarão configurados. Manter a informação que aparece de seu Username e Password, e Clique em NEXT.



8. Clique em NEXT.



9. Clique em NEXT.



10. Clique em CLOSE.

14/07/2017 - 16:36
Imprimir Comunicar erro mais opções
Sercomtel Iluminação inicia os primeiros Projetos de Melhoria do Sistema contratados pela Prefeitura de Londrina

A Sercomtel Iluminação, que já é responsável pela Manutenção da Iluminação Pública de Londrina (viária e ornamental), passou também a fazer Melhorias no Sistema. No mês junho, a empresa deu início às ações no parque de iluminação da cidade, após a assinatura dos primeiros contratos com a Prefeitura Municipal de Londrina.No total, serão atendidos 1.950 pontos de iluminação, distribuídos em 58 trechos de ruas e avenidas nas 4 regiões do município: Norte, Sul, Leste e Oeste.

A seleção dos pontos de iluminação foi baseada em critérios técnicos como: classificação das vias em função do deslocamento de veículos; por representarem eixos principais de ligação entre bairros; por conta do fluxo luminoso deficiente; alta defasagem dos equipamentos (cerca de 30 anos), além do histórico de solicitações feitas pela comunidade.

O presidente da Sercomtel Iluminação, Hans Muller, esclarece que o projeto foi elaborado de forma a assegurar uma melhor eficiência da iluminação, qualidade técnica e redução da manutenção. Para isso, optou-se por fazer a troca de todo o conjunto de Iluminação Pública (IP): luminária integrada, fechada, com dispositivo ótico, equipada com lâmpada de vapor de sódio, reator, braço em aço galvanizado, relé e demais infraestruturas elétricas necessárias para o seu funcionamento. "Além da ampliação do fluxo luminoso, as melhorias objetivam a modernização e padronização dos pontos de iluminação que se encontram subdimensionados, por meio da retirada das lâmpadas de vapor de mercúrio de baixa potência e dos braços de curto alcance, que resultam em iluminação insuficiente", explica Muller.

Segundo ele, todos os materiais e componentes apresentados atendem às exigências de segurança do trabalho e serão executados pelas equipes técnicas, de modo a preservar as garantias dos materiais utilizados e a segurança da rede elétrica do município, além de alcançar os resultados qualitativos esperados.

100 pontos atendidos

Do dia 26 de junho até essa semana, a Sercomtel Iluminação já realizou a melhoria da Iluminação Pública Viária quase 100 pontos de Londrina. O trabalho foi realizado em 57 pontos na região Leste e 34 pontos da Região Norte. De acordo com a arquiteta e urbanista da Sercomtel Iluminação, Marcela Ribeiro, os pontos selecionados têm recebido lâmpadas de vapor de sódio com potências de 150W, 250W e 400W, além de braços de 3 ou 4 metros de comprimento, dependendo da largura e classificação da via.

O projeto contempla, por exemplo, ações de melhorias em trechos das vias Robert Koch, Jamil Scaff, dos Pioneiros, Carmela Dutra A e B, Anália Franco e Santos Dumont na Região Leste; Adhemar Pereira de Barros, Amintas de Barros, Waldemar Spranger, Harry Prochet e Júlio Estrela Moreira na Região Sul; Juvenal Petraroia, Mercúrio, Vinícius de Morais, Hugo Seben e Soiti Taruma na Região Oeste; Otavio Clivati (Avenida das Torres), das Nações, Tanganica, Liberdade, Sudão e Odilon Braga na Região Norte.

A previsão para execução de toda a obra é de até sete meses.

Assessoria de Imprensa da Sercomtel - (43) 3375-1114 / imprensa@sercomtel.net.br
13/07/2017 - 08:40
Imprimir Comunicar erro mais opções
Sercomtel entrega o Plano de Recuperação a Anatel

Debate já foi aberto em clima favorável ao prosseguimento da concessão

Projeções otimistas no fluxo de caixa até o ano de 2021 e ações, que vão desde a criação de mais produtos; parcerias com os próprios acionistas; prospecção de novos negócios ancorados na tecnologia da informação até cortes mais profundos nas despesas, além dos que já vem sendo implementados desde o início do ano, compõem o Plano de Recuperação Financeira da Sercomtel.

O documento contendo propostas para médio e curto prazo foi apresentado nesta quarta-feira, 12, em Brasília ao conselho da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pela comitiva composta por acionistas majoritários, representados pelo prefeito Marcelo Belinati e pelo presidente da Copel Telecom, Hadir Hannouche, e diretores da empresa londrinense. O plano foi detalhado pelo presidente da Sercomtel, Luiz Carlos Adati e pelos diretores Flávio Borsato (Engenharia e Operações) e Rosângela de Oliveira (Financeira).

O prefeito Marcelo Belinati, que liderou a comitiva, ressaltou a importância estratégica da operadora de telecomunicações para o desenvolvimento econômico de toda região. Antes da reunião, o governador Beto Richa entrou em contato com o presidente da Anatel, Juarez Quadros, para falar do compromisso do estado em apoiar a recuperação da empresa.

Uma nova reunião entre a Sercomtel, acionistas e a Anatel será realizada no segundo semestre deste ano. Entretanto, no momento, não há data confirmada para o encontro.

Entrevistas

Amanhã, 13, diretores da Sercomtel que participaram da reunião em Brasília falarão sobre o assunto à imprensa no período da tarde.

O horário das entrevistas será confirmado por esta Assessoria de Imprensa logo pela manhã.

Assessoria de Imprensa da Sercomtel - (43) 3375-1114 / imprensa@sercomtel.net.br
12/07/2017 - 16:20
Imprimir Comunicar erro mais opções
Paraná TIC reunirá experts da Tecnologia da Informação em Foz do Iguaçu

Evento pretende fortalecer no estado o setor de tecnologia da informação, que deve crescer e faturar R$ 235 bilhões no país em 2017.

Os cenários, tendências e as perspectivas de crescimento e desenvolvimento do setor de tecnologia da informação e comunicação no estado do Paraná serão abordados por especialistas nacionais e internacionais na 6ª edição do Paraná TIC, que acontece de 26 a 28 de julho em Foz do Iguaçu.
Organizado pela Assespro-PR, com apoio da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) – Brasil, FIEP, SEBRAE e Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado - SETI, o evento pretende se consolidar como grande espaço de Digital Business do Cone Sul e entre os maiores do Brasil, além de trazer novas oportunidades de negócios para o setor de TI na região.

Para ampliar a geração de negócios e atrair um número maior de profissionais do exterior, especialmente dentro da América Latina, o evento aposta na experiência de palestrantes dos EUA, Colômbia, Argentina, Paraguai e Brasil. São esperadas mil pessoas entre usuários, desenvolvedores, empresários, estudantes, pesquisadores, representantes de governos e da iniciativa privada além de entusiastas que compartilham o interesse comum na expansão do uso de softwares.

As inscrições podem ser realizadas no site http://www.paranatic.com.br

Segundo o presidente da Assespro-PR, Adriano Krzyuy, o evento será um marco para a internacionalização das empresas do Cone Sul. "O Paraná TICcumprirá um papel importante na geração de novos negócios entre empreendimentos brasileiros e latino-americanos fornecendo subsídios para que a inovação e o desenvolvimento tecnológico de ponta façam parte da rotina destas empresas", afirma Adriano.

Temáticas e Rodada de Negócios:
Entre os principais temas expostos no encontro estão tecnologias e inovação, empreendedorismo e startups, a conjuntura econômica no Brasil e o impacto no setor de tecnologia, entre outros assuntos relacionados a este mercado.

Outro destaque do Paraná TIC, a Rodada de Negócios Internacionais vai estimular os contatos com novos mercados e facilitar o intercâmbio comercial entre empresas brasileiras e estrangeiras. Realizado em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), esse evento paralelo ao PARANÁTIC pretende proporcionar um ambiente adequado para que o empresário realize novos negócios sem sair do Brasil.

Os empresários do setor também terão a oportunidade de conhecer os passos para a internacionalização de suas empresas. Haverá painéis sobre como estabelecer uma empresa nos EUA, como funcionará o novo visto americano para startup que entra em vigor em julho e as novas regras para empreendedores estrangeiros.

Hackathon Tri Nacional:
Com o foco no tema Smart Energy , a maratona de 36 horas desafiará seus participantes a desenvolver soluções inovadoras com foco no desenvolvimento sustentável global.

Promovido pela Assespro-PR e pela Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) o primeiro Hackathon Tri Nacional do Mundo tem como proposta apresentar soluções para sites, aplicativos, ferramentas e plataformas de tecnologia que possam ser úteis tanto em grandes quanto em pequenas cidades ao redor do planeta.
A ASSESPRO-PARANÁ vai premiar três ideias desenvolvidas com premiação em dinheiro, sendo R$ 3.000 para o 1º lugar, R$ 2.000 para o segundo lugar e R $ 1.000 para o terceiro lugar. Além disso, as empresas de tecnologia e negócios presentes no evento poderão eleger projetos para financiar.

"Esse é um evento importante para os jovens. Permitirá que eles participem do futuro e não apenas esperem de forma passiva que o governo proponha algo ou que a economia melhore", comenta Adriano Krzyuy.

Experts convidados:
EUA - Bill Kenney - Fundador de seis empresas e atualmente lidera duas startups: uma faz promoção de negócios (MEET) e a outra é uma plataforma de pitch (Test My Pitch). MEET especializa-se em ajudar as empresas de tecnologia de saúde e de tecnologia de capital de risco a desenvolver e implementar sua estratégia de participação em eventos. Test My Pitch é uma plataforma online que ajuda alunos, empresários e profissionais a desenvolver suas habilidades de comunicação em um ambiente seguro e colegiado.

EUA - Dr. Ron Duggins - atualmente é Professor Assistente de Inovação e Empreendedorismo no Departamento de Marketing e Gestão da Universidade de Arkansas Central. Também atua como Coach Executivo e de Empreendedorismo.
Ron tem quase 10 anos de experiência como diretor de duas incubadoras de empresas. Treinou e foi consultor de projetos no Paquistão, México, República da Geórgia, Vietnã, África do Sul, Uganda, Quênia e Brasil.
Possui B.A., M.Ed., M.B.A e Ed.D., além de graduação em Estudos Internacionais e Pós-Doutorado em Negócios Internacionais e Empreendedorismo.

EUA/BRASIL - Robert Janssen - americano de origem e criado parcialmente no Brasil, atua como mentor e investidor para empresas de tecnologia e startups. Ele lidera a aceleradora da OBr (Outsource Brazil), que atua entre o Brasil e o Vale do Silício. Hoje tem um foco especial em empresas (startups) que desenvolvem soluções globais, ajudando-as no processo de busca da maturidade necessária para conquistar novos mercados e angariar investimentos para o seu desenvolvimento empresarial. Em 2015 e 2016, foi eleito pela The Channel Company um dos 50 executivos de TI mais influentes nos Estados Unidos no segmento de empresas de médio porte.

Colômbia – David Fonseca - Vice-presidente de Desenvolvimento Global da Velocity Texas, David lidera os programas globais que visam identificar as empresas emergentes em todo o mundo, para investir nelas e assim ajudá-las no processo de abertura nos Estados Unidos. Antes de se juntar à Velocity Texas, David atuou como diretor sênior de Programas Globais da International Business Innovation Association (InBIA), que possui mais de 2.200 membros em 62 países. David já se apresentou em eventos nos EUA, Catar, Dinamarca, Rússia, México, Peru, dentre outros, e se considera um ativista do empreendedorismo.

Brasil – Claúdio Bessa - Atua na área de tecnologia da informação (TI) desde 1990. Iniciou suas atividades na área como gerente de produto e, posteriormente, participou como cofundador da empresa TOTVS desde o início de suas atividades como uma startup, ocupando diversos cargos de liderança na companhia, assim como criando diversas organizações dentro da empresa como Marketing, Canais de Distribuição, Novos Negócios, M&A entre outros, sua última função foi como International Business Officer and Business Development, até setembro de 2011, migrando para IBM após esta datacomo Head da organização de Desenvolvimento de Ecossistema e Startups para America Latina.

Outros temas em debate:
Também participam do evento Arthur Igreja (Cenário Econômico Brasileiro), Cezar Taurion (Transformação digital), Lourival Lippmann Junior (Conectividade e Energy Harvesting para IoT), Patrícia Bezerra Campos (Investimento de Fundo Europeu em empresas brasileiras), Rogério Borges Schwanck (O mercado paraguaio para o setor de TI), e Lucas Ribeiro (Tributação e Contabilidade: Riscos e Oportunidades).
28/06/2017 - 12:10
Imprimir Comunicar erro mais opções
Grupo Frezarin inaugura espaço de Coworking nesta segunda-feira



Escritório compartilhado favorece agilidade e criatividade com estrutura e serviços de ponta

Abre nesta segunda-feira, 03 de julho, o espaço de coworking Frezarin Escritórios, do Grupo Frezarin, localizado na avenida Higienópolis. O grupo, que trabalha há 11 anos com escritórios compartilhados, já hospedou mais de 500 empresas de variados portes, incluindo multinacionais, beneficiando negócios de mais de 1,5 mil profissionais.

O objetivo do novo empreendimento é contribuir com o surgimento de novas ideias em um local de trabalho confortável e moderno. O espaço oferece um ambiente corporativo focado no networking, na colaboração e humanização, proporcionando redução de custo, ganho de flexibilidade e espaço para a criatividade fluir.

O Coworking Frezarin vai disponibilizar infraestrutura completa, com internet estável, equipe de serviços para atendimento telefônico, recepção, administração de agenda, limpeza e manutenção, além de salas para realizar reuniões, auditório para organizar eventos e espaço de descompressão para tomar um café com clientes e parceiros estratégicos. Em caso de demanda, será possível ampliar o escritório para atender ao crescimento de equipes alocadas em projetos temporários.

O investimento para tornar-se um membro do Coworking Frezarin é de R$ 399,00 ao mês, válido para os primeiros 10 contratos. O espaço fica disponível para utilização de segunda a sexta-feira das 7h30 às 22 horas e aos sábados das 8 às 18 horas.

Os membros ganham ainda quatro horas de sala de reunião para seis pessoas e mais quatro horas de sala cortesia para trabalhar em 70 outros espaços de Coworking localizados nas principais cidades brasileiras como associado à ANCEV – Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais.

Evento marca abertura

O evento de inauguração do novo espaço para empreender e desenvolver novos talentos começa às 8 horas no dia 3 de julho, com café da manhã, networking e palestras rápidas sobre a Importância de Construir uma Marca com Propósito e Valor, com a jornalista, mestre em comunicação empresarial e idealizadora do prêmio TOP de Marcas Londrina, Cláudia Romariz, e Ecossistema de Inovação, com Fabricio Bianchi, do Sebrae Paraná, consultor e gestor de projetos com setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC), Ecossistema de Inovação e Startups. O evento acontece na unidade Frezarin Escritórios, na avenida Higienópolis 1601.



Assessoria de Imprensa Grupo Frezarin
CRCOM – Cláudia Romariz – 43 3322-3388
Londrina Genial
 
Durante muitos anos, Londrina foi a Capital Mundial do Café. Por tudo que vem acontecendo, pelos talentos que reúne e pela cultura e criatividade que as pessoas demonstram, pode ser agora chamada de Londrina Cidade Genial, genial em TIC. Esse novo conceito inspirou uma campanha de marketing com vistas à fixação da imagem da cidade como polo internacional de tecnologia e conhecimento.Mas o principal responsável por essa identidade é você, cidadão de Londrina.A cidade só é genial se você também é!



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
 
Hospedado pela: