Londrina Genial - Londrina Genial
15/05/2017 - 10:03
Imprimir Comunicar erro mais opções
Atos aposta em Londrina como polo de inovação e tecnologia

Com quatro anos de existência, sede no Paraná cresce para se tornar principal centro de operações do grupo na América do Sul

São Paulo, 08 de maio de 2017 – A Atos, líder internacional em serviços digitais, está transformando o site de Londrina (PR) em seu principal Centro de Inovação e Tecnologia na América do Sul.

Inaugurada em 2013 com 80 funcionários, voltados inicialmente para atividades de suporte de TI, a planta cresceu e conta hoje com 560 colaboradores, ampliando seu escopo de atuação para o desenvolvimento de produtos, soluções e plataformas, alinhadas à visão global do grupo sobre transformação digital.

Dentre as principais novidades desenvolvidas pelos especialistas da Atos em Londrina, destaca-se o Atos Connected Shopping, aplicativo de transformação do varejo que acaba de ser lançado no mercado.

O app aprimora a experiência de compra em estabelecimentos como supermercados, atacadistas e lojas de materiais de construção, por exemplo, ao eliminar a necessidade de o cliente circular pelo estabelecimento carregando os produtos em carrinhos. Com o Atos Connected Shopping basta escanear o código de barras ou QR Code com o celular, pagar no caixa e retirar o produto na saída da loja.

Outra solução inovadora "made in Londrina" é o Auro, software de automação que utiliza a tecnologia de computação cognitiva para sistematizar a coleta de dados em documentos de texto e tabelas, por exemplo, eliminando a necessidade de digitação manual de informações.

O objetivo da aplicação, que já está disponível, é reduzir custos e erros com processos burocráticos, promover ganho de tempo e otimizar a mão de obra, permitindo que o capital humano das empresas seja direcionado para atividades de maior valor.

"Os ótimos resultados obtidos em um espaço de apenas quatro anos reforçam nossa convicção sobre o acerto da escolha por Londrina. Vamos continuar investindo na formação e desenvolvimento de nossos profissionais para continuar crescendo aqui", comenta Yves Guillaumot, CEO da Atos América do Sul.

Desenvolvimento da região

A escolha de Londrina para sediar o Centro de Inovação e Tecnologia da Atos levou em consideração a localização geográfica e o potencial econômico e de recursos humanos da região.

Desde sua chegada a Londrina, a Atos tem promovido parcerias com universidades e outras instituições de ensino da região, como Unifil, Unopar, UEL e Senai, para promover a formação de profissionais especialistas em tecnologia. Desde 2014, a empresa é conveniada ao Pronatec, programa do governo federal voltado ao ensino técnico.

As ações de treinamento e desenvolvimento para os colaboradores da sede de Londrina também já começam a se refletir na primeira geração de profissionais formados localmente que se tornaram gestores.

Jogos Olímpicos

Outro ponto alto da operação da Atos em Londrina ocorreu durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. Pela primeira vez na história das Olimpíadas, parte da operação de TI foi realizada fora da cidade sede.

A atuação do time de Londrina, que contou com a contratação de 70 novos profissionais, recebeu diversas notas máximas em pesquisas de satisfação do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) durante o período de competições.

Essa experiência é a base para o próximo passo da transformação digital dos Jogos, que ocorrerá em 2018, em Pyeongchang, Coreia do Sul. De forma inédita, toda a operação de tecnologia da próxima Olimpíada de inverno será realizada de forma remota, a partir de um centro de operações na Espanha.

Sobre a Atos
A Atos SE (Societas Europaea) é uma empresa líder em serviços digitais com receita anual pro forma de € 12 bilhões em 2015 e cerca de 100.000 funcionários em 72 países. Atendendo a uma base de clientes mundial, o Grupo presta serviços de Consultoria e Integração de Sistemas, Serviços Gerenciados e Terceirização de Processos de Negócios, Operações de Nuvem e soluções em Big Data e Segurança Cibernética, além de serviços transacionais por meio da Worldline, líder europeia no setor de pagamentos e serviços transacionais. Com sua grande expertise em tecnologia e profundo conhecimento do setor, o Grupo trabalha com clientes de diversos segmentos do mercado: Defesa, Serviços Financeiros, Saúde, Manufatura, Mídia, Serviços Públicos, Setor Público, Varejo, Telecomunicações e Transporte. A Atos foca nas tecnologias de negócios que impulsionam o progresso e ajudam as organizações a criar o futuro de sua empresa. O Grupo é Parceiro Mundial de Tecnologia da Informação para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos e cotado no mercadoEuronext de Paris. A Atos opera sob as marcas Atos, Atos Consulting, Atos Worldgrid, Bull, Canopy, Unify e Worldline.

Para mais informações, visite: atos.net
05/05/2017 - 10:44
Imprimir Comunicar erro mais opções
Sercomtel Iluminação realiza manutenção em 56 praças e superpostes

Em abril, a Sercomtel Iluminação fez manutenções em 56 praças e superpostes. De acordo com o presidente da Sercomtel Iluminação, Hans Muller, este trabalho representa o esforço de toda equipe, que tem se empenhado para realizar a maior quantidade possível de manutenções em menos tempo. "Além das praças, também foram realizadas manutenções no Zerão, Bosque interno e externo e Concha acústica, só para citar algumas. Apesar do furto dos cabos e danos à infraestrutura, a equipe conseguiu concluir em pouco tempo", avalia.

Praça Tomi Nakagawa

Um ótimo exemplo do trabalho realizado é a Praça Tomi Nakagawa. Entre os dias 22 de abril e 3 de maio, a Sercomtel Iluminação realizou a manutenção em todas as luminárias da praça. Em oito dias de trabalho intenso, a equipe de iluminação ornamental revisou emendas, circuitos, identificou curtos e circuitos no painel elétrico, corrigiu o projeto, adequou o acionamento por relé temporizador (sensor) para diminuir a corrente de partida com acionamento gradativo, fez a manutenção na iluminação viária, além da divisão de circuitos e adequação de disjuntores.

A manutenção detalhada exigiu a substituição de uma grande quantidade de materiais, como cabos de cobre, conectores, reatores, rele fotoelétrico e temporizador, disjuntores termomagnéticos, além das lâmpadas de vapor de sódio.

De acordo com o Coordenador de Operações, Helder Cavalcante, a realização deste trabalho completo de manutenção ocorreu "porque a praça estava superdimensionada. Ela virou alvo de vandalismos e a implantação elétrica, as emendas, assim como a distribuição elétrica, estavam incorretas. Também havia problemas com acionamento, relés fotoelétricos mal dimensionados e muitos curtos-circuitos devido a degradação dos cabos", explica.


Assessoria de Imprensa - Sercomtel
(43) 3375-1114
03/05/2017 - 09:47
Imprimir Comunicar erro mais opções
Equipe do Grupo Frezarin de Londrina vence Hackathon para o mercado de eventos em São Paulo



Realizado em São Paulo, o Hackathon do Fórum Eventos 2017 foi coordenado pela MPI – Meeting Professionals International e teve a participação de seis equipes que receberam o desafio de desenvolver, em 24 horas soluções em tecnologias para o setor de eventos.

Eduardo Frezarin, Gustavo Cavalcante, Guilherme Silva e Giovana Brianti, profissionais do Grupo Frezarin, junto com Marcele Rocha, especialista paulistana em marketing, eventos e inovação, venceram a primeira edição do Hackathon Fórum Eventos 2017.

Hackathons são maratonas, que reúnem empreendedores, desenvolvedores, designers, administradores, profissionais de marketing, que a partir de um desafio proposto por sua organização, trabalham para desenvolver soluções que serão analisados por um júri, e pela primeira vez, um Hackathon brasileiro teve membros internacionais em sua banca de jurados. Este tipo de encontro é uma grande oportunidade de valorizar talentos e gerar propostas inovadoras.

O Júri Técnico foi presidido pelo Rodrigo Cordeiro, presidente do Chapter Brazil da MPI e diretor do MCI Group; Sergio Medida Pasqualin, presidente da Academia Brasileira de Eventos e Turismo; Paulo Renato Fonseca, presidente do Espirito do Santo CVB, João Mario Mattos, da D’Mattos Live Marketing, Ana Luiza Diniz Cintra, diretora do Centro de Convenções Rebouças e os norte-americanos Dahlia El Gazzar da University of Massachusetts, Amherst e David Dubois President and CEO, International Association of Exhibitions and Events.

A equipe optou por integrar a realidade aumentada e a gamificação em uma plataforma digital (web e mobile), a fim de aumentar a interatividade e o engajamento dos participantes, agregando valor aos patrocinadores e organizadores de eventos corporativos e científicos de forma inovadora. Assim, surgiu o produto GameForE, que oferece uma experiência diferenciada ao público de eventos.

"Foi um grande reconhecimento ter vencido esse desafio, concorremos com outros grandes projetos elaborados por excelentes profissionais", conta Eduardo Frezarin, gerente de negócios do grupo. "Foi realmente muito emocionante, e o mais gratificante, após a apresentação, foi sermos procurados por várias pessoas interessadas em nossa ideia, o que nos mostra a aprovação do público, viabilizando a implementação do produto e gerando novos negócios", complementa Marcele Rocha, especialista em marketing e eventos, colaboradora do projeto.

O projeto continua em desenvolvimento, e a implementação do piloto está prevista para julho de 2017 durante o Latin America Meetings & Events Conference – LAMEC, em São Paulo.
05/04/2017 - 14:26
Imprimir Comunicar erro mais opções
Sercomtel é primeiro lugar no Paraná em três serviços do ranking de satisfação geral dos consumidores



Na última sexta-feira, 31 de março, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou os resultados da Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida 2016. No Paraná, a Sercomtel Telecomunicações se destacou no Ranking de Satisfação Geral como a operadora mais bem avaliada pelos consumidores em Telefonia Fixa, Telefonia Móvel Pré-paga e Banda Larga Fixa.

Segundo a análise da Agência, de modo geral, em comparação a 2015 houve elevação das notas dos serviços móveis Pós e Pré-pago, leve queda nas notas da Telefonia Fixa, de TV por Assinatura e das notas da Banda Larga Fixa e melhora nos aspectos avaliados negativamente, como o Atendimento Telefônico e a Capacidade de Resolução.

A pesquisa

De acordo com a Anatel, em 2016 foram realizadas pesquisas que medem simultaneamente a satisfação e a qualidade percebida pelos consumidores dos serviços de telecomunicações. Além dos serviços já citados, os consumidores também avaliaram a Telefonia Móvel Pós-paga e a Televisão por Assinatura.

A pesquisa é aplicada em todo o território nacional conforme a Resolução nº 654/2015, que aprova o Regulamento das Condições de Aferição do Grau de Satisfação e da Qualidade Percebida junto aos Usuários de Serviços de Telecomunicações.

A empresa pesquisadora (TN Brasil) recebeu da Anatel os lotes com (s) telefone(s) de contato(s) e nome do titular do serviço das amostras sorteadas aleatoriamente e entrevistou os consumidores com idade mínima de 18 anos por meio da metodologia CATI (Computer Assisted Telephone Interviewing), aplicada por telefone e assistida por computador.

Os questionários aplicados registraram a avaliação do conjunto de oito atributos: Satisfação geral; Canais de Atendimento; Oferta e Contratação; Funcionamento; Cobrança; Recarga; Capacidade de resolução; e Reparo e instalação. Cada pergunta permitiu ao entrevistado uma resposta com escala de 0 (zero) até 10 (dez), em que 0 significa a avaliação mínima do atributo e 10 a avaliação máxima.

Obs: Seguem as artes em anexo que ilustram o desempenho da Sercomtel

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa - Sercomtel

(43) 3375-1114
05/04/2017 - 00:00
Imprimir Comunicar erro mais opções
Startups de Londrina carimbam passaporte para o InovAtiva Brasil

Selecionadas participam de um programa de cinco meses de mentoria e conexão com investidores e clientes

Cinco startups de Londrina foram selecionadas pelo InovAtiva Brasil, o maior e mais abrangente programa de aceleração de startups do País. São elas: Biodrop, Ecocycle, Rhizotech, Sigma e Termoplex. No total, foram selecionadas 300 startups em todo o Brasil, sendo que 25 são paranaenses. Em 2017 o Programa bateu recorde de inscrições: 1.372 startups.

Criado em 2013 pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e Sebrae, o InovAtiva Brasil é um programa que auxilia e orienta empreendedores iniciantes com uma boa tecnologia, mas pouco conhecimento de negócio, oferecendo capacitação e mentoria para o estabelecimento de negócios inovadores. Além disso, as empresas que concluem o Ciclo de Aceleração recebem benefícios permanentes, como pontuação extra no Edital SENAI/SESI de Inovação e nas Chamadas públicas MEC/CNPq, que dão recursos em subvenção para desenvolvimento de produtos por empresas; acesso facilitado à linha de financiamento BNDES MPME Inovadora; participação em programas de internacionalização; e 14 vagas para startups com aplicativos móveis no FbStart, do Facebook.

De acordo com Fabrício Bianchi, consultor do Sebrae/PR em Londrina, quatro empresas que foram selecionadas no InovAtiva Brasil são atendidas pelo programa de startups do Sebrae/PR em Londrina. "O resultado demonstra que estamos no caminho certo e que as startups que são acompanhadas e que participam das ações do Sebrae/PR estão conseguindo buscar alternativas para viabilizar o negócio. Um dos objetivos de nosso projeto é dar suporte para as startups para que elas possam de desenvolver e se destacar, como aconteceu na seleção do InovAtiva Brasil. Será uma experiência fantástica. As selecionadas vão passar por capacitação em empreendedorismo inovador, mentorias individuais com executivos e investidores experientes por até cinco meses. Além disso, estarão conectadas com potenciais investidores, clientes e parceiros", diz.

Para Walter Meier, um dos idealizadores do Sigma, sistema que permite que o agricultor faça uma análise eficiente do custo operacional das máquinas, acredita que as mentorias oferecidas durante o InovAtiva Brasil serão fundamentais para o desempenho do negócio. "Vão nos ajudar a alinhar o projeto às melhores práticas de mercado e maximizar as chances de sucesso", avalia.



Sobre o Sebrae/PR



O Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é, para quem já é ou quer ser empresário, a melhor opção para obter informação e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae é a instituição que mais entende de pequenos negócios, no campo e na cidade, e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com 6 regionais e 13 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas, soluções com foco em ambiente de negócios; educação empreendedora; empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; liderança; e startups.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa Sebrae/PR - Regional Norte: Giovana Chiquim
(43) 999135-3040/ (43) 98808-2598/ (43) 3344-3403 jornalismolondrina@savannah.com.br
Coordenação Savannah: Jaqueline Gluck (41) 3035-5669 | 99602-7541
Adriano Oltramari – Jornalista do Sebrae/PR – (41) 3330-5895
Londrina Genial
 
Durante muitos anos, Londrina foi a Capital Mundial do Café. Por tudo que vem acontecendo, pelos talentos que reúne e pela cultura e criatividade que as pessoas demonstram, pode ser agora chamada de Londrina Cidade Genial, genial em TIC. Esse novo conceito inspirou uma campanha de marketing com vistas à fixação da imagem da cidade como polo internacional de tecnologia e conhecimento.Mas o principal responsável por essa identidade é você, cidadão de Londrina.A cidade só é genial se você também é!



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
 
Hospedado pela: