Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017
12/01/2007 08:44
Pinhais

Morre, vítima de Aids, o assaltante Marcelo Borelli

Morreu, na quinta-feira (11), no Complexo Médico Penal (CMP) de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, o assaltante paranaense Marcelo Moacir Borelli, de 39 anos. Ele morreu em conseqüência de Aids, cujo vírus contraiu em 2001 em uma prisão de Campo Grande (MS).

Borelli recusava-se a receber tratamento e passava a maior parte do tempo deitado. O assaltante chegou a ficar detido por quase um ano na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL). No CMP estava desde dezembro do ano passado.

Segundo informações do "Jornal do Estado", o corpo de Borelli "foi encaminhado para o Instituto Médico Legal da Capital, e ainda na noite de ontem [quinta-feira] seria transladado para Cornélio Procópio, no Norte do Estado, sua cidade de origem, e onde reside parte da sua família, e onde o corpo seria velado na Capela Municipal". O sepultamento deve ocorrer na manhã desta sexta-feira (12).


Marcelo Borelli ficou conhecido como assaltante de aviões - teria roubado 61 kg de ouro de um avião em Brasília (DF) em julho de 2000 e um mês depois sequestrado outro em Foz do Iguaçu, roubando malotes bancários com cerca de R$ 5,5 milhões. Ele também foi condenado a 22 anos de prisão por agredir uma menina de três anos. O crime, gravado em vídeo, chocou o país e foi divulgado em outubro de 2000. Por todos estes crimes, Borelli havia sido condenado a quase 60 anos de prisão.
Redação - Bonde
PUBLICIDADE
comentários
Abaixo, usuários do Facebook que interagiram com as notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 20/02/2017 22:15
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
Hospedado pela: