25/09/17
31º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
12/09/2013 10:52
Briga motivou dois crimes

Tio era alvo de atiradores que mataram menina de 3 anos

A menina Gabriela, de três anos de idade, assassinada com um tiro na cabeça na noite de terça-feira (10), em Cascavel, não era o alvo dos atiradores. Segundo informações da Polícia Civil, o atirador queria, na verdade, atingir Josnei, tio da menina.

A polícia acredita ainda, que a morte de Gabriela pode ter ligação com uma outra tentativa de homicídio, que ocorreu na segunda-feira (9), no bairro Brasmadeira. Isso porque momentos antes de atirar e atingir Gabriela, o atirador realizou disparos contra a casa de um outro homem, Luiz Felipe de Oliveira Silva, de 18 anos, autor do primeiro crime.

Luiz Felipe está preso no Setor de Carceragem da 15ª Subdivisão Policial de Cascavel. Segundo a polícia, ele se apresentou espontaneamente na terça-feira (10) e confessou ser o autor do crime ocorrido em Brasmadeira. Na ocasião, ele disse que havia perdido a arma utilizada no crime e acabou sendo liberado.


Porém, quando a casa do rapaz foi alvejada, momentos antes de Gabriela ser baleada, a polícia foi até o local, encontrou o jovem armado e ele foi detido. Segundo Luiz Felipe, tudo começou em uma confusão no último domingo (8), no autódromo de Cascavel. Josnei, alvo dos atiradores que mataram Gabriela, era amigo de Luiz Felipe e também estava envolvido na briga no autódromo.

A Delegacia de Homicídios de Cascavel tenta agora identificar os autores do assassinato.
Redação Bonde com Polícia Civil
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
6
Continue Lendo
PUBLICIDADE