Segunda-feira, 26 de Junho de 2017
29/03/2011 12:23
Declarações polêmicas

Deputado dá show de preconceito em entrevista ao CQC

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) causou polêmica em entrevista ao programa CQC, da Bandeirantes, na noite de segunda-feira (28).

Entre outras declarações, Bolsonaro disse torturaria o próprio filho caso o pegasse fumando maconha. Quando perguntado o que faria com um filho gay, respondeu que foi "um pai presente" e "não corre este risco".

Em um preconceito declarado, foi questionado sobre as cotas raciais e disse que não entraria em um avião pilotado por cotista ou seria operado por um médico cotista.


A cantora Preta Gil também participou do quadro e perguntou o que Bolsonaro faria caso seu filho se apaixonasse por uma negra. "Ô Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco. Meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como, lamentavelmente, é o teu", respondeu.


Redação Bonde
comentários
Abaixo, usuários do Facebook que interagiram com as notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 26/06/2017 19:15
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
Hospedado pela: