25/09/17
31º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
16/05/2017 15:23
Dicas profissionais

Como planejar e organizar seu home office?

Trabalhar no conforto do lar já é uma realidade para 12 milhões de brasileiros, segundo estimativa da Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Telatividades (Sobratt). Entre as facilidades, o trabalhador economiza tempo no trânsito, fica mais perto da família e acaba tendo um dia a dia mais féxivel. Porém, também acaba ficando difícil separar a vida profissional e pessoal.

Segundo as arquitetas Priscila Gouveia e Marília Villar, da Prima Projetos, a recomendação principal para facilitar a vida do profissional é reservar um espaço na casa só para ser o escritório de trabalho, por menor que seja. Caso haja disponibilidade de um cômodo só para o home office, ótimo! Mas, mesmo nos apartamentos menores, é possível fazer adaptações.

"Entre as dicas, na hora de escolher os móveis, opte pelos ergonomicamente confortáveis. Como o profissional vai passar a maior parte nesse ambiente, é importante escolher cadeiras ajustáveis", sugere Marília. Para a arquiteta, a iluminação é outro ponto que merece atenção, pois lugares com iluminação amarelada tendem a deixar a pessoa mais relaxada e sonolenta.


"No espaço dedicado ao trabalho, recomendamos luz mais branca, pois ela estimula a produtividade. E caso o home office fique perto de uma janela, pode deixar a luz do sol entrar. Entre outros benefícios, ajuda deixar a pessoa mais alerta". Caso a iluminação não seja suficiente no ambiente, uma opção é usar luminárias de piso e de mesa. Sobre as mesas, elas são essenciais para a maioria das atividades, mas podem acabar pesando no bolso.

Assim, a arquiteta Priscila Gouveia sugere a substituição por tampos de madeira ou vidro e cavaletes, que até dão um charme a mais no ambiente. "Nos espaços pequenos, as bancadas também são úteis, mas elas devem ter o mínimo de 45cm de extensão". Outra dica para otimizar o espaço é usar gaveteiros, que ainda vão ajudar a manter a organização de documentos e materiais de trabalho. Pode-se investir num layout vertical, colocando prateleiras e nichos, que também serve para decoração, e armários altos acima da mesa de trabalho.

Já para identificar a área de trabalho, pintar a parede é uma maneira simples e funcional de delimitar o espaço. "Além disso, as cores também estão diretamente relacionadas como sentimos o ambiente. Cores quentes dão vida e luminosidade são indicadas para lugares que precisam de muita concentração, mas em excesso podem deixar o ambiente angustiante e cansativo, já os tons frios podem traduzir mais calma e seriedade, podem também estar relacionado a criatividade", explica a arquiteta.
Redação Bonde com Assessoria de imprensa
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
6
Continue Lendo
PUBLICIDADE