16/12/17
33º/21ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Dicas profissionais

Dez sugestões práticas para deixar o quarto das crianças organizado e seguro

Evitar estantes altas com prateleiras paralelas, preferir cortinas de tecido às persianas e optar por móveis com cores neutras estão entre os cuidados

A infância é um período de descobertas e conhecimento dos cinco sentidos. Nessa fase, a primeira experiência que temos depois da visual é a tátil, e muita coisa deve ser levada em conta na hora de decorar o quarto das crianças. Apostar em texturas e cores vibrantes no mobiliário, na parede, nas almofadas, nas roupas de cama e nos tapetes encantam os pequenos e caracteriza o ambiente", diz Mariana Siriani, designer de interiores da MyDecor.

Reprodução
Reprodução


É necessário ter em mente que alguns cuidados, principalmente relacionadas à segurança e à praticidade, devem ser priorizados. Conheça, agora, dez soluções para planejar e decorar quartos infantis, de acordo com a designer de interiores.


1. É indispensável planejar minuciosamente o ambiente e aproveitá-lo o máximo possível, evitando móveis e peças de decoração desnecessários. Sendo assim, pequenos acidentes com quinas são evitados, além de facilitar a disposição do mobiliário. "Lembre-se de que crianças adoram correr e pular, portanto o espaço de circulação precisa ser bastante confortável", alerta Mariana.

2. Cuidado ao escolher estantes altas com prateleiras paralelas. Naturalmente curiosas, as crianças não hesitarão em transformar o móvel em "escada", o que pode provocar quedas.

Reprodução
Reprodução


3. Baú e armários baixos ajudam a esconder a "bagunça" das brincadeiras e facilita o acesso das crianças aos brinquedos, tanto na hora de brincar quanto no momento de guardá-los.

4. Nichos são ótimos para a decoração e para a organização de livros e brinquedos decorativos.

5. Móveis de cores vibrantes fazem a alegria da garotada, mas se já houver a possibilidade de futuras modificações, é melhor escolher o mobiliário em cores neutras. "Em relação aos armários, dê preferência às prateleiras, pois as roupas são pequenas e não ocupam tanto espaço. Além disso, a organização fica mais fácil", explica Mariana Siriani, da MyDecor.

Reprodução
Reprodução


6. Papel de parede é a melhor sugestão para personalizar o ambiente, e há ainda a possibilidade de trocá-lo sem dificuldade. Os estampados são os mais indicados. Se escolher um padrão listrado, não exagere no visual. As listras mais intensas "cansam" com o tempo e podem deixar os baixinhos agitados.

7. Se a criança já deixou o berço, a cama de solteiro é bem-vinda aos quartos infantis. Apenas preste atenção à altura, por questão de segurança.

Reprodução
Reprodução


8. Evite persianas, já que seus mecanismos podem causar pequenos acidentes. Prefira cortinas de tecido.

9. Adesivos são ótimos para descontrair e decorar os espaços, principalmente se você utilizar cores vibrantes em detalhes. "Além disso, eles dispensam a pintura das paredes com cores mais marcantes", afirma Mariana.

Reprodução
Reprodução


10. As tintas laváveis são as mais indicadas para a limpeza limpeza diária do quarto. Já a tinta lousa é uma opção excelente se você deseja transformar uma das paredes em um grande mural.
Redação Bonde
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
6
Continue Lendo
PUBLICIDADE