Quinta-feira, 23 de Março de 2017
08/05/2008 14:54

História dos super-heróis

''A Era de Bronze dos Super-Heróis'' conta a evolução nas revistas do poderosos seres de colantes multicoloridos

Curitiba - Já parou para se perguntar o que é a Era de Ouro, de Prata ou de Bronze dos quadrinhos, que os críticos insistem tanto em citar? Bem, a resposta está em ''A Era de Bronze dos Super-Heróis'', em que o jornalista Roberto Guedes esclarece esse capítulo da história da nona arte, que movimentou o mercado nas décadas de 70 e 80. A edição, bem didática e ilustrada, sai pela HQM Editora, que também lança Quadrinhofilia, Senninha e o retorno de Leão Negro.

É comum historiadores pontuarem eventos por datas ou eventos que iniciaram ou encerraram tendências e períodos específicos, seja do mundo, do cinema, do teatro, da literatura ou dos quadrinhos. A leitura linear de acontecimentos facilita a explicação e a reunião de fatos que fizeram parte do que hoje podemos chamar de nona arte.

Guedes usa de pontos já estabelecidos pela crítica mundial e reúne capas e ilustrações de material raro, entrevistas de gente como Stan Lee, Frank Miller, Roy Thomas, Chris Claremont, Tom DeFalco, John Romita, Neal Adams, George Pérez, Julius Schwartz, John Byrne, Marv Wolfman, entre outras mentes criativas que moldaram os quadrinhos de super-heróis.


A edição mostra ao leitor momentos importantes, como a chegada de fãs às equipes criativas dos títulos, o nascimento do Mercado Direto, a influência da cultura popular, a estréia de Conan e da série Crise nas Infinitas Terras, entre outros.

Tudo está bem explicadinho e dividido de forma muito fácil de compreender. A apresentação deixa um pouco a desejar, com um design pouco atraente para os leitores da nova geração, no entanto, o conteúdo é o que interessa. Afinal de contas, é com esse tipo de publicação que os quadrinhos deixam de ser, a cada dia, ''coisa de criança'' para se tornar, arte, linguagem e mídia. E, claro, história.



QUADRINHOFILIA

O primeiro álbum do curitibano José Aguiar pela HQ Maniacs é uma espécie de ''cartão de visitas'' do quadrinhista aos novos leitores, como também uma releitura de seus melhores trabalhos. O material apresenta sua grande versatilidade, em 14 histórias de estilos diversos, produzidas nos últimos anos e reunidas aqui em um volume só.

O material deste álbum já ganha o leitor logo pela proposta inicial: como os quadrinhos aqui reunidos foram produzidos de forma despretensiosa, muitos ainda em tempos de publicação fora do grande circuito, é possível reconhecer uma forma mais intuitiva e caótica no processo de criação de Aguiar, como na adaptação de ''O Gabinete do Doutor Caligari''.

Aguiar, que nos últimos anos viajou duas vezes para a Europa para aprimorar-se, continua brincando com estilos e procurando a melhor forma de definir o seu. Será seu melhor momento nas histórias noir de boxe de Ernie Adams? Ou no cartunesco Folheteen? Talvez as duas, o importante é saber que todo o material de Quadrinhofilia é de qualidade e que o autor ainda tem muito a oferecer, com traços e tramas em constante evolução. Basta dar uma olhadinha em como o artista domina a narrativa em ''Baile de Salão'' e concluir o óbvio.



SENNINHA

Depois de um longo jejum fora das bancas, o público infantil poderá ler novamente as aventuras do personagem baseado no piloto Ayrton Senna, que morreu em 1994. ''Senninha e sua Turma Especial: Ayrton Senna - Um Herói Brasileiro'', reapresenta o tricampeão mundial de Fórmula 1 para a nova geração e oferece uma opção a mais para os leitores mirins.

A idéia da HQM é estar com Senninha todos os meses nas bancas, com uma revista de 32 páginas com histórias, jogos e passatempos, em produção viabilizada a partir da parceria com o Instituto Ayrton Senna.

''Senninha e sua Turma Especial: Ayrton Senna - Um Herói Brasileiro'' apresenta os personagens para a criançada: Neco, Braço Duro, Marcha Lenta, Pé de Breque, Gabi, Déia, Rebimboca, entre outros. O estilo é o consagrado por Maurício de Sousa e a história desta edição reconta a história de Ayrton Senna quando Senninha precisa contar a trajetória do piloto brasileiro.



LEÃO NEGRO

O carismático personagem que no final dos anos 80 conquistou os leitores do periódico O Globo está de volta. Othan, mais conhecido como Leão Negro, uniu o que de melhor as pessoas gostavam de Conan -como as belas mulheres, a violência e o visual sedutor- para se tornar um novo clássico.

Leão Negro, ambientando em um mundo medieval habitado por felinos guerreiros, conta a história do anti-herói mercenário Othan. A HQM Editora pretende recuperar as saudosas aventuras na Série Origens, com cinco álbuns, e a Nova Série, com a nova geração de personagens, em três edições inéditas. A primeira delas já foi lançada com o subtítulo ''Pepah'', filha bastarda de Othan com a pantera negra Pantah. A história mostra a convergência da jovem pastora em uma guerreira, que decide seguir os passos do pai.

O roteiro de Cynthia Carvalho segue a fórmula de sexo e violência das aventuras anteriores e atualiza as aventuras com traços adequados de André Mendes e Danusko Campos, que conseguem exibir com facilidade as nuances de cada felino. O ponto negativo ficou por conta da decisão de utilizar um efeito com tons de cinza na arte-final: se por um lado essa técnica valoriza o volume quando a cor é aplicada, por outro ela ''borra'' e confunde um pouco no preto-e-branco.


Serviço - ''Heróis da Era de Bronze'' tem 240 páginas no formato 21 x 28 cm e custa 39,90.
''Senninha e sua Turma Especial: Ayrton Senna um Herói Brasileiro'' sai no formato 20,5 x 27,5 cm, com 60 páginas, a R$ 14,90.
''Leão Negro - Volume 1: Pepah'' tem formato 21 x 28 cm, com 56 páginas, a R$ 19,90.
''Quadrinhofilia'' tem 96 páginas no formato 16,5 x 24 cm, a R$ 29,90.

O material citado acima pode ser encomendado em Curitiba na Itiban Comic Shop: Av. Silva Jardim, 845. Fone: (41) 3232-5367.



RPG EM CURITIBA

No dia 17 de maio (sábado), acontece no Memorial de Curitiba -no Largo da Ordem- o Dia D RPG, das 10 às 22 horas.

O evento, que acontece pela segunda vez no mesmo local, terá como atrações as primeiras partidas de D&D 4ª edição no Brasil; Gurps 4ª Edição e Novo Mundo das Trevas; campeonatos de D&D Minis, Magic, Yu-Gi-Oh e Pokemon; live-action de Vampiro; vídeoconferência internacional com o pessoal da White Wolf (editora do Mundo das Trevas); e sorteio de brinde aos participantes, entre outras coisas.

Para mais informações, basta acessar www.diadrpg.com.br ou ligar na Itiban Comic Shop, no telefone (41) 3232-5367.
Quem escreve esta coluna?
Claudio Yuge
Claudio Yuge, 29 anos, é jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e trabalha na editoria cultural da Folha de Londrina em Curitiba. Foi secretário da Gibiteca de Londrina e escreve e desenha a série em quadrinhos Tipos há mais de dez anos.
Fale com o colunista
comentários
Abaixo, usuários do Facebook que interagiram com as notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 23/03/2017 18:15
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
Hospedado pela: