18/08/17
25º/15ºLONDRINA
12/08/2017 12:43
É neste sábado!

'Feirão da Resistência' oferece produtos sem agrotóxicos vindos da agricultura familiar

Produtores rurais ligados ao Movimentos dos Trabalhadores Sem Terra (MST) oferecem, até as 17h deste sábado (12), a oportunidade de adquirir frutas, verduras e legumes cultivados sem a utilização de agrotóxicos, no segundo Feirão da Resistência e da Reforma Agrária, promovido na sede do Movimento dos Artistas de Rua de Londrina (Marl).

Laisa Oliveira/Arquivo Pessoal
Laisa Oliveira/Arquivo Pessoal


A feira ocorre paralela à 5ª Mostra dos Artistas de Rua de Londrina, com atividades e workshops oferecidos na avenida Duque de Caxias, entre a avenida Celso Garcia Cid e rua Pará - o Canto do Marl.


Além dos assentamentos e acampamentos do MST, também há produtos cultivados e manufaturados por indígenas e em ocupações urbanas, como o Flores do Campo. São alimentos vindos da agroecologia e da agricultura familiar, numa proposta diferente à do agronegócio, que produz em larga escala, com a utilização de produtos químicos.

Laisa Oliveira/Arquivo Pessoal
Laisa Oliveira/Arquivo Pessoal


Segundo a coordenadora do MST Ceres Hadich, a realização do feirão no prédio do Marl é significativa por ser um local que representa a resistência cultural em Londrina. "Tanto para os artistas de rua quanto para o MST, o termo 'resistência' é muito simbólica por representar não apenas a resistência ao sistema que nos oprime, mas também pela construção e apresentação de possibilidades sociais diferentes do que nos é proposto até o momento", explica.

Embora o Feirão da Resistência termine às 17h, ainda haverá atividades culturais e sociais até as 22h deste sábado. A entrada é gratuita.

Confira o que ainda tem:

13h - Fugitivos da Cuica
14h - Cabaré de Palhaços
15h30 – Aguaceiro com Vanessa Nakadomari (Cia Boi Voador)
20h- One Mau Band (Maurício Werner)
21h - CMD e Vomithorama
Luís Fernando Wiltemburg - Redação Bonde
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
Hospedado pela: