19/10/17
30º/20ºLONDRINA
PUBLICIDADE
09/05/2014 12:51
Insatisfeitas

Um terço das mulheres rejeita o próprio reflexo no espelho

O vídeo Espelhos convida as mulheres a recuperar o entusiasmo de ver a sua imagem refletida

Muitas mulheres têm uma relação complexa com o espelho, pois estão insatisfeitas com o que veem. Em vez de focar nos aspectos negativos, elas deveriam olhar para si e encarar o reflexo como uma oportunidade de reconhecer a própria beleza. De acordo com uma nova pesquisa realizada pela marca Dove, uma em cada três mulheres se sente ansiosa e quase nunca sorri para si mesma ao olhar para o espelho e ver sua imagem refletida.

Para mostrar às mulheres que a beleza deve ser uma fonte de confiança e não de ansiedade, a marca produziu o vídeo Espelhos, que mostra a reação das mulheres quando veem seus próprios reflexos, em contraste com a reação de meninas quando se enxergam refletidas. No filme, as mulheres não gostam de ver as próprias imagens, enquanto as crianças adoram se olhar. A ideia é encorajar as mulheres a sorrir quando olham no espelho.

Reprodução
Reprodução


"A mulher tende a ser muito autocrítica ao se olhar no espelho e isso, em geral, afeta sua confiança pessoal e felicidade com relação à beleza", diz Denise Door, gerente de marketing de Dove.

Ansiedade sobre a beleza

Quando se olham no espelho, 60% das mulheres não veem apenas a aparência, mas também as emoções refletidas, o que está enraizado na ansiedade. Segundo o estudo de Dove, uma em cada três escolhe um adjetivo negativo para se descrever. Para a Marca, encorajar mulheres a desenvolver um relacionamento positivo com a beleza - o que muitas vezes começa com o simples fato de gostar do seu próprio reflexo - pode ajudar a elevar a autoestima.

Meninas "refletem" o comportamento de suas mães

Ainda segundo o estudo, é importante que as mães reconheçam a própria beleza, pois as filhas sempre são influenciadas pelos exemplos positivos – especialmente se os temas são beleza, confiança e autoestima.

Dove convida as mulheres a recuperar a alegria ao ver o próprio reflexo no espelho e transmitir esse sentimento para as próximas gerações. Com o programa de autoestima, a marca já alcançou 12 milhões de jovens e estabeleceu uma meta de multiplicar a mensagem para 15 milhões até o final de 2015.

Quanto mais olha, menos gosta

As mulheres se olham no espelho mais de seis vezes ao dia, totalizando uma média de 50 minutos, durante um período de 24 horas.Um quinto das mulheres diz que nunca foram felizes com o próprio reflexo, citando o espelho como seu crítico mais cruel. Apesar de não gostar do que veem, elas se tornam ainda mais ansiosas e querem se olhar cada vez mais – sempre que há uma oportunidade. Nos espelhos do carro (50%), em vitrines (48%) e em elevadores (44%).


Redação Bonde
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
6
Continue Lendo
PUBLICIDADE