17/12/17
33º/21ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Mudando a aparência

Lentes de contato para os dentes podem durar até 15 anos

Até mesmo os menos vaidosos sonham em ter um sorriso harmonioso e branquinho. Uma das mais novas soluções para quem deseja dentes perfeitos são as lentes de contato dentais: facetas finíssimas de porcelana, com espessura que varia entre 0,3 mm a 0,8 mm e são aplicadas sobre a superfície do dente. Esses laminados cerâmicos são a mais forte tendência da odontologia estética e são indicadas para adultos que possuem dentes espaçados, pequeno desalinhamento, para quem quer encobrir manchas leves, pequenas fraturas dentais ou quem deseja padronização de cor e formato dos dentes.

Por ser um indolor e proporcionar um sorriso bonito com aparência natural em pouquíssimo tempo, as lentes de contato têm atraído cada vez mais adeptos, inclusive os famosos. Os sites que cobrem a rotina dos famosos dão notícias de que personalidades como Neymar Junior, George Clooney, Tom Cruise, Catherine Zeta-Jones, Ingrid Guimarães e Glória Pires são adeptos da tecnologia. Segundo a Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, nos últimos 10 anos, houve um aumento de cerca de 300% na procura pelo tratamento.

Aplicação

O primeiro passo é procurar um profissional especializado para fazer uma avaliação. Para realização do procedimento, os dentistas realizam um desgaste mínimo nos dentes do paciente devido a espessura ultrafina das lentes de contato, o que garante a maior preservação da estrutura dental. "As lentes de contato são menos agressivas aos dentes do que as facetas comuns, que provocam um desgaste maior a estrutura dental, diminuindo assim, a resistência dos dentes e a longevidade do trabalho," explica o dentista Dr. Felipe Araujo.

O tratamento com lente de contato dental é minucioso e previsível. Cada lente é planejada de acordo com a harmonia facial do paciente, e pode ser analisada digitalmente através de um sistema digital chamado DSD (Digital Smile Design), onde é possível simular como os dentes ficarão ao final do tratamento. Após este planejamentoe o mínimo preparo do dente, o molde segue para um laboratório para a lente ser esculpida e depois confeccionada. Antes da cimentação definitiva é feito um "teste drive" que possibilita ao paciente ter a real noção da proposta do profissional perante o seu caso, para que, após a aprovação da execução, não haja arrependimentos. De acordo com o cirurgião-dentista é possível fazer todo o tratamento, com uma média de três sessões de aproximadamente duas horas. "Com o teste realizado antes da finalização das lentes de contato, o paciente pode avaliar o procedimento e realizar algum ajuste, caso não esteja do seu agrado, com isso, a satisfação com o resultado final é certa," comenta Dr. Araujo.

Contra indicações
O método não é indicado para pacientes com problemas severos de alinhamento e oclusão. Como as lentes não são reparáveis, estas práticas podem causar rachaduras ou até mesmo a quebra da lente. "Para pacientes que tenham problemas com bruxismo, é fundamental que o paciente faça o correto tratamento dessa patologia e que faça a utilização de uma placa miorelaxante em seus dentes, conhecidas com "placas de bruxismo", porém, o caso deve ser minuciosamente avaliado por um especialista".

A aplicação da técnica também não é indicada para crianças e adolescentes e para quem já tem próteses nos dentes. O tratamento com lentes de contato não substitui o tratamento ortodôntico. As lentes de contato vão além da estética, pois também devolve função e harmonização ao sorriso e principalmente a grande melhora da autoestima.

Duração
A durabilidade varia de pessoa para pessoa, mas estima-se entre 15 e 25 anos após a aplicação. "Além do avanço da técnica a ser executada, hoje o dentista brasileiro conta com os mais avançados e modernos equipamentos e materiais produzidos em outros Países, graças ao fornecimento da Dental Cremer," relata o doutor. Porém, para atingir essa duração, é muito importante que o paciente tenha uma boa higiene bucal e exclua hábitos como roer unhas.

Consultas periódicas ao dentista, escovação e uso do fio dental podem garantir a permanência das lentes de contato por mais tempo. As lentes de contato não protegem os dentes de cáries e problemas comuns, por isso, é importante redobrar a atenção com a higiene bucal. Preço médio custa, em média, de R$ 2 mil a R$ 5 mil por dente.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
6
Continue Lendo
PUBLICIDADE