Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Atriz

Após atropelamento, Karina Bacchi sai em defesa do pai

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A atriz Karina Bacchi divulgou um comunicado para defender o pai, Italo Bacchi, acusado de homicidio culposo depois de atropelar quatro pessoas em Ilhabela, litoral de São Paulo. Uma pessoa morreu.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A polícia disse que o pai da atriz se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele foi preso, mas pagou fiança e acabo liberado.

Continua depois da publicidade


Confira o comunicado publicado no blog da atriz:


Comunicado Oficial


Na condição de advogado da família da atriz Karina Bacchi e, em razão das notícias que tem sido divulgadas sobre o acidente ocorrido com o Sr. Italo, pai da atriz vimos a público para expressar os profundos sentimentos de toda a família em relação à vida perdida e aos feridos na fatalidade ocorrida na saída do hotel e restaurante DPNY em Ilhabela no dia 29 do corrente. Vimos a público para repudiar as infundadas acusações feitas por uma autoridade policial da delegacia de Ilhabela que, desrespeitando todos os princípios éticos e profissionais deu declarações acusando o Sr. Ítalo Bacchi de causar um acidente por estado de embriaguez. Isso não é verdade. Essa acusação é falsa e caberia à essa autoridade policial agir com mais cautela e aguardar o resultado das provas que estão sendo colhidas no inquérito policial , como a somatória de erros e falhas cometidas no momento da entrega do seu veículo.Antecipar possíveis resultados sem a colheita de todas as provas e julgar o Sr. Italo Bacchi publicamente, no mínimo, uma atitude irresponsável.

Continua depois da publicidade


O caso está sendo devidamente acompanhado pelos advogados da família e, na medida em que as provas forem apuradas a verdade virá tona., pois as circunstâncias do local do acidente e a dinâmica dos fatos demonstrarão que o Sr. Italo não teve qualquer culpa, ou intenção de produzir tal ocorrência.Isto pode ser comprovado a priori pelo depoimento prestado pela autoridade policial militar , Vanessa Guarnieri Almeida que , no calor dos fatos , acompanhou toda a ocorrência. Conforme depoimento da policial militar o Sr Italo não apresentava qualquer sinal de embriaguez demonstrando preocupação com as vítimas, alem de ter fornecido e repassado normalmente todos os documentos e dados que lhe foram pedidos, sabendo indicar perfeitamente onde os mesmos se encontravam. Informo ainda que toda a ocorrência foi acompanhada e registrada pela delegada de plantão a Dra. Nadir Bernardes de Souza May, sendo esta a única autoridade policial que tem conhecimento real dos fatos.


Novamente, a família Bacchi e em especial o Sr. Italo presta profundas condolências às famílias das vitimas e confia serenamente na justiça, sendo certo que, conforme será fartamente provado o Sr. Italo não estava em estado de embriaguez e prestou imediato socorro às vítimas, só não podendo fazer mais em virtude de ter sido retirado do local para ser conduzido à Delegacia de Polícia.

Portanto, este momento de profunda dor e tristeza para todos os envolvidos ,não pode ser levianamente aproveitado em razão da notoriedade da atriz Karina Bacchi de forma irresponsável como tem sido noticiada em algumas mídias com informes totalmente falsos sem qualquer embasamento jurídico e sem o menor respeito a todos os envolvidos nesta fatalidade.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade