Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Mantido

Clodovil é absolvido e escapa de ser cassado

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) garantiu nesta quinta-feira (12) a manutenção dos mandatos dos deputados Clodovil Hernandes (PR-SP) e de Paulo Rubem Santiago (PT-PE). Ambos eram acusados de infidelidade partidária.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Clodovil trocou o PTC, partido pelo qual foi eleito, pelo PR, e Paulo Rubem deixou o PT para ingressar no PDT. Os ministros rejeitaram por unanimidade um pedido do PTC para que Clodovil perdesse o mandato. Para o TSE, o deputado sofreu discriminação no partido e, por esse motivo, teve justa causa para mudar de legenda.

Continua depois da publicidade

Os ministros do tribunal ressaltaram que Clodovil teve quase 500 mil votos, ajudando o PTC a garantir representação no Congresso. Para o presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, era esperado que o partido tivesse gratidão por Clodovil e não discriminasse o deputado. "Ficou claro para mim que o próprio AVC (Acidente Vascular Cerebral) foi contraído pelo candidato a partir do inferno astral que viveu no partido, que o boicotou de olho na sua vaga", afirmou Britto durante o julgamento, numa referência a um problema de saúde enfrentado pelo parlamentar.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade