13/05/21
PUBLICIDADE
Vai lavar a seco?

Conheça os mitos e verdade sobre a limpeza automotiva ecológica

Pixabay
Pixabay


A preocupação com a sustentabilidade está presente nas ações e escolhas dos brasileiros. Uma pesquisa realizada pela Toluna, empresa de estudos com consumidores, em parceria com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), mostra que 75% das pessoas mudaram de alguma forma seus hábitos de consumo, motivadas pela preocupação com o meio ambiente.


À medida que o hábito de consumo consciente avança, a limpeza ecológica, também conhecida como lavagem a seco, acompanha o crescimento. A modalidade, que busca utilizar pouca água durante a lavagem de um veículo, surgiu há alguns anos no mercado e se popularizou em 2015, quando o Brasil passou por uma intensa crise hídrica.

Henrique Mol é diretor executivo da Acquazero Eco Wash, franquia especializada em limpeza ecológica. Ele conta que, nos últimos dois anos, a busca pelo serviço se elevou em 300%.

Custo-benefício

Os preços para o serviço variam de R$40 a R$75. Os valores são fixados de acordo com o tamanho do veículo e a quantidade de sujeira a ser eliminada.

O executivo argumenta que a limpeza ecológica mantém o carro limpo por mais tempo porque os produtos utilizados criam uma capa protetora que expelem sujeiras e protegem a lataria do sol.

Confira abaixo alguns mitos e verdades sobre este tipo de higiene automotiva:

*Risca o carro e danifica a pintura. Mito!

O serviço de lavagem a seco não risca ou arranha a pintura. Como o procedimento é feito com um composto à base de cera de carnaúba, o produto age como um lubrificante e evita o atrito do pano usado na limpeza e a lataria.

*Proteção extra à lataria do veículo. Verdade!

A cera de carnaúba utilizada no método a seco é a mesma matéria-prima do produto empregado em um enceramento profissional. Por isso, nessa modalidade, a lataria do veículo é limpa e encerada ao mesmo tempo.

Ao final do procedimento, a pintura recebe uma película protetora que blinda a lataria contra arranhões leves e luz solar. Além disso, repele a poeira e a água e realça a pintura gerando um brilho mais intenso.

*Danifica rodas e calotas. Mito!

São utilizadas flanelas especiais e limpa-rodas específicas e eficientes para a limpeza. Nenhum dano é causado às rodas e calotas do veículo.

*Economiza água mesmo? Verdade!

Em média, utiliza-se de 200 a 300 litros de água nas limpezas convencionais para lavar um único veículo. Na lavagem a 300 ml é o suficiente.

*Ajuda a prevenir o mofo? Verdade!

Ao dispensar o uso excessivo de água, é possível evitar o aparecimento de mofo. A umidade gerada pelo uso da água nos estofados, em médio ou longo prazo, ou quando a secagem não é feita da forma devida, promove o surgimento de fungos. Os produtos da lavagem a seco, por outro lado, contêm agentes protetores que diminuem a probabilidade de aparecimento desse problema.

*Atendimento delivery. Verdade!

O serviço de lavagem a seco pode ser realizado via delivery. A lavagem é feita no local onde está localizado o veículo do cliente (residência, rua ou local de trabalho).
Redação Bonde com Assessoria
PUBLICIDADE
Continue lendo
Quem deve arcar?

Advogada londrinense comenta furtos de veículos em estacionamentos comerciais

13 MAI 2021 às 10h00
Com fila de espera

Picape Strada é o veículo mais vendido no Brasil atualmente, aponta consultoria

12 MAI 2021 às 09h00
Modelo da campeã

Fiat revela fotos do SUV que Juliette faturou ao ganhar o Big Brother 21

11 MAI 2021 às 08h45
Fique de olho

Entenda os principais pontos de atenção nos amortecedores automotivos

10 MAI 2021 às 11h40
Evite danos

Mesmo com veículo parado, para-brisas requer cuidados; Veja como mantê-lo em bom estado

08 MAI 2021 às 09h00
Reestilizado

Jeep Compass 2022 é oficialmente lançado no Brasil, mas spoilers eram divulgados pela marca

07 MAI 2021 às 09h00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados