20/06/21
PUBLICIDADE
Chineses evoluíram

Conheça os modelos JAC T60, Ford Territory e Chery Tiggo 8, que marcam novo perfil automotivo

Folhapress
Folhapress


O dia 18 de março de 2011 foi a data escolhida pela pela Anhui Jianghuai Automobile Company, a JAC Motors, para abertura simultânea de 50 concessionárias Brasil afora.

O mercado é outro após 10 anos. Os carros, também. A JAC deixou de lado os compactos populares e agora produz utilitários esportivos e carros elétricos.

Reinventada pelo grupo Caoa, a Chery mede forças com marcas europeias, americanas e japonesas instaladas no Brasil. Até a Ford, que se tornou importadora após fechar todas as suas fábricas no país, traz o Territory, que é um automóvel produzido na China.

Os três produtos mais caros e tecnológicos da leva atual passaram pelo teste Folha-Mauá.

A JAC mudou a imagem desses automóveis no Brasil. O utilitário esportivo T60 Plus se destaca entre as opções da marca.
A versão avaliada custa R$ 124 mil e tem proposta semelhante à do Jeep Compass: concorrer tanto com os utilitários compactos mais equipados como com os modelos de porte médio.

Equipado com motor 1.5 turbo a gasolina (168 cv), o SUV da JAC foi bem nas provas de desempenho de consumo, com resultados semelhantes ao do Territory. E essa é uma má notícia para a Ford.

O utilitário sino-americano também utiliza motor 1.5 turbo (150 cv) conciliado a um câmbio automático do tipo CVT, que simula oito marchas. A versão SEL custa R$ 180 mil de acordo com a tabela da fabricante, mas há promoções frequentes na rede de concessionários da marca.

Pelo seu porte e preço, o Territory deveria trazer um motor mais potente. A Ford tem opções interessantes em seu portfólio, como o 2.0 turbo (248 cv) que equipa o novo Bronco, modelo importado do México. Mas há os limites do projeto e da origem.

O porta-malas do Territory, contudo, é pequeno. Seus 348 litros mal comportam as bagagens de um casal com dois filhos em uma viagem de fim de semana. E aí chegamos ao Caoa Chery Tiggo 8.

Vendido pelo mesmo preço do modelo da Ford, o SUV montado em Anápolis (GO) é superior em desempenho e oferece sete lugares.

A prova de aceleração do zero aos 100 km/h foi cumprida em 8,8 segundos pelo Tiggo 8, um número impressionante para um carro equipado com motor 1.6 turbo (187 cv).

O câmbio automático de dupla embreagem e seis marchas faz o motorista perceber melhor as trocas e traz esportividade ao Tiggo 8. Montado no Brasil, o modelo da Caoa Chery mostra onde a indústria chinesa pode chegar.
Eduardo Sodré/Folhapress
PUBLICIDADE
Continue lendo
Vencimento na sexta

Pagamento da última parcela do IPVA 2021 começa nesta segunda-feira

20 JUN 2021 às 11h00
O porquê de não ter retomado

General Motors justifica parada na produção do Ônix

19 JUN 2021 às 10h50
Utilitário esportivo

Renault inicia fabricação do Captur com motor 1.3 turbo

18 JUN 2021 às 05h00
Picape

Ford lança Maverick, mas modelo não é o mesmo que clássico dos anos 70

17 JUN 2021 às 09h00
Alta nos custos

Preço de veículos deve subir com alta da energia

16 JUN 2021 às 14h27
Proteja sua pintura

Conheça novas tecnologias de envelopamento em motocicletas

15 JUN 2021 às 12h07
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados