Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução/ Fiat
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Picape aprovada

Fiat Strada fecha 2021 como o automóvel mais vendido do Brasil

Eduardo Sodré - Folhapress
10 jan 2022 às 14:15
Continua depois da publicidade

Pela primeira vez na história da indústria automotiva nacional, uma picape é o automóvel mais vendido do Brasil. A Fiat Strada chegou ao fim de 2021 com 109.107 unidades comercializadas, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

O utilitário chegou a ter seis meses de fila de espera ao longo do ano, o que não impediu o lançamento de novas versões. A opção automática chegou ao mercado em novembro, com câmbio do tipo CVT (sigla para transmissão continuamente variável) que simula sete marchas e motor 1.3 flex (107 cv).

A história do modelo tem início em 1998, quando a Fiat lançou o novo modelo baseado no compacto Palio. A geração atual é a primeira a trazer carroceria com quatro portas, algo até então inédito no segmento de picapes compactas.

A segunda colocação em vendas foi ocupada pelo Hyundai HB20, que teve 86.455 unidades comercializadas em 2021. Outro modelo da Fiat, o Argo, aparece em terceiro (84.644), seguido pelo Jeep Renegade (73.913).

Líder entre 2015 e 2020, o Chevrolet Onix aparece na quinta colocação com 73.623 unidades licenciadas. O modelo teve a produção interrompida por cerca de seis meses ao longo de 2021 devido a problemas com o fornecimento de semicondutores.

Ao conseguir lidar melhor com a escassez de insumos, o grupo Stellantis se destacou no ano passado. Entre os 10 carros mais vendidos, seis são das marcas Fiat e Jeep.

A ala francesa da empresa multimarcas também registrou bom desempenho após anos difíceis. A Citroën fechou 2021 com 23.351 unidades comercializadas, alta de 77% sobre 2020. Na Peugeot, os 29.531 emplacamentos representaram um crescimento de 126% no último ano.

Um estudo divulgado pela Basf comprova o que os lançamentos automotivos têm mostrado: o azul ganha força entre as cores preferidas pelo público na América do Sul. Os diferentes tons disponíveis atingiram 5% de participação em 2021.

Contudo as opções preferidas ainda são as variações de preto, branco, prata e cinza - que, juntas, respondem por 85% do mercado.

Continue lendo