20/06/21
PUBLICIDADE
Tire suas dúvidas!

O que é preciso para ser motorista de aplicativo?

iStock
iStock


Apps de mobilidade têm atraído cada vez mais interessados

Os aplicativos de mobilidade urbana têm mudado a maneira como as pessoas se locomovem nas grandes cidades. Se antes apenas o táxi podia transportar passageiros, com o taxímetro rodando sem o usuário saber o valor final da corrida, hoje há opções no mercado para todos os bolsos e necessidades. Pode-se escolher o tipo de carro mais conveniente para levar o cachorro ao veterinário ou transportar uma bicicleta no bagageiro.

Este tipo de serviço caiu no gosto da população, mas também chamou a atenção de pessoas que precisavam complementar a renda ou estavam desempregadas. A profissão de motorista de aplicativo tem se tornado muito popular no Brasil, por causa principalmente de dois fatores: rentabilidade e flexibilidade. Não é preciso investir muito para se tornar motorista de um app como Uber e 99, pois o retorno é quase imediato, e o profissional pode fazer o seu próprio horário, trabalhando mais ou menos horas por dia.

Mas, afinal, o que é preciso para se tornar motorista de aplicativo?

Muitas pessoas se perguntam: é preciso ter carro próprio para prestar este tipo de serviço? A resposta é "não”! Percebendo o grande número de interessados, muitas locadoras começaram a oferecer condições especiais para quem quer se tornar motorista de aplicativo, trabalhando apenas com carros que atendem os requisitos exigidos pelos apps. Então, se você não é proprietário de um veículo, procure por aluguel de carros para Uber, e 99, por exemplo, que vai encontrar várias opções de preços e modelos.

Ao se cadastrar na plataforma do aplicativo escolhido, é preciso ser maior de idade, não possuir antecedentes criminais, ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "B” com EAR (comprovante de que o motorista exerce atividade remunerada) e enviar a documentação pedida. Além disso, é necessário possuir um smartphone conectado à internet para aceitar as corridas.

Os aplicativos trabalham com um sistema de avaliação, ou seja, quanto melhor for o serviço prestado pelo motorista, mais chances de ele ser bem avaliado. Portanto, vale tudo para cativar o cliente – desde oferecer garrafas de água e balas à vontade até carregadores que podem ser usados durante a corrida. Seja educado, pergunte ao passageiro sobre a rádio de sua preferência ou a temperatura ideal. Manter o carro sempre limpo e organizado é essencial; afinal, ele é o seu ambiente de trabalho e onde você recebe o seu cliente.

Em tempos de recessão e desemprego, a profissão de motorista de aplicativo tem proporcionado a muitas pessoas a renda que precisam para o seu sustento. Não é preciso ter carro próprio para começar a trabalhar. Preenchendo os requisitos básicos e enviando os documentos exigidos, você vai estar a um passo de começar um novo trabalho.
Redação Bonde com assessoria de imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
Vencimento na sexta

Pagamento da última parcela do IPVA 2021 começa nesta segunda-feira

20 JUN 2021 às 11h00
O porquê de não ter retomado

General Motors justifica parada na produção do Ônix

19 JUN 2021 às 10h50
Utilitário esportivo

Renault inicia fabricação do Captur com motor 1.3 turbo

18 JUN 2021 às 05h00
Picape

Ford lança Maverick, mas modelo não é o mesmo que clássico dos anos 70

17 JUN 2021 às 09h00
Alta nos custos

Preço de veículos deve subir com alta da energia

16 JUN 2021 às 14h27
Proteja sua pintura

Conheça novas tecnologias de envelopamento em motocicletas

15 JUN 2021 às 12h07
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados