Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

A festa continua

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Em Minas, deu a lógica e o Cruzeiro venceu. O time estrelado se deu ao luxo de apenas cozinhar o Galo graças à vantagem obtida com a goleada no primeiro jogo da final.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

E, para não variar, o técnico Leão deu um show de destempero e descontrole emocional, reclamou da arbitragem, fez birra, cara feia, grosserias com a imprensa e, como prêmio, recebeu o bilhete azul do Atlético. Que agora confia seu futuro - que não parece muito promissor - a Celso Roth.

Continua depois da publicidade


No Baiano o Vitória ampliou o jejum de títulos do rival Bahia, que não vence em seu estado desde 2001. O eterno Ramon foi o nome das finais, marcando três dos quatro gols rubro-negros nas duas partidas decisivas. Pena que no fima a festa virou briga campal.

Nos outros estados, o Juventus fez melhor que a homônima italiana e que o xará paulista, levantando a taça no Acre. Na Paraíba, o dinossauro do Sousa conquistou o título pela segunda vez na história - a outra foi em 1994. No Potiguar, o ASSU alcançou conquista inédita. No Distrito Federal, o Brasiliense não teve concorrentes à altura. No Cearense, o Fortaleza venceu o Choque-Rei com o Ceará e no Goiano deu Goiás, revertendo a vantagem do Atlético. E no Catarinense o renascido Avaí encerrou jejum de 12 anos.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade