08/03/21
PUBLICIDADE
Lucio Flávio
Lucio Flávio
18/11/2020 - 16:27
Imprimir Comunicar erro mais opções
O volante Luan Marchiori renovou o seu contrato com o Londrina. Com a extensão, o novo vínculo do jogador com o Alviceleste passa a valer até o final de 2022. O acordo foi assinado esta semana entre o clube e o jogador.

"Sou muito feliz aqui e tenho um carinho muito grande pelo Londrina. Só posso agradecer ao clube por confiar no meu trabalho e retribuir dando o meu melhor dentro de campo”, afirmou o volante, de 20 anos.

Gustavo Oliveira/LEC
Gustavo Oliveira/LEC


Revelação da base alviceleste, Luan foi um dos destaques do LEC na disputa da última Copa São Paulo. O jogador logo ganhou espaço no time principal e foi titular em algumas partidas do Paranaense deste ano. Depois perdeu espaço e não teve muitas oportunidades na série C.

O volante foi o primeiro jogador do Londrina diagnosticado com a Covid-19. Já recuperado da doença, o jogador está na fase final da recuperação de uma tendinite no joelho e deve ficar à disposição do técnico Alemão nos próximos dias.
14/11/2020 - 20:29
Imprimir Comunicar erro mais opções
Gustavo Oliveira/LEC
Gustavo Oliveira/LEC


Ele é amado por muitos e odiados por tantos outros. Depois de três anos o meia Celsinho voltou ao Londrina e bastou um toque na bola para garantir a vitória por 2 a 1 sobre o Brusque na noite deste sábado (14), no estádio do Café.

Após quase um mês de treinamento para se recondicionar fisicamente, Celsinho reestreou com a camisa alviceleste aos 24 minutos do segundo tempo quando o placar apontava 1 a 1. No seu primeiro toque na bola, o meia tabelou com Adenílson, que deixou Celsinho na cara do gol para marcar o gol da vitória aos 25 minutos.

Celsinho entrou no lugar de Carlos Henrique, que mais uma vez foi muito mal no jogo. Quem sabe o ex-camisa 10 pode ser um falso 9 na sequência do Brasileiro. É uma alternativa para ser pensada com muito carinho pelo técnico Alemão.

Diferente dos jogos contra Boa Esporte e São Bento, o Londrina teve uma outra postura em campo e foi melhor que o adversário em quase todo o jogo. É bem verdade que o Brusque veio desfacelado pelo surto da Covid-19, mas o LEC mereceu demais a vitória.

Foi tão melhor que abriu o placar logo aos sete minutos. Adenílson, o melhor em campo depois de três jogos apagados, sofreu e bateu bem o pênalti. O Tubarão teve chances para construir uma vitória mais elástica, mas o futebol é traiçoeiro. O time perdeu oportunidade e foi castigado aos 20 do segundo tempo. Jefferson fez um golaço da entrada da área para empatar o jogo.

Com a entrada de Celsinho, o time ganhou um novo ânimo, não se abateu e marcou o segundo logo na sequência. Vitória decisiva que leva o LEC a sétima vitória seguida no estádio do Café e ao segundo lugar do grupo, com 24 pontos, muito perto da classificação.
07/11/2020 - 17:40
Imprimir Comunicar erro mais opções
O Londrina segue seu calvário como visitante na série C. A derrota deste sábado (7) foi para o lanterna São Bento por 1 a 0, em Sorocaba. O Tubarão chega a incrível marca de sete jogos sem ganhar fora de casa e apenas dois pontos conquistados.

A atuação foi digna de ser esquecida e o LEC criou uma única chance de gol no jogo todo, aos 35 minutos do segundo tempo em um cabeceio de Samuel Gomes.

Nem a mudança de esquema melhorou a produção da equipe. Pela primeira vez na temporada, o técnico Alemão não usou três atacantes ao deixar o centroavante Carlos Henrique no banco e escalando Jardel, Escobar, Matheus Bianqui e Adenílson no meio-campo.

Gustavo Oliveira/LEC
Gustavo Oliveira/LEC


A mostra que nada funcionou foi que o time voltou com três mudanças para o segundo tempo. Todas elas no ataque. Entraram Carlos Henrique, Samuel Gomes e Douglas Santos. O time voltou a jogar com três atacantes, mas continuou sem nenhuma qualidade e criatividade. O LEC terminou o jogo com três meias e três atacantes e parecia um catado em campo, pois correu mais risco de tomar o segundo do que de empatar.

O gol da vitória do time do técnico Edson Vieira saiu em um erro comum da defesa do Londrina na competição. Aos três minutos do segundo tempo, escanteio da direita, a zaga ficou olhando, o goleiro Dalton não saiu do gol e o zagueiro Dogão marcou de cabeça.

A classificação que pareceu vir com naturalidade, começa a ficar dramática. A distância para os rivais já não existe mais e se o time não conseguir ganhar um jogo como visitante, a passagem para segunda fase pode ficar pelo caminho.

Já não dá para garantir que só com mais duas vitórias no Café será possível passar para o quadrangular final. Vai precisar ganhar do líder Brusque na próxima rodada em casa e melhorar muito o futebol para não cair de forma prematura.
25/10/2020 - 18:16
Imprimir Comunicar erro mais opções
Em um jogo muito difícil, onde o time não brilhou tecnicamente e viu o adversário ser melhor em campo, o Londrina venceu a sexta seguida no estádio do Café graças a um golaço do garoto Victor Daniel, aos 28 minutos do segundo tempo.

Em um Café escaldante e com 35º C, Londrina e Ituano sentiram demais e o calor atrapalhou o ritmo do jogo, sobretudo no primeiro tempo. Com mais uma vitória, o Tubarão soma 20 pontos e já começa a contagem regressiva para garantir a classificação para a segunda fase.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube


Talvez o resultado mais justo fosse o 1 a 1 - o Ituano pressionou muito no segundo tempo e acertou uma bola na trave com Fillipe Souto, ex-LEC, e obrigou o goleiro Dalton a fazer uma defesa milagrosa em cabeceio do zagueiro Mateus -, mas o 1 a 0 leva o aproveitamento do Londrina para 90% dentro de casa - seis vitórias e um empate.

O Londrina teve pouco poder ofensivo e isso obrigou Alemão a colocar quatro novos atacantes em campo durante a partida. O rendimento não melhorou muito, mas serviu para Victor Daniel mostrar o seu talento, já reconhecido na base.

Ele arrancou do lado esquerdo, driblou dois adversários, com velocidade e habilidade, e tocou com categoria na saída do goleiro Pegorari. Sem o talento individual, provavelmente o jogo teria terminado com placar fechado.

Com 20 pontos, o Londrina precisa de de mais três vitórias para se classificar. E se melhorar um pouquinho o aproveitamento fora de casa, a classificação pode vir até de forma antecipada.
19/10/2020 - 14:59
Imprimir Comunicar erro mais opções
A CBF vai distribuir uma verba de R$ 1 milhão aos 20 clubes da série C do Campeonato Brasileiro. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Rogério Caboclo, na última sexta-feira (16), durante uma reunião técnica com os representantes das equipes.

Gustavo Oliveira/LEC
Gustavo Oliveira/LEC


De acordo com a CBF, o recurso foi arrecadado a partir da comercialização de placas de publicidade da competição. O valor será rateado de forma igualitária entre os participantes.

Neste mesmo encontro, os clubes definiram em manter o número máximo de inscrições de atletas na série C em 40, com possibilidade de oito substituições na lista. No entanto, o prazo limite para inscrever novos atletas foi prorrogado até o dia 11 de novembro. As trocas poderão ser realizadas até o dia dois de dezembro.
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados