16/04/21
PUBLICIDADE
Isabel Furini
Isabel Furini
30/03/2021 - 08:33
Imprimir Comunicar erro mais opes
PASSA PASSA

A gatinha prefere a gua

do bebedouro da galinha.


A galinha prefere a rao

do comedouro do co.


O co, o quitute diferente

da gente, que cai no cho.


Bicho assim passa na frente

e, sem querer, vira atrao.


Ktia Sentinaro
07/03/2021 - 07:44
Imprimir Comunicar erro mais opes
Medo de assistir filmes de zumbis? At o javali tinha medo, mas o bicho preguia...

Filme de zumbis


O pequeno javali
Tinha medo de assistir
Um filme de zumbis.

Seu amigo, o bicho-preguia,
Falou assim:
- No tenha medo javali,
meio engraado
Esse filme de zumbis.

Um zumbi tinha olhos de vidro
E no tinha nariz
E outro zumbi saiu do caminho
E caiu sobre plantas com espinhos.

E havia uma cotovia
(Que tambm era zumbi)
Quando tentava cantar
S gritava: pipipipipippi

Eu assisti na cinemateca
E antes de terminar o filme
Eu me ajeitei na poltrona
Tirei uma soneca.

Isabel Furini
Foto Isabel Furini - Museu de Hollywood
Foto Isabel Furini - Museu de Hollywood
09/01/2021 - 11:17
Imprimir Comunicar erro mais opes
O GATO E A CACATUA

Do alto de um muro,
Um gato miava
Olhando a Lua.

Enquanto na rua,
Uma linda cacatua
Danava e danava.

O gato observou
A cacatua e falou:
- Que gostoso jantar!

Mas a cacatua ouviu
E rapidamente
Comeou a voar.

O gato pensou:
Se eu falara menos,
Comeria mais.

Isabel Furini
14/11/2020 - 06:24
Imprimir Comunicar erro mais opes
O Tubaro martelo: uma histria de amor

O Tubaro Martelo acordava cedo
E comeava o dia fazendo polichinelo .

O Tubaro Martelo era um bicho comilo,
Ele gostava de comer presunto com melo.

Se ele fugia da aula de violoncelo
O seu pai o ameaava com um chinelo.

Coitadinho do Tubaro, ele se lamentava
pois no tinha aptido para tocar violoncelo.

O pobre Tubaro-martelo se consolava
assistindo televiso e comendo marmelo.

A sua me muito preocupada, falava:
- Tubaro martelo voc est muito magrelo.

Mas esse Tubaro Martelo era um sonhador,
Ele parecia morar em um mundo paralelo.

O Tubaro queria encontrar uma namorada.
Ele conheceu uma Tubaro fmea alegre e boemia.

O casal foi danar no fundo do mar.
Danaram, danaram... e es apaixonaram.

E essa a histria de amor do Tubaro Martelo,
Um jovem que no gostava de tocar violoncelo.


Isabel Furini


Ilustrao de Vanice Zimerman
27/10/2020 - 13:46
Imprimir Comunicar erro mais opes
Chuvisco

A nuvem
Passa apressada
Coitada!
Estava apertada
Querendo fazer
Xixi.

Poema de Daniel Mauricio


Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Tambm escreve para o pblico infanto-juvenil. autora da coleo "Corujinha e os Filsofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Ms
Ano
AVISO: Opinies e informaes contidas nos blogs hospedados nesta plataforma so de responsabilidade exclusiva dos autores e no refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
 
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resoluo mxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados