12/12/19
º/º
PUBLICIDADE
Isabel Furini
Isabel Furini
30/03/2019 - 09:57
Imprimir Comunicar erro mais opções
A TARÂNTULA DANÇARINA

A tarântula dança e dança
enquanto
um canário canta.

A tarântula
tem pernas longas
e gosta de dançar conga.

Quando a tarantula dança
a tarantela,
ela grita: Eu sou uma estrela!

A tarântula não é medrosa.
Ela é calma
e cuidadosa.

Mas, quando a tarântula
enxerga uma coruja...
Seu instinto grita:- Tarântula, fuja!

Isabel Furini

Foto e arte de Isabel Furini
Foto e arte de Isabel Furini
01/03/2019 - 08:42
Imprimir Comunicar erro mais opções
Birutinha está estranho e confuso.
E um velho trem lhe pergunta:
- O que está acontecendo?
Você perdeu algum parafuso?

O trem sabe imitar o espirro:
Atchim, atchim, atchim.
Ele consegue imitar o trovão:
Baroom! Baruuum! Baroom

O trem Birutinha treina sem descanso
Ele é um ótimo imitador,
E tem uma grande ilusão:
Ser um famosíssimo ator.

O trem grita: Eu quero ser um ator!
E ruge como um avião:
Roaorrr - Roaorrr! Roaorrr!
Esse trem é um grande imitador!

O trem velho o elogia,
dizendo: - Você é um grande cantor.
O trem birutinha murmura:
Eu posso ser o melhor!

Um ano depois, ele é contratado
para um filme de ação.
Birutinha realiza o seu sonho.
Ele é um grande ator!

Isabel Furini

10/02/2019 - 10:29
Imprimir Comunicar erro mais opções
Recomendável a partir de 4 anos.

ERA UM PEQUENO RATO,
MUITO AMIGO DE UM GATO.

O GATO ERA ACANHADO
E O RATINHO ERA OUSADO.

QUANDO CHEGAVAM AO BAILE,
O GATO FICAVA SENTADO.

E O RATO ENGRAÇADO?
ELE BAILAVA ADOIDADO.

BAILAVA COM A RATINHA BRAGANÇA,
QUE ERA PROFESSORA DE DANÇA.

O GATO FEZ UM CURSO,
E ELE APRENDEU A DANÇAR.

E AGORA, NAS FESTAS,
O GATO DANÇA SEM PARAR.

ISABEL FURINI

Fotografia de Isabel Furini
Fotografia de Isabel Furini
28/01/2019 - 06:49
Imprimir Comunicar erro mais opções
Pelo caminho
andava um jabutí,
ele desejava
comer um abacaxi.

Perto dele voava
um bem-te-vi.
Essa linda ave
tinha medo de saguis.

De repente, eles viram
uma pequena sucuri.

A sucuri falou
com voz amável:
- Vamos brincar
de esconde-esconde?

O jabuti assustado
entrou na sua casinha
e o bem-te-vi
não deu nem um piado.

O bem-te-vi percebeu
que que ele sentia
muito medo de saguis
e de sucuris.

Triste falou a sucuri:
- Quando você
tem fama de malandra
todos sentem medo,
ainda que você
não faça nada.

O jabuti ouviu
e muita vergonha sentiu.
- Vamos brincar, sucurí.
Disse em voz alta o jabuti.
E a sucuri ficou muito feliz.

Isabel Furini

04/01/2019 - 09:04
Imprimir Comunicar erro mais opções
O passarinho amigão

- Bom dia, dona Begônia.
Hoje você está formosa.
- Bom dia, passarinho.
Você está longe de seu ninho.

Respondeu o Cardeal:
- Eu decidi mudar o local do ninho.
Eu não gosto de estar sozinho,
Eu gostaria de ser o seu vizinho.

- Você quer ser minha amiga?
No almoço ou na hora do jantar
Eu posso comer as formigas,
Que gostam de incomodar.

Ficaram grandes amigos,
a Begônia e o Cardeal.
A Begônia sempre fala:
- Ter amigos é bem legal.

Isabel Furini

Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE