Pesquisar

Canais

Serviços

- Arte digital de Isabel Furini
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Estrela singular - Poema infantil de Elieder Corrêa da Silva

15 dez 2021 às 09:53
Continua depois da publicidade

                                                                                              Recomendado para crianças a partir de 9 anos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Estrela singular

Mamãe, mamãe,
vamos lá fora ver as estrelinhas do mar,
elas brilham lá na praia com brilho universal.
Delas é o Oceano, morada e altar; ele reflete as estrelas do infinito singular.
As estrelas do céu e do mar misturam os seus brilhos em reverência estelar.

Mamãe, mamãe,
nesta festa cristã,
vamos os joelhos dobrar, cantar hinos ao
Deus que um dia foi menino.
Vamos mamãe, com as estrelas homenagear nesta noite especial
porque é de Cristo Deus o Natal.

Continua depois da publicidade


Elieder Corrêa da Silva

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade