Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

A ganância mata

09 jul 2010 às 08:39
Continua depois da publicidade
O trágico episódio envolvendo a ex-modelo Elisa Samudio e o goleiro Bruno é o resultado da repulsa com a ganância. A primeira por parte do algoz e a segunda por parte da vítima. Bruno não aceita o fato de ter um filho com uma garota de programa e Elisa cresceu os olhos quando lhe foi oferecido um apartamento e alguns milhares de dólares para que ela se deslocasse até o local onde ocorreu seu próprio sacrifício. Elisa foi principalmente vítima de sua própria ganância. A justiça brasileira dá a garantia de sobrevivência para o filho do casal através da pensão alimentícia e isso bastaria, até porque a criança não receberia menos de R$ 20 mil por mês. Elisa não teria nem que discutir uma proposta diferente desta, no caso a aquisição de um apartamento e um punhado de dólares em espécie. Ela teria que ter entrado com uma ação de alimentos na Vara de Família de sua jurisdição. Nada mais. Bruno já tinha provado para Elisa sua capacidade mortífera ao ameaçá-la no quinto mês de gravidez, o que resultou num vídeo caseiro, recorde de acessos na internet. Se Elisa estivesse com o único objetivo de discutir a sobrevivência do filho através de uma ação de alimentos e solicitado ao Estado proteção à sua vida e a de seu filho diante das ameaças que o suposto pai desferiu contra ambos, provavelmente esta história não teria tido este triste fim. Que a família de Elisa encontre conforto nesta perda irreparável e que a criança possa crescer num ambiente saudável, já que nem com Elisa e nem com Bruno ela encontraria tal paz. Justiça seja feita já que a ganância e a repulsa não foram detidas antes.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade