20/06/21
Marden Machado
Marden Machado
18/11/2020 - 05:26
Imprimir Comunicar erro mais opções


O clássico romance O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas, já teve muitas adaptações tanto para o cinema como para a televisão. É, até hoje, um de meus livros favoritos. E o telefilme de 1975, dirigido por David Greene e com Richard Chamberlain no papel principal não apenas foi a primeira versão que vi como continua, talvez por razões de valor sentimental, a que mais gosto. Sidney Carroll escreveu o roteiro que segue a linha básica da obra de Dumas. A ação começa quando o jovem Edmond Dantes volta de uma viagem e acaba acusado injustamente de traição. Preso por um crime que não cometeu, ele fica amigo do abade Faria (Trevor Howard), outro prisioneiro. Dantes descobre quem estava por trás de sua prisão e ao fugir do cárcere, 14 anos depois, encontra um tesouro, assume a identidade de Monte Cristo e põe em prática seu plano de vingança. Trata-se de um típico "sessão da tarde”, ou seja, é diversão garantida.

O CONDE DE MONTE CRISTO (The Count of Monte Cristo – Inglaterra/Itália 1975). Direção: David Greene. Elenco: Richard Chamberlain, Trevor Howard, Louis Jourdan, Donald Pleasence, Tony Curtis, Kate Nelligan, Angelo Infanti e Taryn Power. Duração: 119 minutos. Distribuição: Classicline.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Marden Machado
 
Escrevo, todos os dias, sobre um filme, complementando minha participação nos programas Light News (na rádio Transamérica Light FM - 95,1), na rádio CBN Curitiba (90,1 FM), no programa Caldo de Cultura (UFPR TV - canais 15 da NET, 71 da TVA ou via web no http://www.tv.ufpr.br/), e no canal http://www.youtube.com/cinemarden.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados