11/12/19
º/º
PUBLICIDADE
Larissa Calsavara
Larissa Calsavara
31/08/2018 - 17:58
Imprimir Comunicar erro mais opções



O mês de agosto rendeu peregrinações valiosas para o meu encontro com o Sagrado. Durante as últimas semanas pude sentir e vivenciar um amor que não julga, que é paciente e incentiva cada dia a minha caminhada em busca do alto.



Começando pelos caminhos de nossa senhora junto a Pe. Pio, quem vai me ajudar a contar essa experiência é a Angela. "Peregrinar pelos Santuários Marianos tem sido uma experiência sem igual em nossas vidas. Amantes de Maria como somos, o desejo de louvar e agradecer a ela por nos levar ao seu filho Jesus faz com que a gente experimente aqui na terra um pouquinho do céu! "



Angela ainda destacou os santuários de Nossa Senhora de Lourdes e La Salette, os locais mais marcantes durante essa peregrinação. "O banho em Lourdes era tudo que precisávamos! E La Salette, a coragem para cantar o salmo, mesmo com a limitação da minha voz pós cirurgia. Tudo para louvar Maria! ", salientou Angela, que já esteve em uma de nossas pautas aqui no blog, no ano passado, quando visitamos Fátima junto ao Diácono Lúcio .



Nem sempre podemos peregrinar junto a nossa família e Angela teve essa oportunidade de estar junto aos seus familiares durante essa viagem. "Minha mãe é uma mulher de oração. Meu amor, Giba, sempre confiante no amor de Deus e na proteção de Maria. E minha sobrinha, ainda jovem sendo evangelizada pela avó e por todos nós", completou.



Acho que qualquer viagem que fazemos com pessoas que amamos se torna muito especial, independente do destino, mas uma peregrinação em família é indescritível. Eu já tive essa oportunidade e nem precisei fechar os olhos para sentir a presença do Sagrado pois estava dentro de todos que me rodeavam.

29/08/2018 - 11:18
Imprimir Comunicar erro mais opções




Sempre falamos dos lugares onde os peregrinos mais se sentem tocados durante uma peregrinação. E a minha conversa coma Leda, nessa semana, não foi diferente. Porém, um detalhe chamou minha atenção: a sua escolha. Assim que a questionei sobre o local que vem à sua cabeça quando falamos na sua peregrinação, ela destacou o deserto.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

"O deserto foi onde mais senti a presença de Deus. A calma com que aquela imensidão me trouxe preencheu meu coração de uma maneira que eu não conhecia", disse. Eu nunca havia enxergado o deserto dessa maneira e a Leda me levou a refletir sobre algo que esteve diante de mim por várias vezes e eu ainda não havia notado tamanha beleza.



Leda ainda destacou outros lugares como Rio Jordão e o Monte Tabor onde sua fé foi restaurada e fez com que ela conseguisse viver essa linda peregrinação em sua plenitude.



"Já tinha feito outras viagens em grupo, mas essa foi muito diferente. O grupo era bastante unido, as orações elevaram muito a espiritualidade da viagem e fez com que tudo se encaminhasse perfeitamente", salientou.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

As peregrinações realmente são verdadeiros aprendizados. Minha partilha junto à Leda me fez ter uma nova perspectiva acerca de coisas que pensava já ter compreendido. Quando buscamos pelo Sagrado estamos em constante aprendizado e isso nos faz crescer.



#TerraSanta #SaraeTobias #Peregrinação

24/08/2018 - 12:53
Imprimir Comunicar erro mais opções


Acredito que estamos em constante aprendizado e crescimento, até mesmo quando pensamos ter aprendido algo, percebemos que ainda não foi o bastante, e na verdade nunca será, por isso é impossível dizer que sabemos o valor do perdão por exemplo, pois não passamos por todas as situações possíveis que eles se faz necessário. Essa semana conversei com uma peregrina muito especial, e durante essa partilha ambas tivemos ganhos valiosos.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

Maria Helena sempre carregou como seu grande sonho conhecer o Egito e Israel. E esta peregrinação foi uma grande benção e o início de um novo tempo em sua vida. "Fui presenteada com a oportunidade de conhecer esses países que desde de minha infância era parte de meus sonhos. Em Israel minha fé foi restaurada".


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

Foi a primeira vez que Maria viajou em grupo, e conta como essa experiência foi revigorante. " me senti totalmente acolhida, e esse convívio em grupo me trouxe compreensão e paciência, aprendia com todos a cada dia."Comentou.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

Maria Helena revela que renovar o seu batismo no rio Jordão trouxe frescor e vigor que necessitava para continuar sua caminhada. Para de fato termos um encontro com o sagrado precisamos estar dispostos as grandes maravilhas de Deus a nossa vida. Portanto minha oração hoje é, Senhor fazei com que nossas vontades e desejos sejam semelhantes a suas vontades para que possamos realizar a vida de todos que estão a nossa volta o bem que amaná de ti.

17/08/2018 - 13:19
Imprimir Comunicar erro mais opções



Há tempos que quero contar essa história aqui no blog e, nessa semana, consegui um tempinho dos protagonistas dela. Uma história de amor mútuo que reuniu um lindo grupo no ano passado no desbravamento da terra de Jesus. Lucineide Bocato e Jorge Salustiano contam como foi celebrar sua união durante a peregrinação.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

"Aos 50 anos de vida, casar na igreja católica era uma escolha madura, consciente e resultado de uma determinação em vivenciar plenamente o sacramento do matrimônio. Por isso, quando procuramos o Pe. Romão para fazer nossa cerimônia, e ele nos convidou para viajarmos para a Terra Santa, enxergamos na viagem uma oportunidade de aprofundar nossa experiência com Deus, logo após nosso casamento reservado, que pretendíamos fazer na capela da nossa paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Londrina, somente com nossos pais, filhos e padrinhos.



Pouco tempo depois, quando a Larissa e a Melissa vislumbraram a possibilidade de não apenas recebermos uma bênção, mas realizarmos o casamento na Terra Santa, dada a sensibilidade que tiveram diante da nossa história, o convite soou como um questionamento de Deus: qual seria o tamanho do nosso desejo diante das barreiras a superar para concretizar um sonho ainda não sonhado de tão grandioso que era aos nossos olhos? Seria preciso abrir mão de outros investimentos e considerar a oportunidade de presentear nossos pais levando-os na viagem. Seria preciso ter em mente que seríamos provados em nossos relacionamentos e desafiados a ser mais cuidadores do que noivos, num exercício de amor e doação. Mas os sinais eram claros e nosso desejo era forte. Então aceitamos e cuidamos de tudo para embarcar rumo ao lugar onde Cristo pisou, orou e pregou".


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

Lucineide e Jorge continuam descrevendo que vinham de uma sequência de experiências que fortaleceram sua fé e compreensão sobre o amor divino:



"Pe. Romão nos acompanhou nessa trajetória e, saber que teríamos a orientação dele na viagem como guia espiritual e que faria nosso casamento em Canãa, da Galileia, onde Jesus fez o primeiro milagre numa festa de casamento, foi para nós um presente de Deus por nossa luta pela bênção da igreja. Saber também que contaríamos com o apoio da equipe da Sacratour, que nos acolheu com tanto zelo e nos deu segurança para lidar com as limitações físicas dos nossos pais, mantendo o foco no intuito de viver a cerimônia de modo simples como era Jesus, recebendo a bênção presencial daqueles que nos trouxeram ao mundo, foi emocionante.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

Tivemos cerca de 40 padrinhos, todos testemunhos, cujos casais também renovaram seus votos, comprovando sua entrega ao matrimônio. Rimos muito, fizemos muitas fotos, caminhamos quilômetros e nos emocionamos todos os dias, vendo, tocando e sentindo dores e amores de Cristo. O casamento foi nosso momento mais marcante de vida: dava para sentir a presença de Maria e de Jesus como se estivessem nos felicitando pela escolha; dava para ouvir os anjos cantando e voando naquele lugar, no meio do povo, encima do altar, subindo e descendo em todas as direções... No dia 28 de abril de 2017, não sabemos se a igreja subiu ou se o céu desceu, mas temos claro que estávamos no colo de Deus e essa lembrança é nossa joia preciosa".



Lucineide descreveu como ninguém o ocorrido durante seu casamento. Poder ter testemunhado a apadrinhado esta união foi também um presente para mim e para todo o grupo. É claro quer estando em Canaã não poderíamos deixar de celebrar o sacramento do amor.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

"E como Jesus era alegre e como quando transformou água em vinho, à noite fomos surpreendidos não com o jantar do grupo, mas com uma verdadeira festa de casamento, preparada com esmero pela Sacratour junto ao hotel, cheia de mimos e carinhos para brindarmos nossa maior conquista enquanto marido e mulher. E festejamos muito por nossa escolha de seguirmos o resto da vida juntos, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na pobreza e na riqueza. Seremos eternamente gratos ao Pe. Romão, à Sacratour e equipe lá e aqui no Brasil, e aos peregrinos que embarcaram conosco num sonho que se realizou graças à iniciativa, atitude e desdobramento da Sacratour. Deus foi louvado por esse gesto humano que nos permitiu uma experiência divina", finalizou.


Larissa Calsavra
Larissa Calsavra

Este foi, sem dúvida, um dos momentos onde mais senti que estou no caminho certo. Poder proporcionar às pessoas mais do uma viagem, mas sim momentos que serão marcantes também espiritualmente, não se assemelha a nenhuma outra situação de minha história.



#TerraSanta #Canaã #Casamento

14/08/2018 - 10:26
Imprimir Comunicar erro mais opções



Não podemos passar pelo dia de hoje, sem nos lembramos da memória e também pedir a intercessão deste santo que tanto sofreu porém permaneceu firme em sua fé até o fim de sua vida. São Maximiliano Kolbe. Se você ainda não conhece a vida deste santo fiz aqui um breve resumo de sua história e santificação.



No dia 14 de agosto a Igreja celebra são Maximiliano Kolbe, um santo que nasceu na Polônia de uma ardente família cristã, em 7 de janeiro de 1894; o seu nome de batismo era Raimundo.


Sacratour Turismo
Sacratour Turismo

Por causa das condições precárias da família somente o filho primogênito pode frequentar a escola e, por isso, Raimundo procurou aprender a ler e a escrever com o padre da cidade e depois com o farmacêutico. Com a chegada dos Frades Menores na região, estes propuseram aos pais de Raimundo acolhida dos dois filhos mais velhos no colégio franciscano para que recebessem formação intelectual e cristã.



Do colégio, os dois irmãos passaram para o noviciado franciscano, mas o primogênito, Franciszek, abandonou o convento para dedicar-se à carreira militar tomando parte na Primeira Guerra Mundial, vindo a desaparecer em um dos campos de concentração. Quanto a Raimundo, certo de corresponder à vontade de Deus, assumiu o nome de Maximiliano Maria, e foi destinado a frequentar o Colégio Seráfico Internacional de Roma para prosseguir sua formação. Em 1915 concluiu o curso de filosofia na Universidade Gregoriana de Roma.



No decorrer do tempo que passou em Roma, frei Maximiliano começou a perder sangue pela boca: foi o início da tuberculose, que entre altos e baixos, o acompanhou por toda a vida. No entanto, enquanto consolidava sua própria formação, se rendeu conta que devia operar para a defesa do Reino de Deus sob a proteção de Maria Imaculada.


Sacratour Turismo
Sacratour Turismo

Deste modo, após receber o consentimento de seus superiores, em 16 de outubro de 1917, fundou com outros seis companheiros, a Milícia da Imaculada, que tinha por objetivo "renovar todas coisas em Cristo por meio da Imaculada". Depois de sua ordenação sacerdotal em 1918 e conclusão dos estudos teológicos em 1919, retornou à Polônia, mas por causa da tuberculose não podia dedicar-se à pregação.



Durante a invasão da Polônia pelos nazistas, em 1939 e início da Segunda Guerra Mundial, Padre Kolbe foi feito prisioneiro e transferido para o campo de extermínio de Auschwitz, onde recebeu o número 16670, compartilhando a sorte e os sofrimentos de muitos outros prisioneiros, e como esses, foi forçado aos trabalhos mais humilhantes, como o transporte dos cadáveres ao crematório.



A sua dignidade de sacerdote e homem reto, que suportava, consolava e perdoava o levou a oferecer sua vida para salvar um dos prisioneiros, aceitando morrer em seu lugar, o que ocorreu em 14 de agosto de 1941, com a pronúncia de suas últimas palavras: "Ave Maria". No dia seguinte seu corpo foi queimado no crematório e suas cinzas se misturaram àquelas de tantos outros condenados.


Sacratour Turismo
Sacratour Turismo

Este exemplo de fé, humanidade e sobretudo amor ao próximo julgo ser o de mais precioso que possamos carregar durante nossa estadia na terra, para que um dia alcancemos o sagrado de maneira literal. São Maximiliano Kolbe rogai por nós!



#VidadosSantos #SãoMaximilianoKolbe

Larissa Calsavara
 
A experiência de conhecer novos lugares e novas culturas é única, por isso, compartilhar cada detalhe de uma viagem, como um diário, é uma boa forma de aproximar as pessoas de uma viagem inesquecível. Foi assim que as irmãs Larissa e Melissa Calsavara encontraram para compartilhar a emoção da peregrinação, e desejam que mais pessoas possam viver essa experiência, e que o peregrino aproveite ao máximo cada momento e caminhe rumo à maior intimidade com Deus e ao fortalecimento de sua fé.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE