23/02/20
32º/19ºLONDRINA
Isabel Furini
Isabel Furini
14/04/2019 - 09:02
Imprimir Comunicar erro mais opções
O Instituto Cervantes de Curitiba, órgão cultural do governo da Espanha, convidou a Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia (AVIPAF), para participar da comemoração do Dia Internacional do Livro lançando uma obra em língua espanhola. O convite foi aceito, e em 23 de abril, 19 horas, será lançado o minilivro "Texturas Poéticas", publicado pela Nogue Editora, na sede do Instituto Cervantes de Curitiba.

A obra foi traduzida ao espanhol e organizada pela poetisa Isabel Furini. A capa e a diagramação foram realizadas pelo especialista em Arte Digital, Carlos Zemek.

Participam do livro os poetas: Carla Ramos, Carlos Vargas, Daniel Maurício, Décio Romano, Elciana Goedert, Isabel Furini, Gustavo Henao Chica, Igor Veiga, Luciano Dídimo, Maria Antonieta Gonzaga Teixeira, Maria da Glória Colucci, Marli Terezinha Andrucho Boldori, Neyd Montingelli, Sônia Cardoso, Vanice Zimerman e Vera Lúcia Cordeiro.

No lançamento, serão lidos ou declamados em língua portuguesa e em língua espanhola alguns poemas dos participantes do livro. O melhor declamador receberá um troféu.



Serviço:

Evento: Lançamento do minilivro "Texturas Poéticas"
Data e Horário: 23 de abril (terça-feira), às 19 horas
Local: Instituto Cervantes de Curitiba, rua Ubaldino do Amaral, 927, Alto da Glória
ENTRADA FRANCA
04/04/2019 - 16:07
Imprimir Comunicar erro mais opções
É impossível ler a Antologia "Emoções", organizada pela poetisa e editora Eliane Hüning, sem perceber como nossas emoções mudam enquanto lemos os poemas e os contos. Cada trabalho selecionado no concurso da editora Huning, apresenta ideas, palavras, sensações e imagens que tocam nossa alma.

A organizadora do livro, Eliana Hüning Corona, inicia a obra com esse prefácio:

Embalando a flor da vivência conjugal, em pouco tempo, entre diagnósticos e partida, meu amor foi levado. Ao me deparar com o implacável tempo,a gratidão vem me consolar. Jogar com a espada dos pensamentos e perceber a gaiola que os aprisiona nos rincões da alma que busca estar completa. Diante deste frio viver, organizar o 1° Concurso Internacional de Conto e Poesia Reinaldo Corona foi um presente.Perceber o ser humano como um lugar sagrado e sermos condutores do bem e da felicidade coletiva conduz a aliança entre passado e futuro. O ano de 2018 foi rico em emoções e favorecimento dos desejos adormecidos.
Ser protagonista da vida e manter nossas motivações, ter abrigo no coração dos irmãos que somos, é, sem dúvida, a grande arma que nos liberta dos embotes finais do tempo.
O primeiro Concurso Internacional de Conto e Poesia Reinaldo Corona tem sido manto festivo no desejo de muitos escritores. A compaixão libertadora dos preconceitos também me ensinou a encontrar, hoje,farta morada nos textos e postagens nas redes sociais que promovem sentimentos variados.
O nevoeiro da vida contra a morte passa a ser tênue e na perda dos caminhos se entende a importância do ser.
Obrigada a todos os participantes desta brilhante coletânea "Emoções"

Eliane Corona 14 de janeiro de 2019.





03/04/2019 - 20:52
Imprimir Comunicar erro mais opções
Balada de Chopin
no quarto aceso.

Alguém no morre
mais

exercita o amor
sobre o tempo.

Ana Paula Oliver

02/04/2019 - 22:30
Imprimir Comunicar erro mais opções
Na imensidão do universo
Viajo em eterna gangorra
Mudo o leme para o norte
Lá sou todas as borboletas
À busca de santuários
Sacrários de todo ser
Que sonha no alvorescer

O abraço de todo ente
Revela este relicário
Hóstia que se fará verbo
Nos jardins de flores belas
Onde pouso nos umbrais
Janelas d’almas de nobres
Que abrem as portas dos mundos

Não sei se humano agora
Ou borboleta qu’implora
Amor singelo e angelical
Sei do meu eu o amor recluso
Guardado em veludo e cetim
Pronto para ofertar-te
Com toda energia do meu ser

João Batista do Lago

02/04/2019 - 19:43
Imprimir Comunicar erro mais opções
Hoje, 02 de abril, é o Dia do Autista.
Vamos abrir o coração.



Traços autistas

O autista é
profundo
concentrado
e intenso
como um poema.

Isabel Furini

Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE