23/02/20
32º/19ºLONDRINA
Isabel Furini
Isabel Furini
13/02/2019 - 22:17
Imprimir Comunicar erro mais opções
Dois poemas de Carla Ramos homenageando a psiquiatra que foi discípula de Gustav Jung, escritora Nise da Silveira.


Nascer...


Habitat aquoso
Em mim: expansão
Na extrema contração;
Chegando a vida...
Somos gélidos seres de água condensada.
Ao Renascer...
Em Gratidão!
No coração;
Meu Gélido Ser se derrete ao Calor do Amor...
Ao final, Eu Renasci!
Deixei de colocar invisíveis grades
Em minha liberdade
Na Sororidade
Uníssona
Da Sonoridade
que toca a música
Em Feminina Alma
Agora, já, calma
Em Gratidão Universal!
Ao derreter gélidos medos individuais
descobre que Eu Sou água coletiva
que alimenta a Grande Fonte chamada Vida!

Carla Ramos



Ode à
Nise,
Nascer, Re-nascer
Somos seres aquosos
Meu Ser gélido se derrete
No calor da energia do Amor...
Enfim, renasci
Dilui minhas invisíveis grades
Na sonoridade da sororidade
De minha feminina Alma
Já Calma...
em União Universal
Só, mesmo, numa Nice...

Carla Ramos
10/02/2019 - 10:42
Imprimir Comunicar erro mais opções
Técnicas e orientações para escrever e publicar um livro

Curso intensivo de 3 aulas:
12, 13 e 14 de fevereiro/ 2019
Horário: das 14:30 às 17 horas

Local: Rua XV de Novembro, 266, 9º andar, Centro, Curitiba
Centro Cultural Gabriela Valentina

Informações pelo telefone: (41) 99833 8059 - Fixo (41) 3222 45 39
ou pelo e-mail: [email protected]

Investimento: R$ 220,00 - para matrículas até 07 de fevereiro desconto de 10%.

Ministrante: Escritora Isabel Furini



O curso é especial para iniciantes na área - todas as pessoas que desejam escrever as histórias escondidas na mente. Aos que desejam explorar a escrita e conhecer os fundamentos da crônica.

METODOLOGIA

. Estudos.
. Leitura, análise e discussão de textos
. Exercícios de escrita.
. Leitura dos textos escritos na oficina.



PROGRAMA
I.- a) Estudos: Gêneros literários. O escritor como receptor e emissor. O baú da mente. Como explorar palavras, situações e imagens para aumentar a criatividade.

b) Leitura de um texto de autor consagrado com análise e debate.

c) Exercício: escrever a partir de imagens.

d) Leitura dos textos escritos na oficina.


II.Estudos: Ponto de vista. Construção de personagens: retratos, ações e diálogos. Os meandros do tempo e do espaço no conto e no romance.

a) Leitura de uma página de um livro de um autor consagrado. Análise e debate.

b Exercício: escrever um texto baseado em vivências.

d) Leitura dos trabalhos escritos na oficina.


III.Estudos: Como tornar o texto fluente, divertido e questionador. Recursos. A mensagem. Modalidades. A Literatura como espelho do mundo.

a) Leitura de uma página de um livro de autor consagrado. Análise e debate.

b) Exercício: escrever baseado em lembranças.

d) Leitura dos textos escritos na oficina.


Professora: ISABEL FURINI

Isabel Furini é escritora, poeta, palestrante e educadora, coeditora da Revista Virtual Carlos Zemek de Arte e Poesia; seus poemas receberam prêmios no Brasil, Espanha e Portugal; é autora dos livros de poemas "Os Corvos de Van Gogh" Edit. Instituto Memória, 2013 e ",,, e outros silêncios" Edit. Virtual Book, 2012; é presidente da Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia (AVIPAF), membro da Academia de Letras do Brasil/ PR; Recebeu Comenda Ordem de Figueiró. Realizou recitais poéticos na 36a. Semana Literária do SESC & XV Feira do livro da UFPR, em 2017, e realizou um Recital Poético bilingue (espanhol/inglês) na Biblioteca Pública de Burlingame, Califórnia, USA, em 2018.
04/02/2019 - 23:04
Imprimir Comunicar erro mais opções
O «I Mulherio das Letras — Portugal» tem como inspiração o «I Encontro Nacional do Mulherio das Letras», que ocorreu de 12 a 15 de Outubro de 2017, em João Pessoa, no Nordeste do Brasil.

Compreendemos que os movimentos de mulheres são um componente crucial para qualquer projecto de transformação radical da sociedade. Este evento é, portanto, pensado como uma politica de irmandade, como um lugar de retomada de vozes silenciadas e uma ferramenta de discussão e difusão da produção artístico-cultural de autoria feminina.

Partindo do pressuposto de que as artes e a ciência são ambas um bem colectivo, o I «Mulherio das Letras — Portugal» acontecerá nos dias 7,8, 9 e 10 de Março de 2019. O evento tenciona propor uma abordagem da literatura de autoria feminina que possa estabelecer um diálogo entre a academia e a sociedade civil, entre as escritoras e as leitoras. O evento visa alargar as fronteiras da literatura e da arte, bem como perceber dinâmicas identitárias. Neste sentido, abrirá espaço para ouvir e debater a produção literária e académica de escritoras, artistas, investigadoras, jornalistas, etc.

Com actividades descentralizadas, parte do evento terá lugar na NOVA FCSH da Universidade Nova de Lisboa e parte no Palácio Baldaya, com contextual apresentação de duas colectâneas de poesia e prosa de autoria feminina.

Fruto da colaboração entre o CHAM — Centro de Humanidades e o Palácio de Baldaya, o evento enquadra-se no âmbito da linha de investigação «História das Mulheres e do Género».

Contacto: [email protected]

Coordenadora Geral: Elizabeth Olegario
Comissão organizadora - CHAM: Elizabeth Olegario e Noemi Alfieri
Comissão Organizadora - Palácio de Baldaya: Adriana Mayrick
Organização da exposição: João Luís Lisboa

Apoios: Associação dos Escritores Portugueses, In-Finita Lisboa, Mbooks
03/02/2019 - 11:01
Imprimir Comunicar erro mais opções
Cheguei à estação de trem e o guarda me disse:
- Você fez bem em perder o trem... esse é o trem para o fim da vida. Todas as pessoas que viajam nele chegam mortas ao destino. Uma vez entraram alguns pássaros nesse trem, e eles também chegaram sem vida.
Eu peguei um pano que estava em uma das janelas do trem e o vento o arrastou para longe... a outra janela era de plástico e o vento quase não o mexia, então o deixei.
Encostado em um banco havia um guarda-chuva velho e arrebentado. Sem dono.
- Será que o dono já morreu? - pensei.

Paulo Zemek

Fotografia de Isabel Furini
Fotografia de Isabel Furini
02/02/2019 - 09:20
Imprimir Comunicar erro mais opções
Guto, um pequeno e frágil garoto, corria pelas colinas acompanhado sempre pelo seu fiel companheiro, um cãozinho vira-lata, tinham a liberdade de brincar livremente quando seus pais visitavam a fazenda da família. Nada parecia oferecer perigo, e para ajudar nos cuidados havia alguns empregados da fazenda que também vigiavam os dois pequenos.

Guto só queria saber de brincar, e era necessário que seus pais fossem buscá-lo para se alimentar, pois ele esquecia a fome.

Comia apressadamente e saia em disparada acompanhado pelo cãozinho amigo.

As horas passavam voando, quando percebia estava escuro, quando ouvia o chamado dos pais, relutante voltava, mas pedindo que o acordassem cedo para brincar, parecia que ele tinha que aproveitar todo o tempo, sem desperdiçar nenhum minuto.

Os dias se passavam sem grandes acontecimentos, a não ser para Guto, tudo era novidade. Chegou a descobrir uma grande caverna, a qual ficou proibida pelos pais, porém Guto queria explorá-la junto com seu amiguinho de quatro patas.

Foi mesmo sem seus pais saberem.

No final da tarde, o cãozinho voltou sozinho.

Marli Terezinha Boldori Andrucho
Acadêmica da AVIPAF


Fotografia de Isabel Furini
Fotografia de Isabel Furini
Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE