Pesquisar

Canais

Serviços

Cheiro de Hortelã - poema de Cirlei Fajardo

- Arte digital de Isabel Furini
24 out 2019 às 17:00
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

CHEIRO DE HORTELÃ

Continua depois da publicidade


Quando estou em meu jardim
e meus dedos tocam a hortelã
sinto o perfume passeando e
se aninhando em meus cabelos
nas palmas das mãos e dedos
Lembro da sua doce voz
num doce e apaixonado sorriso
no brilho dos seus olhos
na doce paz dos dias e manhãs
do sol atrás das montanhas e
do seu canto que alegra o meu mundo.

Cirlei Fajardo
22 de outubro de 2019


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade