Pesquisar

Canais

Serviços

- Liliana Onozato
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Zélia Duncan encerra turnê de "Pré-Pós-Tudo..."

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade


Quando se fala em Zélia Duncan muita gente torce o nariz. Tento compreender os motivos, mantendo a premissa de respeitar os universos alheios.
No meu caso, a admiração por esta artista começou quando a minha noção de mundo musical estava ganhando corpo, quando percebia nuances antes não assimiladas, pulsações que me faziam fechar os olhos e penetrar nas letras e nas notas musicais como em bolas de sabão. Na mesma época, foi Rita Lee quem me abriu as portas com um belíssimo violão de aço no álbum Bossa N´Roll, gravado em 1991, no Rio Centro. Há música em mim, descobri, enfim!
Mas, como o assunto agora é Zélia Duncan, com seu timbre espesso, suave e pontual, vou deixar a "vovó" Ritinha para outra ocasião.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

***

Continua depois da publicidade
Liliana Onozato
Liliana Onozato


Curtindo parte das minhas férias em Presidente Prudente, interior de São Paulo, recebo a notícia de que ZD faria o último show da turnê "Pré-Pós-Tudo-Bossa-Band", no ginásio de esportes da Unoeste, como encerramento da programação musical do SESC em 2008. Como já havia perdido a gravação do DVD homônimo, em Sampa, nas férias passadas, creditei majoritariamente como sentimentais os motivos que me levaram ao show; pelas composições e pelo hipnotizante bandolim, em especial na música "Sentidos" – "não quero seus olhares, quero seus cílios nos meus olhos piscando pra mim".


***

Liliana Onozato
Liliana Onozato


Mesmo sob chuva, ZD fez muita gente sair da zona de conforto, na última quarta-feira, e ir para o show no ginásio – como se sabe, longe de ser um dos melhores locais para show devido a não-acústica – e cantar seus hits radiofônicos como "Catedral", "Enquanto Durmo", "Alma" e "Dor Elegante", "Carne e Osso". Entretanto, em "Quisera Eu", "Pré-Pós-Tudo" e "Pagu", ZD se revelou mais esfuziante, dançando, cantando, tocando e trocando de instrumentos no palco. Interagindo com o público entre uma música e outra, a artista comenta sobre a alegria de ouvir "Não Vá Ainda", composta aos18 anos, cantada em coro pelas pessoas: "Por favor não vá ainda espera anoitecer/ A noite é linda me espera adormecer/ Não vá ainda, não vá ainda".

Continua depois da publicidade


***


Liliana Onozato
Liliana Onozato - '
"


Afinação também com o time de músicos que a acompanharam: Ézio Filho (contrabaixo, vocal e direção musical), Leo Brandão (teclados e acordeon), Webster Santos (violão, guitarra, cavaco, bandolim, lap steal e vocal) e Jadna Zimmerman (percussão e flauta). Vale pontuar: ao vivo, Zélia se transforma em outras.


***


No set list, a única inédita - cujo clipe já está disponível no site oficial da cantora e compositora – é a baladinha "Aberto", como um prenúncio do que virá em seu próximo álbum a ser gravado em 2009. Por enquanto, no que diz respeito à ZD, resta mergulhar em "Pré-Pós-Tudo" para encontrar outras nuances. Abaixo, o clipe comentado.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade