Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade

COMPETIÇÃO INTERNA: ISTO É SAUDÁVEL?

09 jun 2012 às 16:33
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

ABRAHAM SHAPIRO

Benjamin Disraeli, o famoso primeiro-ministro britânico, escreveu: "Na política não existe honra".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Lamentavelmente, esse tipo de política é realidade presente em muitas companhias, e encontrada em todos os níveis da organização.

Leia mais:

Imagem de destaque

Bom humor e negócios combinam?

Imagem de destaque

Diga NÃO à manipulação de pessoas

Imagem de destaque

O único modo correto de corrigir erros e falhas

Imagem de destaque

Esquenta ou esfria? Só depende de onde você vê


O difícil de compreender é como algumas empresas deliberadamente encorajam o espírito competitivo entre funcionários sob a ótica de que a competição é um estímulo para melhores resultados.

Publicidade


Segundo respeitáveis líderes esta é uma técnica equivocada e daninha. Jack Welch, por exemplo, integrou as pessoas através de seus princípios fazendo, assim, a General Electric mundial chegar a índices invejáveis de valor.


O problema é que em toda competição sempre há uma disputa pela supremacia. Tem que haver um vencedor. Mas na empresa, como acontece em muitas ações judiciais, o vencedor pode ser ainda o perdedor. E na minha opinião, em última instância a empresa perde.

Publicidade


Na política empresarial, entretanto, o que muitas vezes ocorre é o "vale tudo": da insanidade à tolice. Conheci um empresário que justificou a iniciativa de alimentar a competição entre seus gerentes e incitá-los ao confronto como um meio de impedi-los a formar "quadrilhas" que roubassem a empresa. Segundo ele, isto os faria delatar colegas que se metessem em possíveis desvios.


Uma história curiosa sobre política na empresa é a daquele chefe de uma grande indústria têxtil que rapidamente superou as barreiras hierárquicas e tornou-se presidente. Quando seu filho perguntou-lhe como conseguiu esta façanha, ele respondeu: "Bem, filho. Enquanto os outros estavam preocupados em defender seu direito ao cargo, eu simplesmente passei por cima das barricadas e assumi".


Política dentro da empresa sempre acaba assim.
______________________

Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é simplicidade. É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome - Inspirações para a Vida, o Trabalho e os Relacionamentos", Editora nVersos, 2012. Contatos: [email protected] ou (43) 8814 1473


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade